Tenda dos milagres: a cachaça e o alcolismo

Páginas: 10 (2294 palavras) Publicado: 8 de dezembro de 2012
Tenda dos Milagres: a cachaça e o alcoolismo


1. Introdução

Este trabalho baseia-se em pesquisas relacionadas ao tema de cachaças, bebidas alcoólicas e o alcoolismo com romance de Jorge Amado, Tenda dos milagres, publicado no ano de 1969, na cidade de Salvador.
No romance de Jorge Amado, temos em primeiro plano a narrativa da situação social do protagonista Pedro Arcanjo, que apesar deser um homem inteligente e comunicativo tinha forte envolvimento com bebidas alcoólicas, não só ele, mas a maioria dos personagens desse romance.
O presente trabalho procura traçar um paralelo entre a ideia de construção e valorização da identidade nacional, de acordo com o ponto de vista da obra, e a produção, o consumo e “redenção” da pinga. Termo, aliás, que será utilizado preferencialmente emdetrimento da palavra cachaça.

2. A cachaça: definição e história
Cachaça: s.f. -Bras. Aguardente preparada com as borras do melaço e as limpaduras do suco da cana- de- açúcar; aguardente; pinga; caninha; bagaceira; mata- bicho; uca, água-que-passarinho-não-bebe, branquinha, cátia, cana, caninha, cachaça, danada, engasga-gato, goró, limpa-goela, marvada, mé, pinga, remédio, dentre outros.

Alegislação brasileira atual (decreto nº 4072, de 2002) define aguardente de cana, como sendo toda bebida obtida do destilado alcoólico simples de cana de açúcar ou pela destilação do mosto fermento de cana de açúcar com graduação alcoólica variando entre 38 e 54% v/v à 20ºC.
E a cachaça é definida como uma aguardente de cana de fabricação exclusiva brasileira, com graduação alcoólica maiscontrolada (de 38 à 48% v/v, à 20ºC).
Alguns relatos contam que os antigos egípcios foram os primeiros povos a utilizar vapores de líquidos fermentados e aromatizados para a cura de diversos tipos de moléstias (inicialmente foi utilizado para fins medicinais).
Os gregos registram o processo da ácqua ardens. A água que pega fogo, ou seja, pré- supõe, ter vindo daí a denominação aguardente utilizada atéhoje.
Embora os egípcios tivessem sido os primeiros a contruir alambiques, cujos desenhos dornam um velho templo de Mênfis, foi da língua Árabe que nasceram os termos lambique (“Al ambic”) e álcool (“Al cóhol”), significando, o primeiro, vaso destilatório, e o segundo, embora querendo designar um pó muito duro a base de chumbo ou antimônio exprime a idéia de tênue e subtil, significando vaporesde destilação. Com a expansão do império romano a aguardente chega a Europa e ao Oriente Médio. Sendo assim, os árabes desenvolveram os primeiros equipamentos para destilação, os famosos alambiques, semelhantes aos utilizados até hoje.
A partir de 1730, torna-se habitual o “envelhecimento” das aguardentes para delas retirar o melhor proveito, pois melhoram e ficam mais apuradas, mais penetrantese com uma cor mais atrativa.
No Brasil, a cana de açúcar serviu para suprir o mercado europeu no período colonial, devido ao fato de nosso clima ser distintos do europeu. A aguardente de cana propriamente dita surgiu ao acaso, a partir das impurezas retiradas durante o processo de fervura do caldo da cana, no processo da produção de açúcar. A este líquido foi dado o nome de cagaça, muitoapreciado pelos escravos. E é esta cagaça que mais tarde, ao ser destilada, dará origem à cachaça ou pinga.
De meados do século XVI até o XVII, alguns engenhos resolveram dar mais valor a cachaça, dividindo a atenção de sua produção. O fato repercutiu com tanta intensidade que se observou a diminuição do consumo da bagaceira e do vinho português. Como medida para conter essa diminuição, a Corteportuguesa proibiu sua produção, comercialização e até seu consumo (sendo o seu comércio ilegal).
Sem resultados, a metrópole portuguesa resolve taxar o destilado (cachaça). Em 1756 a aguardente de cana de açúcar foi um dos gêneros que mais contribuíram com impostos voltados para a construção de Lisboa, abatida por um grande terremoto em 1755.
Para a cachaça são criados vários impostos conhecidos como...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Tenda dos milagres
  • tenda dos milagres
  • Tenda dos Milagres
  • Tenda dos Milagres
  • Tenda Dos Milagres
  • Resumo do livro tenda dos milagres
  • Resenha Tenda dos Milagres
  • tenda dos milagres

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!