Teoria dos Grupos e Grupos de Pressão

Páginas: 10 (2469 palavras) Publicado: 21 de abril de 2014

TEORIA DOS GRUPOS E GRUPOS DE PRESSÃO
GIANFRANCO,Pasquino

O autor começa a discução sobre grupos de interesse ou de pressão falando sobre a teoria dos Grupos na formulação dada por Arthur Bentley na obra The Process of Government em 1908,que mais tarde foi retomada por David Truman em The Governmental Process em 1951 onde vários capitulos são dedicados aos grupos de interesse,aondetudo é perfeitamente justificável já que Bentley almejava uma exposição polêmica para chamar a atenção e o interesse dos politicólogos das instutuições jurídicas-formais da época para atividades informais desenvolvidas por grupos da sociedade,era uma tentativa de provocar o total rompimento da dominação das disciplinas jurídicas e parafilosóficas no estudo dos fenômenos políticos e também depropor uma análise mais profunda e descritiva dos fenômenos.Mesmo com restrições, sua afirmação de que a grande função "do estudo de qualquer forma da vida social é uma analise dos grupos,quando os grupos são apresentados,tudo é apresentado e se o mesmo diz tudo,defende-se que é tudo mesmo".(208-209)
Muitas tendências intelectuais levaram a uma análise das atividades políticas em termo deatividades dos grupos,os pluralistas Ingleses Figgis e Mailtland, G.D.H. Coli e Laski e dos alemães destacando-se Gierke,contrários a teoria monística do Estado que era a única organização autorizida a pedir obediência e obediência absoluta,teoria proposta por Austin na Inglterra e Alemanha pela ação de Bismarck.Outra tendência era as dos sociólogos europeus como Gumplowicz,Simmel e Ratzenhofer que tiveramdestaque nos esforços para compreenderem e explicarem os processos sociais por meio da analise dos grupos.Bentley entendia seu estudo não como elaboração de uma teoria verdadeira,mas sim como a tentativa de construir um sistema para analisar,como na teoria não se pode afirmar propriariamente já que se resume ao essencial,a teoria dos grupos enfatiza"a política é o processo por meio do qual osvalores socias são indicados imperativamente;este é feito por meio de decisões; as decisões são produzidas por atividades; cada atividade não esta separada das outras, mas essa massa de atividades tem tendência comum a respeito das decisões; esta massa de atividades são os grupos; assim a luta entre grupos (ou interesses) determina o tipo de decisões que devem ser tomadas"(Ekstein e Apter, 1963,391).
Tal formulação na visão de Pasquino é falha nos atributos próprios de uma teoria,já que não especifica quais as relações entre as variáveis, não havendo relações entre as variáveis não há relação entre causa e efeito, não colocando correspondência entre relações formais e fenômenos reias,portanto não é falsificável.O autor afrima que toda atividade política esta reduzida a luta entre osgrupos e já que a definição dos grupos é vasta tornando indentificável e imcompreensivel com definição de atividade essa afirmação torna-se um vício de linguagem já que nada mais é uma forma de dizer a mesma coisa repetidamente várias vezes.
Sendo que a definição de grupo para o autor é que "grupo é uma massa de atividade, um grupo político comum ( um grupo não é um conjunto de indivíduos queinteragem, como quer a definição sociológica mais difundida); um interesse existe quando produzem certas atividades tendentes a satisfação própria do grupo"(Gianfranco,Pasquino,p:11).Desta forma anula-se a idéia de grupos existentes em uma sociedade, primária ou tornando impossível refletir os vários grupos sobre o processo político e distribuição dos valores sociais,grupos mais complexos e maisorganizados,tais como o governo,a burcracia e exécito que estão colocados no mesmo plano dos outros grupos.Já Trumam destaca os grupos potencias - trazendo ao debate Bentley que analisava as atitudes dos grupos, e interesses difundidos na sociedade mesmo sem uma organização formal.Com esse artifício de Bentley,Truman consegue dominar as regras do jogo dos procedimentos de uma determinada sociedade, do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Grupo de pressão
  • Grupos de pressão
  • Grupos de Pressão
  • Grupos de Pressão
  • grupos de pressao
  • Pressão de grupo
  • GRUPOS DE PRESSÃO
  • Teoria dos Grupos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!