Teoria das Finanças Publicas

Páginas: 22 (5450 palavras) Publicado: 22 de setembro de 2013
13.2 – Uma nova estrategia de combate a inflação – as propostas de choque heterodoxo e de moeda indexada
Controlar a inflação depende diretamente de uma política administrativa de controle de preços. Nesta época foram porpostos várias medidas que contrapunham as medidas ortodoxas para sanar o problema inflacionário.
André Lara Resende propôs em 84 uma estratégia de moeda indexada, e por algumtempo o Brasil teria de conviver com duas moedas, dessa forma os agentes poderiam redefinir seus contratos na nova moeda. Lara e Persio publicaram um artigo que daria base para o plano real.
A proposta “Larida” era que os ajustes nas moedas fossem diários e sincronizados, e quando a moeda enfim fosse definida, não haveria preços atrasados ou adiantados, isso deveria acabar com a inflação, ospreços estariam razoavelmente equilibrados com a ancora da nova moeda e seria possível realizar ajustes neutros em termos distributivos.
13.3 – O fracasso das tentativas ortodoxas de estabilização
O controle eficaz da inflação foi em apenas de 64 a 73. Os principais agentes de combate a inflação eram: 1) Arrocho salarial, 2) Indexação da moeda em vez do estado emitir mais moeda, 3) Controle depreços. O problema era: que a cada choque a inflalçaoi subia a um novo patamar e não voltava ao patamar antigo.
Houveram divengencias sobre o diagnostico da inflação (ortodoxo e heterodoxo). Medidas ortodoxas foram implementadas no final das contas e medidas heterodoxas foram sendo incorporadas no governo. Assim o governo promoveu duros ajustes fiscais com alterações na forma de indexação edesvalorização cambial.
Em agosto de 85 entra o Dilson Furnaro que se identificava com o diagnostico inercialista. Medidas como ampliar a indexação da economia foi tomada.
Em fev de 86 inicia-se o Plano Cruzado.
13.4 – Planos de estabilização heterodoxos
Vários planos foram feitos para combater a inflação. Tais planos podem ser agrupados em:
Oferta: Plano Cruzado e Bresser, admitiam que ainflação era pura e inercial. Eles falharam, pq não era só inercial
Demanda: Mailson da Nobrega, ações ortodoxas. E dizia que era apenas um problema de inflação de demanda e não tinha nada de inercial
13.4.1 – Plano Cruzado
O Plano Cruzado olhou os “dois lados da tesoura”. O plano cruzado foi um conjunto de medidas econômicos-institucionais, anunciadas pelo Sarney, guerra de vida ou morte ainflação, tais medidas estavam no artigo 2.283 e 2.284:
-Substituição do Cruzeiro pelo cruzado
-Conbversção geral, por prazo indefinido, dos preços dos produtos finais, exceto energia, a partir de 27/02/86
-Conversão geral dos salários, com base na media de compra dos últimos 6 meses, aumento de 80% dos salários gerial e 16% para salários minimos
-Alugueis e hipotecas
-Aumento de escala desalários, uma garantia de q cada vez q o IPC acumulasse 20% o salário seria reajustado
-Proibição de indexação com prazo menor de 1 ano
-Conversão dos contratos em cruzeiro para cruzados e o cruzeiro tinha uma desvalorização de 14%
Nos primeiros meses o Plano teve sucesso no combate a inflação e no crescimento econômico.
O congelamento de preços fez com que surgisses os “Fiscais do Sarney”, estesprovinha do grande apoio populacional. Houve uma explisão de consumo que estava reprimido nos anos de alta inflação, e o que gerou tbm uma despoupança.
Para manter o comgelamento o governo teve de sacrificar as empresas estatais, as contas externas e as finanças publicas. A txa de cambio foi congelada, o que causou sangria nas reservas internacionais e com isso causou problemas para o pgto dadivida externa.
Um outro problema causado foi a grande demanda por moeda. Essa grande demanda poderia ajudar a monetizar a grande divida publica e diminuir os gatos com os juros.
Os obstáculos enfrentados com o Plano Cruzado fez com que em Julho de 86 o Brasil criasse o plano “Cruzadinho”, esse plano fez com que fossem estabelecidos empréstimos compulsórios sobre o consumo de carros novos e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • ad teorias das finanças públicas
  • teoria das finanças públicas
  • Teoria das Finanças Públicas
  • teoria das finanças publicas
  • Teoria das Finanças Publicas
  • Teoria de Finanças Publicas
  • Teoria das Finanças Públicas
  • Teoria das Finanças Públicas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!