Tenda dos milagres e a questão racial

Páginas: 10 (2480 palavras) Publicado: 29 de setembro de 2012
Personagem | Papel Geral, Atributos Físicos, Valores |
Pedro Archanjo | “(...) tendo sido o baiano, como foi, um libertário, sem ideologia, é certo, mas de incomparável paixão popular, bandeira de luta contra o racismo, o preconceito, a miséria e a tristeza” (pág. 24)“(...) vê-se um mulato pardo, jovem e forte, metido em roupa escura, posudo (...)” (pág. 25) “(...) um bom vizinho, boêmio umtanto louco, com mania de tomar nota de tudo, boca de perguntas e histórias, ouvinte atento, hábil tocador de violão e cavaquinho, para não falar do berimbau de capoeira e atabaque (...)” (pág. 86)“Archanjo era solícito e gentil, jamais humilde, reverente ou adulador – assim é o povo da Bahia” (pág. 120)“(...) arrendatário de mulheres, macho de tantas fêmeas (...)” (pág. 151) |
James Levenson |“Simples, risonho e cordial, bem posto e elegante, é a negação dos sábios das caricaturas, velhos, bolorentos, enfadonhos.” (pág. 23)“(...) um metro e noventa de estatura, o físico de esportista, o jeito de ator, cabelos loiros, olhos azul-celeste, cachimbo, quem lhe daria os quarenta e cinco anos de seu curriculum vitae?” (pág. 28) |
Ana Mercedes | “Rebolosa é termo chulo e falso, adjetivo vil paraaquela navegação de ancas e seios, em compasso de samba, em ritmo de porta-estandarte de rancho.” (pág. 27)“Ah! essa Ana Mercedes não passava mesmo de uma reles putinha, jornalista de araque, poetisa de merda (...)” (pág. 28)“(...) umbigo de fora, nunca vir andar tão de dança, corpo assim tão flexível, rosto de inocência e malícia, branca negra mulata.” (pág. 28)“Ah! como descrever esta mulata deDeus, de ouro puro da cabeça aos pés, carne perfumada de alecrim, riso de cristal, construção de denque e de requebro, e sua infinita capacidade de mentir.” (pág. 62) |
Damião de Souza | Quando moleque, “demônio, travesso, terror dos vizinhos, debochado e perdido, chefe de malta sem lei.” (pág. 55)Quando adulto, “Rábula do povo, Procurador dos Pobres, Providência dos Infelizes (...)” (pág. 76)|
Lídio Corró | “Quarentão baixo e trancudo, mulato de viveza e de malícia.” (pág.100) |
Rosa de Oxalá | “(...) descrevê-la com as chinelas de veludo, seu olor noturno, esse cheiro de fêmea, esse perfume, a pele negro-azul em seda e pétala, seu poderio inteiro, da cabeça aos pés, a profunda bizarria, a prosopopéia, os balangandãs de prata, o langor dos olhos iorubas (...)” (pág. 108) |
NiloArgolo | Acreditava que o “maior fator de nosso atraso, de nossa inferioridade, constituem os mestiços uma sub-raça incapaz.” (pág. 120)“Quanto aos negros, na opinião do professor Argolo, não tinham ainda atingido a condição humana (...)” (pág.120)“Alto, ereto, todo em negro, seco de corpo, voz e comportamento implacáveis (...)” (pág. 173) |
Zabela | “(...) os cabelos brancos de algodão, a peleencarquilhada, as pelancas e a magrém, a idade à mostra, mais de sessenta feitos, certamente.” (pág. 183) |
Pedrito Gordo | “(...) soltara a malta do terror com carta branca: invadir terreiros, destruir pejis, surrar babalaôs e pais-de-santo, prender feitas e iaôs, iyakêkêrês e iyalorixás.” (pág. 269) |

Relações | Trecho |
Archanjo - Damião | “(...) Damião não aprenderia a ler não fosse Archanjolhe ensinar.” (pág. 55)“Quem me ensinou a ler? Quem o encontrou morto na Ladeira do Pelourinho? Escapou de ser meu pai, porque sinhá Terência, minha mãe, só veio a encontrá-lo depois que o Torto Souza deu o suíte na família e ela montou barraca no Mercado do Ouro.” (pág. 75) |
Archanjo – Lídio | “Seu amigo e compadre Lídio Corró, riscador de milagres, flautista e terreiro (...)” (pág. 71)“LídioCorró e Pedro Archanjo, quase sempre juntos, e com eles juntos ninguém pode: compadres, irmãos, mais que irmãos, são mabaças, são ibejes, dois exus soltos na cidade.” (pág. 104) |
Archanjo – Rosa de Oxalá | “(...) se alguém ensinou a Archanjo a dor de amar e o venceu foi Rosa de Oxalá, e mais ninguém.” (pág. 157) |
Lídio Corró – Damião | “(...) Lídio tomou o moleque Damião de ajudante.” (pág....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Tenda dos milagres
  • tenda dos milagres
  • Tenda dos Milagres
  • Tenda dos Milagres
  • Tenda Dos Milagres
  • Tenda dos milagres: a cachaça e o alcolismo
  • Resumo do livro tenda dos milagres
  • Resenha Tenda dos Milagres

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!