Técnicas de aquecimento em laboratório

Páginas: 6 (1268 palavras) Publicado: 22 de abril de 2013
Nome: ________________________________________________________ Grupo: Ensino: Fundamental Bimestre: 1º Ano / série: 9º ano ____

Componente Curricular: Laboratório de Química

Professor: Ricardo Honda / João de Freitas Data: / / 2011

Laboratório de Química
Experimento 2: Técnicas de aquecimento em laboratório

I. Objetivos: Aprender a utilizar o bico de Bunsen e as técnicas deaquecimento em laboratório.

II. Introdução teórica: Grande parte dos aquecimentos realizados em laboratório são feitos por meio de queimadores de gases combustíveis, sendo mais comumente usado o bico de Bunsen, desenvolvido pelo físico alemão Robert Wiheim Eberhard Bunsen, em 1855. O gás combustível queimado no bico de Bunsen geralmente é o gás de rua ou o G.L.P. (gás liquefeito de petróleo) e ocomburente é o ar atmosférico. Existem bicos de Bunsen com ou sem regulagem de gás, mas ambos possuem basicamente três partes: cilindro metálico, anel de regulagem (de ar) e a base metálica. Cilindro metálico: tubo de metal, rosqueado no centro da base, por onde passa o gás combustível que é queimado no topo. Possui alguns orifícios na parte inferior por onde entra o ar (comburente). Anel deregulagem: o anel é uma pinça metálica que envolve a parte inferior do cilindro. Possui orifícios (janelas) correspondentes aos do cilindro, de modo que, girando o anel, pode-se abrir ou fechar as janelas, controlando assim a entrada de ar. Base metálica: possui uma entrada lateral de gás e um pequeno orifício no centro, por onde sai o gás que será queimado no topo do cilindro.

CARACTERÍSTICAS DACHAMA Mantendo-se as janelas fechadas, obtém-se uma chama fuliginosa de coloração amarela. Isso indica que está ocorrendo uma combustão incompleta do gás, pois existe pouco oxigênio para queimá-lo e, neste caso, os produtos da queima são: CO (monóxido de carbono), C (carvão na forma de fuligem), H2O (que sai na forma de vapor) e um pouco de CO2 (dióxido de carbono ou gás carbônico). Para regular achama, deve-se abrir lentamente as janelas do bico de Bunsen, o que fará aumentar a quantidade de oxigênio na mistura gás – ar que será queimada, promovendo assim, a combustão completa do gás e, neste caso, os produtos da queima serão apenas CO2 (gás carbônico) e H2O (água na forma de vapor). Uma chama bem regulada possui três regiões distintas:

O cone externo da chama (zona oxidante) éligeiramente violáceo, o intermediário, azul e o cone interno é incolor, mas é mascarado pela chama azul que o deixa ligeiramente escurecido.

TÉCNICAS DE AQUECIMENTO COM O BICO DE BUNSEN Para aquecer béquer, erlenmeyer, balões, cápsulas de porcelana, etc, não devemos usar diretamente o bico de Bunsen. Estes aquecimentos são feitos através da tela de amianto (apoiada sobre um tripé), cuja função édistribuir uniformemente o calor recebido pela chama do bico de Bunsen. Os tubos de ensaio com líquidos podem ser aquecidos diretamente na chama do bico de Bunsen. A chama deve ser média e o tubo deve estar seco externamente para evitar que se quebre ao aquecer. O tubo deverá estar direcionado para um local que não se encontra ninguém para evitar possíveis acidentes. O tubo é aquecido através doauxílio de uma pinça de madeira com uma leve agitação a fim de evitar o superaquecimento do líquido.

III. Materiais: - Bico de Bunsen - Tripé - Tela de amianto - Béquer de 250 mL - Cadinho de porcelana - Termômetro de 0 ºC a 150 ºC - Tubo de ensaio / suporte para tubo - Pinça de madeira

IV. Reagentes: - Sulfato de cobre pentaidratado, CuSO4 . 5 H2O - Água

V. Procedimento experimental:

-Parte 1: Uso do bico de Bunsen 1. Deslocar o bico de Bunsen para direita ou esquerda (depende do seu local de trabalho na bancada) tirando-o da direção da torneira de gás da bancada. Isto evitará acidentes caso a mangueira se desprenda. 2. Abrir a torneira de gás e acender o bico, tendo o cuidado de não deixar seu rosto sobre o bico de Bunsen, pois a chama poderá atingi-lo. Observar a combustão...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Técnicas de aquecimento em laboratório. Bico de Bunsen.
  • Técnicas de aquecimento em laboratório. Bico de Bunsen.
  • Técnicas de aquecimento em laboratório e ensaio de coloração de chama
  • Tecnica de aquecimento
  • tecnicas de aquecimento
  • técnicas de aquecimento
  • Tecnicas de aquecimento
  • Técnicas de aquecimento

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!