Teoria evolucionista

Páginas: 8 (1866 palavras) Publicado: 5 de maio de 2014
perspectiva neo-schumpeteriana, o que se denomina mudança técnica significa
essencialmente uma modificação das rotinas - tecnológicas, produtivas e organizacionais – sob as
quais as firmas operam. A motivação básica para modificar as rotinas e gerar “novas combinações
produtivas”, vem do ímpeto das firmas em atingir maiores lucros e participação de mercado, e do
fato de associarem essesresultados a uma combinação entre apropriação crescente de lucros
monopólicos schumpeterianos e a obtenção de patamares mais elevados de produtividade





Numa teoria evolucionária a natureza do “problema econômico” é fundamentalmente diferente da descrita pela teoria ortodoxa.
Teoria ortodoxa:
Considera que o conjunto de escolhas são conhecidos e dados, seu problema econômico éselecionar as melhores produção e distribuição possíveis, dentro desse conjunto de alternativas. A função da concorrência é entender corretamente- ou ajudar a entender- os sinais e os incentivos.
Teoria evolucionária:
Os conjuntos de escolhas não são dados e as conseqüências de qualquer escolha são desconhecidas.
As firmas que enfrentam os mesmo sinais de mercado respondem diferentemente, aindamais se os sinais forem novos. Com efeito, esperar-se tal diversidade de resposta para que um conjunto de comportamentos possíveis pudesse ser explorado.
Uma função da concorrência, no sentido estrutural da firma, seria então torna essa diversidade possível. Uma outra função da concorrência, nesse sentido mais ativo, é premiar e realçar as escolhas que se mostram boas na prática e suprimir asruins.
Espera-se que, no longo prazo, o sistema competitivo promova as firmas que na média escolhem bem, e que elimine ou force a reforma das firmas que erram constantemente.
Nessa perspectiva, o sistema de mercado constitui ( em parte) um instrumento para orientar e para avaliar as experiências de comportamento econômico e de organização.

O modelo apresentado na parte V focaliza o progressotecnológico, deixando de lado os fenômenos da inovação organizacional.

Para os autores,uma característica das discussões relativas aos argumentos schumpeterianos é sua focalização de uma classe de inovadores – as firmas de um ramo- e as políticas que inlfuenciam, em algum sentido, a estrutura do ramo, e esses autores se prendem a essa regra.


A relação entre estrutura de mercado einovação:
Os inovadores bem-sucedidos que não são rapidamente imitados podem investir seus lucros e crescer em relação aos seus concorrentes. De modo semelhante, uma firma que realiza uma eficiente estratégia de “segundo rápido” pode, no final, vir a dominar o ramo. A estrutura de mercado deve ser vista como fator endógeno numa análise de concorrência schumpteriana, em que conexões entra a inovação e aestrutura de mercado têm mão dupla.

O Modelo:

As conexões que ligam a estrutura de mercado e o progresso técnico com outros aspectos do desempenho de um ramo são evidentemente muito complexas.
O modelo que esses autores adotam é o de um ramo em que algumas firmas produzem um único produto homogêneo.
Esse ramo representa uma curva de demanda negativamente inclinada.
A qualquer momentodado, cada firma opera uma única técnica, a melhor que conhece.
A técnica utilizada por cada fica determina, portanto, seus custos unitários.
OBS:
Os autores afirmam que:
Uma firma pode descobrir uma técnica mais produtiva que permita que o produto seja produzido a um custo unitário mais baixo, mediante duas maneiras:
- Fazendo P&D que dependem de um fundo geral de conhecimentos tecnológicosrelevantes ou
- imitando os processos de produção de outras firmas
( o dois métodos envolvem dispêndios em P&D, e tais dispêndios geram resultados incertos)

Tanto as políticas de imitação como as de inovação são definidas em termos dos dispêndios em P&D por unidade de capital. Assim, a medida que a firma cresce ou declina, o mesmo ocorre com o dispêndio em P&D para inovação ou imitação. As...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Teorias evolucionistas
  • Teorias Evolucionistas
  • Teorias Evolucionistas
  • Teoria evolucionista
  • teorias evolucionistas
  • teorias evolucionistas
  • Teoria evolucionista
  • Teoria evolucionista

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!