super mercado bom preço

Páginas: 8 (1905 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014





SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
ciências contábeis
















SUPERMERCADO BOM PREÇO

















Machadinho D´oeste
2013








I













SUPERMERCADO BOM PREÇO





Trabalho apresentado ao Curso de ciências contábeis da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina contabilidadeempresarial e trabalhista, matemática financeira e metodologia cientifica e noções de direito.

Prof. Fabio











MACHADINHO D´OESTE
2013
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 5
2 DESENVOLVIMENTO 6
4 CONCLUSÃO 12
REFERÊNCIAS 13


















1 INTRODUÇÃO
Iremosrealizar a contabilização do supermercado bom preço, calculado a contribuição e atraso e o aumento do capital devido a entrado dos novos acionistas que entraram com a contribuição de 50.000 mil em dinheiro e um caminhão no valor de 50.000 mil e a passagem do supermercado para o nome dos novos acionistas elabora uma orientação para os donos do supermercado se eles têm direito a aposentadoria poridade ou tempo de contribuição conforme a legislação sem esquecermos também de elaborar uma analise da lei 123.
























2 DESENVOLVIMENTO
2.1Calculo das contribuições em atraso.
Sócios
- Geraldo Gabriel Alves 50%.
- Ana Luiza 50%.
Maio 2010 salario 3416.24.
Julho de 20007 a empresa se enquadrou no simples nacional com base na lei 123.
Retenção11% do salario de contribuição.
Percentual de juros acumulado no mês do vencimento 28,68%.
1% que corresponde ao mês de agosto de 2013.
Aumento do capital que passou de100. 000,00 para 200.000,00 com a entrada do Raimundo Belezer Alves com 50.000,00 em dinheiro e Severina Belezer Alves com um caminhão no valor de 50.000,00
CONTRA CHEQUE

ANA LUIZA

DISCRIÇAO
REF
VALOR
DESCONTOSSALARIO LIPO DE CONTRIBUIÇÃO JUROS JUROS
100% 11% 28,68% 1%
3416,24

375,78 107,77 3,75 
TOTAL DO VENCIMENTO 3.416,24
TOTAL DOS DESCONTOS 487,3




VALOR LIQUDO
2.928,94
SALRIO BASE 3416,24
LIPO CONTRIBUIÇAO375,78
JUROS 111,52











Lei complementa 123
Lei complementar Nº 123/2006 – Criação do Simples Nacional
A partir do dia 1º de julho de 2007 entrou em vigor a parte tributária do Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte SimplesNacional, que revogou as legislações anteriores, com o intuito de simplificar e desburocratizar o tratamento de tais empresas. Para os fins do disposto na Lei, o conceito de Microempresa (ME) e Empresa de Pequeno Porte (EPP) está relacionado com a Receita Bruta anual, onde Microempresa é aquela cuja Receita Bruta anual é até R$ 240.000,00 (duzentos e quarenta mil reais); e Empresa de Pequeno Porte dolimite de ME até R$ 2.400.000,00 (dois milhões e quatrocentos mil reais).
A Pessoa Jurídica enquadrada na condição de ME ou EPP que quiser optar pelo Regime deverá atender o disposto na referida legislação em seus Artigos 3º e 17, como: não possuir participação no capital de outra pessoa jurídica, não ser constituída sob a forma de Sociedade por Ações, não possuir sócio...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Super Mercado
  • Preço e mercados
  • Gestao de preço da super bock
  • aposentadoria bom preço
  • Supermercado Bom preço
  • Estagio em super mercado
  • Trabalho lógica super mercado
  • Comercialização, mercados e preços agrícolas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!