Tenentismo

Páginas: 6 (1345 palavras) Publicado: 16 de maio de 2014

Na década de 1920 surgiu no Brasil um movimento conhecido como Tenentismo, formado em geral por militares de média e baixa patente. Questionavam o sistema vigente no país e, mesmo sem defender uma causa ideológica específica, propunham mudanças no sistema eleitoral e na educação pública da República Velha.

As contínuas rebeliões de cunho político-militar realizadas por jovens oficiais doExército Brasileiro formaram um movimento chamado Tenentismo. A série de rebeliões militares deu-se no início da década de 20, quando jovens militares de baixa e média patente começaram a incitar reformas políticas no Brasil. Segundo eles, algumas das medidas a serem reformadas eram: fim do voto de cabresto, reforma na educação pública e voto secreto.Além de lutar por estas mudanças, o Tenentismo também se caracterizava por tentar derrubar as oligarquias rurais que dominavam o país e acabar com as velhas tradições da República Velha. Os movimentos tenentistas foram a Coluna Prestes, a Revolução de 1924, a Comuna de Manaus e a Revolta dos 18 do Forte de Copacabana.Na época em que o Tenentismo começava a figurar, a política social do Brasil tinha como base a estrutura agrária. Assim, os grupos urbanos eram excluídos de qualquer tipo de decisão tomada no país. Eram dentro de um sistema de mandonismo nas áreas rurais e nos currais eleitorais que eramdecididos os rumos da nação. A população das cidades começava a crescer devido à 1ª Guerra Mundial. Trabalhadores, funcionários públicos, operários, comerciantes e militares formavam esta massa urbana sem poderes políticos. Todo este descontentamentoacabou gerando, além do Tenentismo, o movimento operário. A preparação do Tenentismo já ocorria desde o final do século XIX. Os militares adeptos das idéias de Floriano Peixoto consideravam que somente o exército teria forças para implantar a República no país. Em 1922 inicia-se oprimeiro levante. Conhecido com os 18 do Forte, teve influência de tenentes e opunha-se à tomada de poder do presidente recém-eleito Arthur Bernardes. Também fizeram parte deste movimento o Capitão Hermes da Fonseca Filho, o Tenente Eduardo Gomes, o Tenente Siqueira Campos e os Tenentes Protógenes Pereira Guimarães, Ernani do Amaral Peixoto e Augusto do Amaral Peixoto.
Luís Carlos Prestes, o líder daColuna Prestes, o principal movimento tenentista.
Com o fim desta primeira rebelião, surge outro movimento armado no ano de 1924. Dirigido pelo General Isidoro Dias Lopes, os militares avançam pelo interior do país e chegam ao Rio Grande do Sul, onde recebem novos adeptos, dentre eles o Capitão Luis Carlos Prestes. Outras importantes adesões foram de alguns tenentes e patentes graduadas comoDjalma Soares Dutra, Juarez Távora, Cordeiro de Farias, João Alberto e Miguel Costa. Em 1925, fileiras gaúchas sob o comando do Capitão Luís Carlos Prestes uniram-se às tropas que deixavam São Paulo, fortalecendo a organização e mantendo a resistência. Acreditando naidéia de depor o governo vigente e suas tropas, os soldados liderados por Prestes, alcunhados de Coluna Prestes, atravessaram o Paraguai e retornaram pelo Mato Grosso. Após passagem por Goiás, foram para o Nordeste e chegaram ao Maranhão, onde ameaçaram a cidade de Teresina. Em 1929 o Tenentismo participa da Aliança Liberal, porém, sem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O Que E Tenentismo
  • Tenentismo
  • Tenentismo
  • tenentismo
  • tenentismo
  • Tenentismo
  • TENENTISMO
  • tenentismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!