Soluções de engenharia para habitação em massa após 2ª guerra

Páginas: 7 (1734 palavras) Publicado: 1 de outubro de 2012
Soluções de Engenharia para Habitação em massa após 2ª Guerra (1945) – Brasil


Introdução

Este trabalho tem como objetivo de compreender e descrever a arquitetura e os métodos construtivos das habitações em massa no Brasil após a Segunda Guerra Mundial. A partir da Era Vargas (1930-1945) foram dados importantes passos em prol do desenvolvimento do país. O investimento nas áreas industriaise nas habitações para a população de baixa renda foram uma das medidas adotadas nesse período.
Para atender o objetivo proposto, este trabalho foi estruturado da seguinte forma: inicialmente serão apresentados as principais soluções utilizadas na época, exemplificando alguns dos inúmeros conjuntos habitacionais que foram construídos no período de 1945-1990; os principais materiais e suaimportância para a solução construtiva; pontos positivos e negativos; e por fim, será descrito o perfil dos profissionais envolvidos com a execução dos métodos descritos.












A) Conceito das principais Soluções utilizadas – História e Definições;

A crise de habitação que atingiu os não proprietários nas principais cidades brasileiras a partir da década de 1940 foi consequência deprofunda mudança no mercado de provisão habitacional. Embora influenciada pela conjuntura econômica da segunda guerra, essa mudança foi estrutural e era parte dos novos rumos tomados pela economia e pela sociedade brasileiras. “A falta de residências quer em São Paulo, quer no Rio de Janeiro ou em outras cidades importantes no Brasil, não foi criada pela guerra, mas apenas agravada por ela”(associação comercial 1940a:4).
De fato, a falta de materiais de construção em decorrência da guerra reduziu o ritmo de construção de moradias, num contexto de escassez generalizada, cambio negro e especulação com bem de consumo populares. Num entanto, a crise foi antes consequência de modificações estruturais no sistema produtivo e nas formas de provisão de moradia, e enquadrava-se no inicio doprocesso de”predominância da estrutura produtiva de base urbano – industrial” (Oliveira 1971:10). A situação é analisada pela associação comercial de São Paulo:
[...] Verificou-se um grande êxodo de parte da população rural do estado para os centros urbanos, principalmente a capital. Essas levas humanas, que vêm procurar serviço na industria e comercio, onde encontram ganho mais remunerador, entram acompetir com a massa de inquilinos já fixados, na conquista de um aposento. O desenvolvimento da nossa industria, que se encontra atualmente numa conjuntura favorável, com a ampliação de mercados consumidores dentro e fora do pais, não pode prescindir de mão de obra abundante e capaz. Mas ao mesmo tempo, a população operaria cada vez se sente mais angustiada com a falta de moradias que atendam aum mínimo de conforto e higiene. Os cortiços da cidade andam abarrotados. Há famílias numerosas que apelam para o aproveitamento de garagens abandonadas e ate barracões de emergência. Guardadas as devidas proporções, o mesmo problema existe em relação às classes medias. (Associação comercial 1944b:30)
Centro mais importante de um país em rápida industrialização, a cidade de São Paulo viu suapopulação crescer intensamente na década de 1940, passando de 1,3 milhão para 2,2 milhões(IBGE 1940-1950). Esse aumento demográfico criou uma necessidade adicional de no mínimo 200 mil novas moradias, sem contar déficit já existente e um número considerável de prédios demolidos em função do boom imobiliário e de desapropriações para obras viárias. No mesmo período, no entanto, foram construídosapenas 120 mil unidades.
O desequilíbrio entre oferta e demanda pode ser explicado pelo fato de que, no quadro das modificações estruturais da economia, deixou de ser interessante investir na construção de habitação, atividade que passou a ser desestimulada pelo controle dos alugueis e pelas restrições governamentais ao financiamento de incorporações de edifícios. No entanto era preciso de alguma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Soluçoes de engenharia apos a segunda guerra mundial
  • Soluções de engenharia para habitação popular
  • África e Ásia após a 2ª guerra mundial
  • SOLUÇÕES DE ENGENHARIA PARA HABITAÇÃO NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX – BRASIL
  • 2ª guerra
  • 2ª guerra mundial
  • 2ª Guerra mundial
  • 2ª Guerra Resumo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!