Sociologia organizacional – notas introdutórias

Páginas: 42 (10263 palavras) Publicado: 30 de setembro de 2012
Sociologia Organizacional – Notas Introdutórias

1. Introdução - A emergência da sociedade burguesa e sua consolidação:

O marco inicial para o surgimento da sociologia é o século XVIII, devido as transformações econômicas, sociais, políticas e culturais que ocorreram nesse período. As Revoluções burguesas romperam com o tradicionalismo reinante e deram impulso ao Capitalismo, ao EstadoModerno e à Igualdade Jurídica de direitos. Todos esses temas passarão a pertencer ao imaginário do indivíduo que se torna mais contestador e consciente de seu posicionamento na sociedade, e, sobretudo, denunciando as distorções que o sistema capitalista apresentava. Se a Revolução Francesa trouxe o ideário, a Revolução Industrial deu a materialidade a todo um processo ideológico.

1. A RevoluçãoIndustrial
Em meados do século XVIII, na Inglaterra, tem início um dos processos mais importantes e complexos da História da humanidade. A passagem da manufatura para o trabalho executado por máquinas trouxe uma série de mudanças que vão desde o quase total desaparecimento do trabalho artesanal, até o surgimento dos grandes oligopólios capitalistas que passam a ditar as regras do moderno jogo docapitalismo.
Tais modificações se manifestam na divisão do trabalho. Antes, o pequeno artesão, dono de sua pequena oficina no quintal de sua casa, dominava todas as etapas do processo de produção desde a concepção do produto em sua mente, até o momento da comercialização do mesmo. A primeira conseqüência que iremos verificar é a separação radical entre o produtor e os meios de produção. Apassagem da manufatura para a maquinofatura exigiu o aumento dos mercados e consequentemente o aumento da produção. O pequeno artesão é reduzido então, à função de mero coadjuvante no processo, pois a organização científica do trabalho exige a divisão do mesmo. Se antes o artesão dominava todas as etapas do processo, este agora, executa apenas parte dela.
Outro aspecto relevante é o da divisão dasociedade: A burguesia, dona dos meios de produção; e o proletariado, que vende exclusivamente a sua força de trabalho. Podemos citar aqui outro fator importante que é exatamente a exploração exagerada feita com o trabalhador. Essa situação, foi chamada por Karl Marx de “mais-valia” que, grosso modo, seria a diferença brutal entre o valor pago pela sua mão-de-obra e o que ele realmente recebe.Aprofundaremos este conceito mais adiante.
As condições de trabalho que caracterizam o início da revolução industrial eram assustadoras para os padrões atuais e podem ser responsabilizadas pela baixa expectativa de vida dos operários que labutavam em turnos diários de 12 a 16 horas, ampliados para até 18 horas quando a iluminação a gás tornou-se disponível. Foi em 1883, e somente nas fábricas têxteis daInglaterra, que crianças entre 9 e 13 anos foram proibidas de trabalhar em jornadas de mais de 9 horas, e as que tinham entre 13 e 16 anos por mais de 12 horas, sendo o turno da noite reservado para que freqüentassem a escola.
O salário dos aprendizes era, em geral a metade do que se pagava aos operários, o das mulheres a quarta parte, e o das crianças... já se pode imaginar. Além das doençasdevidas ao ambiente insalubre, da alimentação deficiente, da falta de aquecimento apropriado, da disciplina nas fábricas e das multas que reduziam ainda mais seus ganhos, os trabalhadores estavam expostos a freqüentes acidentes provocados pelo maquinário pesado que mutilava e matava. Muitas revoltas tiveram como alvo as próprias máquinas, destruídas pelos operários enfurecidos, como no chamadomovimento ludista. A luta por melhores condições de trabalho, na Europa como na América, foi árdua, e novos direitos foram sendo aos poucos conquistados e acrescentados à legislação social e trabalhista em diversos países.
Mudanças também ocorreram, em distintos graus, na instituição familiar, tanto no que se refere ao status de seus membros segundo sexo e idade, como à natureza das relações...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Notas introdutorias sobre o pensamento de ehrich
  • Sociologia organizacional
  • sociologia organizacional
  • sociologia organizacional
  • sociologia organizacional
  • Sociologia Organizacional
  • Sociologia Organizacional
  • Sociologia Organizacional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!