Tempestadeechegadaaindia 130510072853 Phpapp02

Páginas: 7 (1540 palavras) Publicado: 20 de abril de 2015
J. P. M.

OS
LUSÍADAS

P.P.L.

LUÍS DE CAMÕES

Tempestade
e Chegada à Índia
Ppt de apoio a
apresentação oral

M. B.

C. C.

MENU
Estrutura
Externa e
Interna

Informação
Histórica

Divisão de
Momentos

Narrador e
Narratário

Caracterizações
das Personagens

Tempo e Espaço

Recursos
Expressivos e
Figuras de Estilo

Conclusão

Actividade

Bibliografia

ESTRUTURA EXTERNA




Canto VI.
Estrofes70 a 92.
Esquema rimático: a,b,a,b,a,b,c,c.


Rima: cruzada nos 6 primeiros versos e emparelhada no 7º e 8º versos.





“Os ventos eram tais, que não puderam A
Mostrar mais força de ímpeto cruel, B
Se pera derribar então vieram A
A fortíssima torre de Babel. B
Nos altíssimos mares, que creceram, A
A pequena grandura d’hum batel B
Mostra a possante nau, que move espanto C
Vendo que se sustémnas ondas tanto.” C

Estrofes são oitavas,
Versos decassilábios.



Os/ ven/tos/ eram/ tais,/ que/ não /pu/de/ram
Mos/trar/ mais/ for/ça/ de ím/pe/to/ cru/el,

ESTRUTURA INTERNA


Episódio: Tempestade e chegada à
Índia.



Parte: Narração.



Plano: do Maravilhoso (VI,88-90) e da
Viagem de Vasco da Gama (VI,7092).



Categoria do episódio: naturalista.

INFORMAÇÃO HISTÓRICA –
VASCO DA GAMANasceu em Sines (1469-1524),
 D. Manuel I confiou-lhe o comando da frota que em 8 de
Julho de 1497 largou do Tejo rumo à Índia, e que se
compunha de quatro pequenos navios: S. Gabriel, S.
Rafael, Bérrio e S. Miguel
 2 de Março de 1498, aporta em Moçambique, depois de
haver sofrido muitos temporais e de ter impedido uma
revolta a bordo.
 O piloto que o sultão de Moçambique lhe deu para o
conduzirà Índia, foi secretamente incumbido de
entregar os navios portugueses aos Mouros em
Mombaça.
 Um acaso fez descobrir a cilada e Vasco da Gama pôde
continuar até Melinde, cujo rei lhe deu um piloto árabe,
conhecedor do Índico.
 Em 17 de Abril de 1498, avistava Calecut. Estava
descoberto o caminho marítimo para a Índia.
 D. Manuel recompensou este glorioso feito, nomeando
Vasco da Gamaalmirante-mor das Índias e fazendo-lhe
doação de trezentos mil réis de renda.
 Voltou mais duas vezes à Índia, de que foi governador e


DIVISÃO DE MOMENTOS –
DESCRIÇÃO DA TEMPESTADE






Este momento começa na
estrofe 70 e desenvolvese até a estrofe 79.
O mestre dá instruções à
tripulação.
Descrição hiperbolizada
da violência da
tempestade e sua
consequências nas naus,
no mar, nos animais
marinhose em terra.

DIVISÃO DE MOMENTOS –
SÚPLICA DE VASCO DA GAMA





Este momento começa na estrofe
80 e desenvolve-se até a estrofe
83. Neste momento, Vasco da
Gama está a pedir ajuda a Deus –
à Divina Providência.
Argumentos: Deus ajudou outros
com S. Paulo e Noé a superar
tempestades; o serviço desta
armada é em Seu nome e conclui
que mais valia morrer no Norte
de África a combater os Mouros. DIVISÃO DE MOMENTOS –
CONTINUAÇÃO DA DESCRIÇÃO DA
TEMPESTADE


Este momento
tem apenas uma
estrofe,
respectivamente a
estrofe 84.
Reforça-se a
violência da
tempestade e
suas
consequências no
ambiente
circundante.

DIVISÃO DE MOMENTOS –
INTERVENÇÃO DE VÉNUS E NINFAS


Este momento inicia-se
na estrofe 85 e
desenvolve-se até à
estrofe 91. Vénus
intervém com o
objectivo de ajudar os
portugueses epara tal
pede ajuda às ninfas
para que as mesmas
seduzam os ventos. As
ninfas conseguem
acalmar os ventos e a
tempestade amaina.

DIVISÃO DE MOMENTOS – CHEGADA À ÍNDIA



Este momento desenrolase da estrofe 92 ate à 93.
Neste momento, os
navegadores portugueses
chegam, finalmente, à
Índia. O piloto melindano
confirma ser a terra de
Calecu e Gama agradece
a Deus.

INFORMAÇÃO HISTÓRICA - NINFAS

As Ninfas são divindades
femininas secundárias.
Estavam ligadas à
natureza e à terra e suas
vidas duravam tanto
quanto o ambiente a que
estavam ligadas. Não eram
consideradas imortais, mas
permaneciam jovens, belas
e graciosas e eram
representadas com
vestidos leves e quase
transparentes, e com
cabelos compridos e soltos
ou entrançados.

NARRADOR E NARRATÁRIO
Narrador: não
participante;...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Histria Conceitos 120805192115 Phpapp02
  • 5 mudanasnacontabilidadepblica 130430083555 phpapp02
  • Revisogerenciamentoderisco 120418213408 Phpapp02
  • aassistnciafarmacuticanaatenosade 140725110402 phpapp02
  • Powerpoint 090618231301 Phpapp02
  • Comunicaodedadosm1 140201055227 Phpapp02
  • Affonso 140606130339 Phpapp02
  • Projetoderedes 110907151321 Phpapp02

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!