SUM RIO

Páginas: 6 (1316 palavras) Publicado: 3 de julho de 2015
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO 2
1. RECOZIMENTO. 3
1.1. RECOZIMENTO PLENO OU TOTAL. 3
1.2. RECOZIMENTO PARA ALÍVIOS DE TENSÕES. 3
2. Normalização. 4
3. TÊMPERA 5
4. REVENIMENTO. 7
CONCLUSÃO. 8
BIBLIOGRAFIA 9
GOOGLE. Tratamento Térmico Aço SAE 1045. Disponível em: 9















INTRODUÇÃO
É bastante antiga a preocupação do homem em obter metais resistentes e de qualidade. O imperador romano Julio Césarafirmava no ano 5 a.C que os guerreiros bretões se defrontavam com o problema de suas armas entortarem após certo tempo de uso. Isso obrigava a interromper as lutas para consertar suas armas de ferro. Os romanos, por sua vez, já haviam descoberto que o ferro se tornava mais duro quando aquecido durante longo tempo em um leito de carvão vegetal e resfriado em seguida. Esse procedimento pode serconsiderado a primeira forma de tratamento térmico, pois permitia a fabricação de armas mais duras e mais resistentes. Entretanto, foram necessários muitos anos para o homem aprender a lidar de modo mais eficiente com o calor e os processos de resfriamento para realizar o tratamento térmico mais adequado dos metais.














1. RECOZIMENTO.
1.1. RECOZIMENTO PLENO OU TOTAL.
Por meio do recozimentopleno do aço é possível diminuir sua dureza, aumentar a ductilidade, melhorar a usinabilidade e ajustar o tamanho do grão. Também são eliminadas as irregularidades resultantes de tratamento térmico ou mecânico sofrido anteriormente. O tratamento consiste em aquecer o aço numa temperatura acima da zona crítica. Após certo tempo o forno é desligado e a peça é resfriada no seu interior.
1.2.RECOZIMENTO PARA ALÍVIOS DE TENSÕES.
Consiste no aquecimento do aço a temperaturas abaixo do limite inferior da zona critica, o objetivo é aliviar as tensões originadas, durante e/ou produzidas em operações de transformações mecânicas a frio, soldagem, ou usinagem. As tensões começam a serem aliviadas em temperaturas logo acima da ambiente. Entretanto, é aconselhável aquecimento lento até pelo menos 500°Cpara garantir melhores resultados.
O tratamento térmico de recozimento foi realizado em uma amostra de aço ABNT 1045, com dureza inicial de 176 HB, sendo que a temperatura de austenitização usada foi de 845ºC. Após 20 minutos (tempo utilizado para homogeneização da peça) o forno foi desligado e ocorrendo-se o resfriamento da peça dentro do forno.





2. Normalização.
Em temperatura elevada, bemacima da zona crítica na faixa de 750°C a 950°C, os grãos de austenita crescem, absorvendo os grãos vizinhos menos estáveis. Esse crescimento é tão mais rápido quanto mais elevado for à temperatura. Se o aço permanecer muitas horas com há temperatura um pouco acima da zona crítica (exemplo 780°C), seus grãos serão aumentados.
No resfriamento, os grãos de austenita transformam-se em ferrita eperlita, Suas dimensões dependem em parte do tamanho dos grãos de austenita.
Uma granulação grosseira torna o material quebradiço, alterando suas propriedades mecânicas. As fissuras (trincas) também se propagam mais facilmente no interior dos grãos grandes. Por isso, os grãos mais finos (pequenos) possuem melhores propriedades mecânicas. A normalização consiste em refinar (diminuir) a granulaçãogrosseira da peça, de modo que os grãos fiquem numa faixa de tamanho considerada normal. No processo de normalização, a peça é levada ao forno com temperatura acima da zona crítica, na faixa de 750°C a 950°C. O material se transforma em austenita. Depois de um determinado tempo (horas), o forno é desligado. A peça é retirada, para se resfriar em temperatura ambiente com ar calmo.
O tratamento térmico denormalização foi realizado em uma amostra de aço ABNT 1045, com dureza inicial de 176 HB, sendo que, a temperatura de austenitização usada foi de 845ºC. Após 20 minutos (tempo utilizado para homogeneização da peça) a amostra foi retirada para o seu resfriamento em temperatura ambiente com ar calmo.



3. TÊMPERA
Houve um grande avanço tecnológico quando o homem descobriu como conferir dureza ao...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • SUM RIO
  • SUM RIO
  • SUM RIO
  • SUM RIO
  • SUM RIO
  • Sum rio
  • Os Sum Rios
  • SUM RIO

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!