SOCIOLOGIA - MAX WEBER

Páginas: 86 (21367 palavras) Publicado: 10 de outubro de 2014
Itinerário teórico em torno da produção
dos fenómenos simbólicos
João Teixeira Lopes

Resumo: O itinerário teórico que apresentamos neste artigo pretende ser um contributo para
a construção de modelos de análise sobre o trabalho de mediação exercido pela esfera simbólica
no decorrer dos processos de mudança social. Mais do que mero interface ou zona de fronteira,
falamos, afinal, de umamediação dialéctica, capaz de transformar os campos que coloca em
interacção, ao mesmo tempo que a si mesma se modifica. Aliás, a esfera simbólica remete-nos
para um jogo de espelhos entre uma face visível e uma outra recôndita - a evocação de algo
ausente. Tornar esse ausente presente é uma das motivações da análise sociológica do simbólico.
Se é verdade que a ordem simbólica é um veículo deexpressão das sociedades, um conjunto de
representações que os agentes sociais elaboram a propósito de si mesmos, da sua Ínterrelação e do
mundo em que habitam, então essa esfera transporta consigo os processos de construção de
sentido. Mas não se trata de um sentido puramente abstracto, formal ou categorial. Existe uma
correspondência, não automática, não semelhante à reprodução em duplicata,face ao real e às
práticas sociais. Desta forma, estudar o simbólico e a complexa cadeia do sentido, reenviar-nosá, simultaneamente, para o homem concreto e real, condicionado pelas suas condições materiais
de existência e para o sujeito autónomo, reflexivo, inventivo e imaginativo que, aproveitando
brechas, campos de possíveis ou mesmo subvertendo e alargando estreitas margens de manobra,constrói quotidianamente a sociedade e o próprio real, afastando-se do modelo do "sonâmbulo
social", dependente e encarcerado pelas configurações sociais onde se move.

No estudo da relação entre os fenómenos culturais e a estrutura social,
têm os primeiros sido vítimas de um erro teórico fundamental: ora são
considerados como uma entidade autónoma e desligada dos enraizamentos
societais, orasão reduzidos a um mero epifenómeno de outras instâncias com
"verdadeiro" poder explicativo, como se fosse possível hierarquizar os
diferentes campos da actividade humana em instâncias estanques e
incomunicáveis. Estas duas concepções funcionam, de facto, como irmãos
gémeos, uma sendo o espelho antinómico da outra, mas em ambos os casos
dissolvendo-se o que seria a especificidade da ordemsimbólica.
27

João Teixeira Lopes

Como Clifford Geertz refere, tentando explicar um atraso relativo das
componentes culturais, no estudo das relações entre a estrutura social e a
ordem cultural, é "mais difícil lidar cientificamente com as ideias do que com
as relações económicas, políticas e sociais1. Duplamente difícil (e
encontrando-se, por isso, numa situação duplamente periférica) é aanálise das
formas culturais anódinas e quotidianas, já que estas se movem, por definição,
no terreno do implícito, do não sistemático, do não-dito, do não discursivo.
Para este efeito, terá contribuído uma deficiente (porque não totalmente
sistemática) e conflitual abordagem do simbólico por parte dos "clássicos"
fundadores da sociologia, a quem sempre regressamos quando se trata de
delinearum qualquer itinerário teórico.
No entanto, grande parte do que hoje se escreve a respeito dos clássicos
resulta, muitas vezes, de abordagens descontextualizadoras do sentido da sua
obra, ou então, aspecto mais grave, de leituras em segunda ou terceira mão, o
que, tendo aparecido como resultado de uma bricolagem teórica, nos
aconselha a um prudente regresso ao original.
A sociologia jamaisabandonou, salvo raras excepções, os seus grandes
mestres. Aliás, muita da conflitualidade teórica interna encontra-se já em
incubação nas obras de cada um deles, assumindo mesmo, como no caso de
Max Weber, a obsessão de um diálogo constante e implícito com Karl Marx.
Este "ir beber à fonte" não acalenta a esperança de "descobrir" o que
ainda não foi descoberto. Trata-se, apenas, de fazer...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • TRABALHO SOCIOLOGIA MAX WEBER
  • Sociologia max weber
  • Max Weber Sociologia Compreensiva
  • sociologia de Max Weber
  • Sociologia os pensamentos de max weber
  • Sociologia de Max Weber
  • sociologia Max Weber
  • Max weber (a sociologia alemã)

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!