Stc-7

Páginas: 5 (1043 palavras) Publicado: 14 de maio de 2013
Índice
Conteúdo
Introdução 3
Definição do ADN 4
Conclusão 7
WebGrafia 8

Introdução

Nestas breves páginas iremos falar um pouco sobre o ADN.
Iremos explicar o que é o ADN, o quanto é importante o seu conhecimento e em que áreas é importante este conhecimento.
ADN permite que uma pessoa seja identificada contra qualquer outro indivíduo em qualquer parte do mundo. É o tema maiseficaz para determinar se dois ou mais indivíduos são biologicamente relacionadas, e é de vital importância determinante na resolução de crimes e paternidade.



Definição do ADN

O que é ADN?

O ADN (Ácido DesoxirriboNucleico) é um conjunto orgânico o qual as moléculas contêm as instruções genéticas que organizam o desenvolvimento e funcionamento de todos os seres vivos e alguns vírus.O seu papel principal e arquivar as informações indispensáveis para a construção das proteínas e ARNs. E é no ADN que está toda a nossa informação genética, sob a forma de genes. E é constituído por quatro tipos de nucleótidos, unidade básica do ADN  (que por sua vez é constituído por uma pentose, um grupo fosfato e uma base azotada), que se juntam de uma forma específica, compondo uma cadeiadupla: adenina (A) com timina  (T) e  guanina  (G) com citosina  (C). Os nucleótidos são considerados deste modo devido às bases azotadas que penetram nas suas constituições. É possível ler a cadeia de ADN, obtendo-se uma sequência de letras, como por exemplo, ATGATTCTGTA GCCTGATCCC,  a uma sequência completa de ADN dá-se o  nome de genoma.
O ADN tem a forma de uma escada de corda enroladahelicoidalmente, ou seja, de uma hélice dupla em que os degraus são formados por pares de bases azotadas ligadas entre si, através de ligações de hidrogénio, com fundamento na complementaridade de bases. A estrutura, do ADN, foi proposta há 53 anos por James Watson e Francis Crick. A descoberta da estrutura do ADN abriu caminho para se compreender como é que a informação genética é transmitida deprogenitores para descendentes, ou de uma célula para outra, isto é, como funciona a hereditariedade.
Hojeem dia, esta descoberta tem um impacto em muitas áreas da vida moderna, tais como a medicina, a reprodução, a alimentação, a longevidade e o ambiente. No caso da medicina, e da saúde, há milhares de doenças hereditárias diferentes: cada uma resulta de um defeito num gene, muitos dos quais agora conhecemos. Assim, sabe-se detetar esses defeitos antes da nascença e tem-se esperança de os podercorrigir dentro de algum tempo, utilizando a terapia génica. Os testes genéticos permitem prever as doenças genéticas a que um indivíduo está mais sujeito e preveni-las a tempo.
Amniocentese é um exemplo de um teste genético pré-natal que é muito usado para detetar se um bebé irá sofrer o Síndroma de Down, mais conhecido como mongolismo, e que resulta da duplicação do cromossoma 21. Outro exemplode influência genética é na reprodução, são as  técnicas de fertilização in vitro (FIV) que possibilitam que hoje muitos casais inférteis possam ter filhos. Aliado à FIV está o diagnóstico genético preimplantatório, que permite detetar, nos embriões, erros no ADN que causam doenças, reduzindo-se assim a probabilidade de a criança nascer com uma doença genética. Este diagnóstico não pode, contudo,ser usado para excluir embriões com características estéticas e sociais não desejadas, como por exemplo, cor dos olhos, sexo ou inteligência. Outro assunto em que a genética influência é na alimentação pois através da construção genética é agora possível produzir alimentos mais baratos, mais energéticos e mais resistentes a pragas e à seca, sem poluir o ambiente nem gastar tanta água.
Igual...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Stc-7
  • Stc-7
  • DR1 STC 7
  • Conceitos chave stc 7
  • Stc ufcd 7
  • stc 7 ficha 4
  • Stc 7 dr1
  • STC 7

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!