Teoria Geral do Juro e da Moeda

Páginas: 28 (6916 palavras) Publicado: 18 de novembro de 2014
Índice

Introdução ...................................................................................... 04
Cap.11
A Eficiência Marginal do Capital ................................................. 05
Cap.12
O Estado da Expectativa a Longo Prazo ........................................ 06
Cap.13
A Teoria Geral da Taxa de Juros .................................................... 07Cap.14
A teoria Clássica da taxa de Juros .................................................. 08
• Apêndice ao cap.14 .............................................................. 10
Cap.15
Os Incentivos Psicológicos e Empresariais para a Liquidez .......... 11
Cap.16
Observações Diversas sobre a Natureza do Capital ....................... 14
Cap.17
As Propriedades Essenciais dos Jurose do Dinheiro .................... 15
Cap.18
Novo Enunciado da Teoria Geral do Emprego ............................. 17
Conclusão ....................................................................................... 18
Referências Bibliográficas ............................................................. 19





Introdução

Segundo Keynes o investimento tem como base algumascaracterísticas no texto a seguir, tais como o taxa juros, poupança individual, geração de emprego e analise a curto e longo prazo, essas que afetam diretamente ao investimento e a geração de renda.
Temos como a ideia principal de Keynes o investimento, onde iremos abordar como alisar o in

Capítulo 11
A Eficiência Marginal do Capital

A renda esperada do investimento é quando o indivíduo,adquire um bem de capital, e tem direito ao fluxo de rendas futuras desse bem.
A eficiência marginal do capital é a taxa de desconto, onde torna o valor presente do fluxo das anuidades das rendas esperadas do capital, durante a sua existência igual ao seu preço de oferta. A mais alta eficiência marginal é chamada de eficiência marginal do capital em geral. Na eficiência marginal do capital édefinida com os seguintes termos expectativa da renda e do preço da oferta, onde depende da taxa de retorno, que se espera obter naquele investimento.
Quando o investimento aumenta durante certo período, a eficiência marginal desse capital diminui à medida que o investimento aumenta.
Portanto a taxa efetiva de investimento corrente, pode aumentar até o ponto em que não haja, mais classe de bem decapital, onde a eficiência marginal ultrapasse a taxa de juros correntes.
Com a taxa de rendimento em relação ao custo é a taxa, onde podemos usar para medir o valor de todos os custos e rendimentos, tornando eles iguais.
Com uma queda na taxa de juros, tem o efeito de baixar a escala da eficiência marginal do capital.
Temos a taxa de juros como o fator equilíbrio, pois de um lado está a demandaresultante do investimento e do outro a oferta de poupança.

Capítulo 12
O Estado da Expectativa a Longo Prazo

Conforme o capítulo anterior o investimento feito anteriormente pelo bem de capital, agora o desafio é prolongar os lucros além de descobrir quais fatores que determinam a renda esperada de um ativo.
Primeiro antes de decidir como investir é necessário analisar a expectativa arespeito daquele investimento, essa expectativa e baseada no que eu sei e no que não temos certeza, ou seja essa análise e sobre o que esperamos.
A partir dessa análise é necessária comparar o volume de outros investidores/empresas e seus ativos que é o diferencial, também o fluxo de consumidores no mercado, e os artifícios para atrair os mesmos levando em consideração as preferências e por fim osgastos do investimento.
Essa análise feita para geração de lucro a longo prazo, levando em consideração a geração de lucros a curto prazo, essa diferenciação e necessária para estabelecer o nosso objetivo a longo prazo e atitudes a curto prazo para termos o objetivo concluído.
Necessário foco na análise, colocar na equação todos os fatores porém não colocados como prioridade pois como já falado...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resumo Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda
  • Motivos que levaram keynes a grande obra teoria geral do emprego, do juro e da moeda
  • Economia: a teoria geral do emprego, do juro e da moeda, capítulo 6
  • Fichamentos teoria geral emprego juro
  • Resenha Capítulo 2 e 3 do livro " OS ECONOMISTAS- A TEORIA GERAL DO EMPREGO, DO JURO E DA...
  • O tratado sobre a moeda e a teoria geral de keynes
  • Resudo do capítulo 5 (expectativa quanto ao produto determinante e emprego) do livro a teoria geral do emprego,...
  • moeda juros e renda

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!