Superlotação no Sistema Penitenciário do Brasil

Páginas: 39 (9749 palavras) Publicado: 19 de novembro de 2013
FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS
DIREITO

CAROLINA BONVICINI DE GODOI
CAROLINE BIANCA M. DE SOUZA
LARISSA BIANCHI
LARISSA VILLEGAS SELICANI
MARIANA SILVA
MARÍLIA CERQUETANI



SUPERLOTAÇÃO NO SISTEMA PENITENCIÁRIO DO BRASIL





São Paulo.
2013
CAROLINA BONVICINI DE GODOI Nº 7 RA: 608444-5
CAROLINE BIANCA M. DE SOUZA Nº 9 RA: 550257-7
LARISSA BIANCHI Nº 22 RA: 614561-0LARISSA VILLEGAS SELICANI Nº23 RA: 5508259
MARIANA SILVA Nº 46 RA: 561877-2
MARÍLIA CERQUETANI Nº49 RA:542629-8




SUPERLOTAÇÃO NO SISTEMA PENITENCIÁRIO DO BRASIL




Trabalho apresentado junto ao
curso de Direito da UniFMU na aérea
de concentração Metodologia da Pesquisa Jurídica,
como requisito parcial à obtenção da conclusão do semestre.
Orientador: Profª.Bernadete.

São Paulo.
2013
Resumo
Neste trabalho abordamos as falhas do sistema penitenciário brasileiro, com ênfase no Estado de São Paulo. Retratamos também a história do sistema prisional que se originou em 1769; a superlotação, onde deveriam ter seis detentos em uma cela encontram-se quinze; a saúde pública, que nos presídios não possuem condições devidas para os cuidados médicos; ainfraestrutura, que está precária pela falta do investimento do governo, que desvia a verba que a ser destinada a esse fim; o trabalho dos presos nos presídios, para cada três dias trabalhados há uma diminuição de um dia no total da pena; o auxilio reclusão, é uma bolsa paga a família dos detentos; as organizações criminosas, são facções dos detentos que muitas vezes também há participação de bandidos foradas penitenciarias; as rebeliões, que na maioria das vezes são revoltas dos detentos , e apresentamos possibilidades para a melhoria deste sistema.

Abstract
In this job we address the shortcomings of the Brazilian prison system, with emphasis on the State of São Paulo. Also depict the history of the prison system that originated in 1769; overcrowding, which should be six inmates in a cell arefifteen; public health, we can’t afford prisons due to medical care, the infrastructure, which is precarious by the lack of government investment, which diverts money that is intended for that purpose, the work of the prisoners in the prisons, for every three days worked are decreased a day in total sentence, the imprisonment aid is a scholarship pay the family of the inmates; criminalorganizations, factions of inmates who are often also included the participation of thugs outside the penitentiary; rebellions, which in most cases are revolts of the detainees, and present possibilities for the improvement of this system.





Sumário
1- Resumo 3
2- Abstract3
3- Sumário 4
4- Introdução 5
5- História do Sistema Penitenciário6
6- Infraestrutura do Sistema Penitenciário Atual 7
7- Quem Coordena 8
8- Superlotação8
9- Trabalho 9
10- Auxílio-reclusão 11
11- Saúde pública 14
12- Organizações...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sistema penitenciario no brasil
  • privatização so sistema penitenciário no Brasil
  • Avanços e limites das reformas do sistema penitenciário do brasil na contemporaneidade.
  • Sistema Penitenciário
  • Sistema penitenciario
  • SISTEMA PENITENCIARIO
  • Sistema penitenciario
  • Sistema Penitenciário

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!