Tema de Historia

Páginas: 14 (3350 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
TRATADO DE WESTPHALIA E UTRECHT

Westphalia

A chamada Paz de Westfália, designa uma série de tratados que encerrou a Guerra dos 30 anos e também reconheceu oficialmente as Províncias Unidas e a Confederação Suíça. O  tratado de Vestfália, assinado em 24 de outubro de 1648 , em Osnabrück, entre Fernando III, Sacro Imperador Romano-Germânico, os demais príncipes alemães, França e Suécia, pôsfim ao conflito entre estas duas últimas potências e o Sacro Império.
Este conjunto de diplomas inaugurou o moderno Sistema Internacional, Surgiu com eles a noção embrionária de que uma paz duradoura derivava de um equilíbrio de poder. Por essa razão, a Paz de Vestfália costuma ser o marco inicial nos currículos dos estudos de Relações Internacionais.

Locais

As negociações de paz, após asconversações iniciais, foram realizadas nas cidades de Münster e Osnabrück como uma alternativa favorecida pela Suécia.

Resultados

Dentre suas consequências, os Países Baixos ficaram independentes da Espanha, terminando-se com a Guerra dos Oitenta Anos; a Suécia ficou com a Pomerânia, Wismar, Bremen e Werden. Três grandes potências emergiram: a Suécia, as Províncias Unidas e a França. Opoderio da Suécia foi, contudo, de pouca duração.

Importancia

A Paz de Vestfália é frequentemente apontada como o marco da diplomacia moderna, pois deu início ao sistema moderno do Estado nação - a primeira vez em que se reconheceu a soberania de cada um dos Estados envolvidos. Também fortaleceu as divisões internas da Alemanha, impedindo-a de formar um Estado-nação unido, o que perdurou até ofinal do século XIX.

Utrecht

São chamados tratados ou paz de Utrecht os acordos que, firmados na cidade de Utrecht nos Países Baixos, (1713-1715), puseram fim à guerra da sucessão espanhola (1701–1714), na qual entraram em conflito interesses de várias potências europeias. O trono da Espanha era pretendido por Filipe d'Anjou, neto do rei francês Luís XIV, e por Carlos, da casa da Áustria. Asnegociações se abriram em 29 de Janeiro de 1712, mas só em 11 de abril de 1713 foram assinados os principais acordos, dos quais o último é de 1714.
Os opositores da disputa eram, de um lado, a França, em apoio a Filipe d'Anjou; do outro, a Grande Aliança, contra Luís XIV e a favor do príncipe Carlos, formada por Grã-Bretanha, República Neerlandesa, Prússia, Portugal e a casa de Saboia.
A GrandeAliança perdeu força quando Carlos foi eleito imperador do Sacro Império Romano-Germânico, com o nome de Carlos VI da Germânia, pois para os britânicos não convinha que o príncipe austríaco centralizasse tanto poder. Após negociações entre ingleses e franceses, foi realizado um congresso em Utrecht, sem a participação da Áustria, e foram assinados os tratados.
A questão da sucessão na Espanhafoi solucionada em favor de Filipe V, que conservou a coroa da Espanha (1700-1746) e as respectivas colônias, mas renunciou ao direito de sucessão ao trono francês. A integridade do território francês foi preservada e a Inglaterra recebeu importantes bases marítimas. A Inglaterra ganhou da França, O sul dos Países Baixos, Milão,Nápoles e Sardenha passaram à Áustria. A Inglaterra obteve conquistasnavais, comerciais e coloniais significativas, assumindo posteriormente um papel preponderante no que diz respeito às questões de ordem mundial.
As negociações conducentes à assinatura deste tratado foram iniciadas em 1712, tendo representado nelas, para Portugal, o conde de Tarouca, João Gomes da Silva, e D. Luís da Cunha.

ERA DOS IMPERIOS

Na segunda metade do século XIX, países europeuscomo Inglaterra, França, Alemanha, Bélgica e Itália, eram considerados grandes potências industriais. Com o objetivo de aumentarem sua margem de lucro, estes países se dirigiram à África, Ásia e Oceania, dominando e explorando estes povos. Eles iam à busca de locais onde pudessem encontrar matérias primas e fontes de energia. Os países escolhidos foram colonizados e seus povos desrespeitados.Em...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Trabalho De Historia Tema Maias
  • Tema 1 Historia
  • FunDamentos Da Filosofia
  • Fundamentos da filosofia
  • trabalho de história tema o povoamento da america
  • Novos temas nas aulas de História: gênero
  • Fundamentos da Filosofia- História e grandes temas- Gilberto Cotrim
  • relevancia do estudo de temas decorrentes da historia e cultua

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!