templo de salomão

Páginas: 15 (3703 palavras) Publicado: 18 de março de 2015

A bem da Ordem, da Verdade e do Conhecimento.


Ou


Há 1011 anos a.C., aproximadamente, quando então reinava Davi, vigésima quinta geração e

Sétimo filho de JESSÉ,

que era filho de OBED (avô de Davi) filho de BOOZ ou BOAZ (bisavô de Davi),

que era filho de SALMON ou SALOMÃO (trisavô de Davi)filho de NASSON,

que era filho de AMINADAB filho de ARÃO, que era filho de HESRON filho de FARÉS,

que era filho de JUDÁ filho de JACÓ ou ISRAEL, que era filho de ISAAC filho de ABRAHÃO,

que era filho de TARE filho de NACOR, que era filho de SARUG filho de RAGAU,

que era filho de FALE filho de HEBER, que era filho de SALE filho de CAINAN,

que era filho de ARFAXADE filho de SEM filho de NOÉ, queera filho de LAMEC filho de MATUSALÉM,

que era filho de ENOC filho de JARED, que era filho de MALALEEL filho de CAINAM,

que era filho de ENÓS filho de SET, que era o terceiro filho de:



ADÃO e EVA.



Foi agraciado o rei Davi com o projeto e os planos para construção do Templo do Senhor, que a seguir veremos e confirmaremos através do Livro de Paralipônemos, do grego PARALIPÔNEMA que querdizer cousas omitidas, pois são uns suplementos do que foi omitido nos Livros de Samuel e Reis, é também chamado o LIVRO DE CRÔNICAS.

Antes de começarmos a especular sobre o enunciado, gostaria de ressaltar as inúmeras dúvidas que me assaltam e que tenho encontrado em vários livros e autores, sobre questões do Templo do GADU como: as colunas; suas dimensões, localizações e denominações; oassoalho; as portas; etc. etc.

Há casos em que “os analistas” (especuladores) querem desclassificar o Livro de Crônicas e outros, pela simples hipótese deste, principalmente, ter sido escrito após 400 anos do Livro dos Reis, que talvez ou foi escrito 200 anos após o término do Templo.

Ora, convenhamos, hoje passados 2.732 anos da época de se ter escrito o Livro dos Reis (731 a.C.) ou 2.332 do livro deCrônicas (331 a.C.), prudente e sabido é a ambos analisarmos, haja vista, que foram formatados a sua época, na tradição oral, muito comum, e de pai para filho, de ouvidos a ouvidos.

O que me encafifa, são as certezas “absolutas” dos manuscritos “ingleses” e seus autores, que parecem, pela forma, tê-los escrito ao pé do trono de Salomão e na “horinha” daqueles tempos e no ato dos acontecimentos.Costumo, todavia, seguir a forma de: coincidências + coincidências podem gerar evidencias, que com evidencias + evidencias podem gerar fatos, que com fatos + fatos poderá gerar as certezas ou NÃO.

Nesse sentido, reproduzo, copilando trechos de carta escrita pelo mestre Eliphas Levi a um seu discípulo Sr. Montaut, publicada pela 1ª. vez na revista I-Iniatition em 1891 (– A Cabala– Papus –Sociedade das Ciências Antigas – Editora do Brasil – 1983, pág.42):

“Sem fé, a ciência leva a duvida; sem a ciência a fé a superstições. As duas reunidas dão a certeza e para uni-las é necessário jamais confundi-las. O objeto da fé é a hipótese, e ela torna-se uma certeza quando a hipótese é necessitada pela evidencia ou pelas demonstrações da ciência”.

Eis, portanto, segundo método cabalístico, comose forma a certeza:

Evidencia....................................................
Hipótese necessária................................... Certeza
Demonstração cientifica.............................

Hipótese razoável.................................................................................Probabilidade
Hipóteseduvidosa................................................................................Dúvida
Hipótese absurda..................................................................................Erro

A maneira de agir, ao nosso ver, perante o enunciado: rejeitar as suposições absurdas, examinar as suposições duvidosas, admitir as suposições razoáveis e supor ou especular necessariamente naquilo que se crê ser evidencia necessária ou cientifica.

Vamos a nossas suposições...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Templo salomão
  • templo de salomão
  • Templo De Salomao
  • O templo de salomão na perspectiva da maçonaria
  • SALOMAO
  • sALOMÃO
  • Salomao
  • Salomão

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!