Teorias da comunicação

3080 palavras 13 páginas
As metamorfoses do governo representativo
MANIN, Bernard. As metamorfoses do governo representativo. In: Revista Brasileira de Ciências Sociais (RBCS), São Paulo, ano 10, n. 29, out. 1995.

1. Crise de representação ou nova forma de fazer política?
. Discute-se uma crise de representação (declínio dos partidos políticos), baixa identificação do eleitor com os partidos políticos e organizações como sindicatos, entre outras).
. Até então, desde o final do século XIX até os anos 80 do século XX, forte relação entre partidos de massa e eleitores.
. No século XIX, também se discutiu a crise de representação – democracia parlamentar cedeu espaço para democracia de partido. Tratava-se de uma nova forma de representação.

2. Configuração político e partidária no Brasil
No Brasil, as questões são mais específicas – várias rupturas do processo democrático, o que prejudicou a consolidação dos partidos:
. Proclamação da República até os anos 50 - política do café com leite (revezamento São Paulo e Minas Gerais) – poder oligárquico – República – “O povo assistiu a tudo bestializado”;
. Anos 30 – Revolução – Getúlio Vargas assume o poder;
. 1937– Golpe de Estado – Estado Novo – Getúlio Vargas (período ditatorial)
. 1945-1964 – forte identificação partidária - PTB – Partido Trabalhista Brasileiro (centro-esquerda); PSD – Partido Social Democrático (centro); UDN – União Democrática Nacional (direita)
. Identificação chegava a mais de 50% dos eleitores. Mas com o golpe militar criou-se o bipartidarismo (ARENA versus MDB). Apesar da democracia, PCB existia só na clandestinidade;
. 1964 – novo golpe de Estado – golpe de 1964 e não revolução
Ditadores acabam com os partidos e são criados apenas dois novos partidos (bipartidarismo): MDB – Movimento Democrático Brasileiro (oposição – mais à esquerda) e ARENA – Aliança Renovadora Nacional (situação e de direita). Liberdade de expressão não existia
. 1982 – começa o processo de abertura democrática - criação de

Relacionados

  • Teoria da Comunicação
    6660 palavras | 27 páginas
  • Teorias de comunicação
    13283 palavras | 54 páginas
  • teoria da comunicação
    724 palavras | 3 páginas
  • teoria da comunicação
    1219 palavras | 5 páginas
  • Teoria da comunicação
    7036 palavras | 29 páginas
  • teoria da comunicação
    796 palavras | 4 páginas
  • Teoria da Comunicação
    1661 palavras | 7 páginas
  • teoria da comunicação
    1308 palavras | 6 páginas
  • Teoria da Comunicação
    2496 palavras | 10 páginas
  • TEORIA DA COMUNICACAO
    3639 palavras | 15 páginas