sol da manha

Páginas: 28 (6916 palavras) Publicado: 6 de novembro de 2013
Multilinguismo ou como lidar com língua, tradição acadêmica e
infraestrutura digital em prol da diversidade cultural local

Claudia Marinho Wanderley
Centro de Memória UNICAMP

Resumo: Este artigo descreve dois problemas substanciais ligados ao
desenvolvimento de pesquisas sobre o multilinguismo em países de língua
portuguesa: o imaginário monolíngue e a falta de acesso mútuo às produçõesacadêmicas e culturais locais, que não necessariamente se encontram em
consonância com a perspectiva da academia de “primeiro mundo”. A partir da
experiência concreta de articular uma rede de trabalhos voltada para as
humanidades em língua portuguesa, são levantadas questões ligadas às
atitudes das academias nacionais, suas histórias e à divisão internacional do
trabalho intelectual. Ocaráter contraditório de trabalhar dentro do espaço
nacional com vistas a um bem comum internacional – com foco especial no
desenvolvimento de diálogo sul-sul - aponta para a necessidade de pensar a
história do trabalho intelectual que nós fazemos hoje no set pós-colonial, e para
a responsabilidade de cada autor.

This article describes two substantial problems related to the development ofresearch on Mutilingualism in Portuguese speaking countries: a monolingual
imaginary and the lack of common access to academic and cultural production,
which not necessarily are consonant with “first world” academic perspectives.
Based on the experience of building an academic network on humanities in
Portuguese language, questions on the attitudes of national academies, their
histories and theinternational division of intellectual labour are raised. The
contradictory character of working within national space looking forward to
international commons – with a special focus on developing south-south
dialogue - leads to the need of thinking the history of the intellectual labour that
we do today in post-colonial set, and to the responsibility of each author.

Desde

2005trabalho

em

parceria

com

diversas

instituições

interessadas na inclusão social e digital de línguas e culturas locais. Esta
afirmação por banal que pareça, traz em si uma certa complexidade que
gostaria de compartilhar com os leitores. A princípio a idéia de que ao escrever

2
em língua portuguesa possivelmente converso com quem aprendeu de longa
data que a língua oficial de seupaís é o português apenas, e que portanto há
pouca familiaridade com a noção de multilinguismo funcionando na escola ou
na universidade. Sim, o Brasil muitas vezes se pensa monolíngue, assim como
outros países, como nós, que também foram colonizados por Portugal e não
obstante mantém em sua vida cotidiana uma riqueza cultural e linguística que
tem pouquíssima visibilidade seja nos livros dehistória, seja nas aulas de
idiomas, seja no espaço tão necessário surgido das leis que nos fazem incluir
temas transversais nas escolas atualmente.
Pois então eis o primeiro passo de uma discussão sobre multilinguismo
na academia, afirmar nossa pluralidade de culturas e idiomas no espaço
nacional. Esta afirmação se encontra muitas vezes de forma aparentemente
conflitiva com nossa herançaportuguesa, herança bem querida de nossa elite
e governantes. Também no espaço da política internacional estamos
organizados em um grupo chamado Comunidade dos Países de Língua
Portuguesa (CPLP), e nós, especificamente as ex-colônias, somos chamados
de País de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) – embora já tenha visto esta
sigla se referir a Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa. Estegrupo de
países, que foram colônia de Portugal são hoje, por ordem da proclamação de
independência de Portugal: Brasil (7 de setembro de 1822), Guiné Bissau (24
de setembro de 1973), Moçambique (25 de Junho de 1975) , Cabo Verde (5 de
Julho de 1975), São Tomé e Príncipe (12 de Julho de 1975), Angola (11 de
Novembro de 1975) e Timor Leste (28 de Novembro de 1975). Evidentemente
o papel do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O sol
  • o sol
  • sol
  • O sol
  • O Sol
  • O sol
  • o sol
  • o sol

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!