Teste!

Páginas: 5 (1126 palavras) Publicado: 26 de outubro de 2011
GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDO DO NORTE
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CULTURA E DESPORTO
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDO DO NORTE
FACULDADE DE FILOSOFIA E CIENCIAS SOCIAIS – FAFIC
CAMPUS AVANÇADO PREFEITO WALTER DE SÁ LEITÃO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA – DH
HISTÓRIA DO BRASIL III
DISCENTE: ALKÊNA KDYNA GALDINO.

COSTA, Emilia Viotti da. Sobre as origens da Republica. In: Da Monarquia aRepublica: Momentos Decisivos. 7ª Ed. São Paulo. Ed. UNESP, 1998. Pag. 385-444.

Neste capítulo, a autora nos mostra diferentes visões sobre a proclamação da República Brasileira em 15 de Novembro de 1889. Faz-nos entender a necessidade de confrontar essas visões, pois cada grupo tem sua maneira de ver e mostrar os fatos, sejam os grupos dos monarquistas, os republicanos, os militares etc. Nãobastando conhecer os homens e os episódios, necessitando se familiarizar com as idéias, razões, indagar grupos sociais e muitas outras questões que impõe a análise de um movimento revolucionário.
Os republicanos, viam “a monarquia condenada pela sua própria índole”, criticavam a centralização do poder monárquico, apostavam nas deficiências de D. Pedro II como estadista, mostrando uma idéia jáanunciada em 1870 no manifesto republicano, considerando a Monarquia uma anomalia numa América em que só haviam repúblicas. Havia idéias, como as de Felício Buarque em Origens republicanas – Um estudo de gênese política, de que a “democracia tem origens étnicas e que o regime republicano sempre foi uma aspiração nacional”. Era notória a insatisfação dos republicanos perante a monarquia, e precisavam deargumentos para justificar o golpe que veio em 1889, já que a popularidade do imperador perante o povo era alta mesmo sem sua presença constante junto às camadas populares.
A versão dos monarquistas, que fora abafada com a euforia dos republicanos e condenada ao ostracismo, existe e mostra neste caso, a visão do vencido na História. Mostrando um império totalmente diverso do qual os republicanosinsistiam em difamar, os monarquistas argumentavam que a família imperial em cerca de meio século converteu uma nação atrasada e pouco populosa em primeira potencia sul-americana. Há também o fato dos monarquistas insistirem que os republicanos representavam um grupo mínimo e que seu golpe não contava com a vontade do povo com a clássica frase “e o povo assistiu a tudo aquilo bestializado”.Preocupada com uma em encontrar uma versão pouco menos comprometida com algum dos grupos antagônicos que participaram do episódio de Quinze de Novembro, a autora nos mostra também o depoimento de Max Leclerc, um viajante francês que por ocasião encontrava-se no Brasil nos idos de 1889 e escreveu o livro Cartas do Brasil, onde conta sua versão do fato ocorrido. Max Leclerc diz: O edifício imperial malconstruído, edificado para outros tempos e outros destinos, já não bastava às necessidades de novos tempos. “Incapaz de resistir à pressão das idéias, das coisas e dos homens novos, já se tornara caduco e tinha seus alicerces abalados”. Porém Max Leclerc não diz que forças e grupos são esses. Durante sua descrição dos fatos, o autor francês aluda que a queda da monarquia deu-se por este ser um regimeem que o poder se encontrava nas mãos de um imperador que envelhecera, portanto, já perdia o controle da situação e uma má disposição ao terceiro reinado
Durante os primeiros anos do novo regime, o republicano, a autora nos lembra a existência de alguns conflitos, sejam eles por resistência ao novo regime, alianças quebradas com os novos governantes, afinal era impossível não haver conflitos jáque tantos grupos disputavam o poder. Entre esses grupos podemos destacar a Oligarquia rural, o Exército e a Burguesia da época, embora houvesse membros do exercito nas outras duas camadas. Entretanto a política econômica e exterior no início do período republicano também despertava várias críticas.
Na continuação das interpretações dos fatos do Quinze de Novembro, não podemos nos esquecer que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Teste teste teste teste
  • teste teste teste teste
  • TESTE TESTE
  • teste de teste
  • Teste do teste
  • Teste teste
  • teste teste
  • Teste teste

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!