Teoria política e sociologia

Páginas: 12 (2891 palavras) Publicado: 30 de outubro de 2013
Teoria Política e Sociológica
Prof Everton Jobim
Seguidores

Arquivo do blog
► 2013 (1)
▼ 2009 (9)
► Maio (1)
▼ Março (8)
Objetos temáticos O direito natural de caráter h...
Desintegração institucional e o saudosismo portugu...
Mais textos de Everton Jobim
Pierre Bourdieu x Anthony Giddens e Christopher P....
A Escola de Frankfurt e a Dialética do Esclarecime...
Kelsen, ademocracia e o positivismo jurídico
Social-liberalismo e Social Democracia/ Karl Poppe...
Teoria Sociológica e Política
Quem sou eu
FILOSOFIA
Everton Jobim Sociologist, Prof. of Social Anthropology and Political Science, formed at the Catholic University, the National Museum, and the Universitarian Institute of Researches of Rio de Janeiro / IUPERJ. Colocando entre os seis primeiros no vestibularunificado Cesgranrio para Direito (UFRJ, UERJ e UFF) Membro de uma tradicional família com inúmeros serviços prestados à sociedade.
Visualizar meu perfil completo
SÁBADO, 7 DE MARÇO DE 2009
A Escola de Frankfurt e a Dialética do Esclarecimento
O tema de “O Conceito de Esclarecimento” é a descrição do projeto emancipador da razão e o caráter incompleto de sua realização, questão que foi objetode reflexões por Marx.

O Iluminismo nasceu como um movimento que pretendia libertar o homem da ignorância, da alienação do seu poder de decisão para uma esfera supostamente transcendente, desconhecida, não acessível à razão; tornando o homem senhor de si.

Na verdade, tratava-se, apenas, de uma transferência do poder de decisão de um grupo de homens para outro, segundo a leitura marxista eantes do positivismo.

Acreditava-se que a razão e a ciência permitiriam ao homem assenhorar-se de seu destino, conhecer os processos objetivos da natureza e da sociedade e organizar a vida de modo racional e livre. Mas isso que parecia ser um belo projeto para a humanidade, se transformou numa ideologia que, ao contrário, de dar sequência plena aos objetivos “das luzes”, desfigurou esse idéia,largamente, ela se tornou uma caricatura. O domínio do capital, do interesse econômico, a razão instrumental e o pragmatismo mais desprovido de princípios tomaram conta da cena histórica e a alienação e os mitos que todos desejavam sepultados foram plenamente restabelecidos na ordem liberal-burguesa, surgiu um novo encantamento.

O ideal racionalista tornou-se um anêmico conjunto formal dedeclarações, com mínima eficácia real na vida das pessoas, imperou a instrumentalização intensa do ser humano, a cobiça, o lucro, a ideologia da produção a todo custo

A reflexão atrofiou-se, a sociedade ficou privada da critica; sempre tratada como
disfuncionalidade. Tudo que fazia parte da lógica da produção foi naturalizado, entificado, empobrecido sem permitir espaço substantivo para
aradicalidade da critica, a própria cidadania se estiolou em formas mecânicas de exercício democrático.

A ciência e a tecnica deram as mãos aos interesses do capital e a seu projeto de ampliação dos mercados e de arregimentação dos povos distantes, em nome de um falso ideal civilizatório

A crítica de Frankfurt à sociedade moderna, ao modo como o projeto iluminista foi conduzido, recebe asinfluências notórias de Max Weber, sua visão frustrante do futuro das modernas democracias ocidentais, mas se pretende mais radical. A problemática da racionalização não tem como questão central o avanço inexorável da burocracia, dos especialistas ou mecânicos cumpridores de normas, mas reflete uma ideologia petrificante, associada à lógica do capitalismo avançado, à impossibilidade da critica eficaz edas vias de transcendência ou transformação social. O avanço da razão instrumental inviabiliza a ampliação dos horizontes sociais.

As propostas de Weber para mitigar o poder das burocracias são evidentemente consideradas inadequadas para a inflexão histórica desse quadro. Então temos um processo de esvaziamento do mito e da magia, uma libertação proporcionada pela razão, na ótica dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sociologia Politica
  • Sociologia politica
  • SOCIOLOGIA POLITICA
  • SOCIOLOGIA POLITICA
  • Sociologia política
  • Sociologia Politica
  • Sociologia Política
  • Sociologia Política

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!