Socialização

Páginas: 24 (5766 palavras) Publicado: 3 de junho de 2011
UNIFOZ – Faculdades Unificadas de Foz do Iguaçu

Elite da Tropa

Foz do Iguaçu,
2011.

Acadêmicos: Daniele Cristine M.
Helena Ap. Marcelino
Heitor Freitas Rocha
Isabel Cristina Bender
Isadora de Assis Bandeira
Jaqueline Krefta
Jean B. Araujo
John Willian
Juliani Carvalho Miscevski
Larissa S. Schotefeldt

Elite da Tropa

Artigo apresentado à disciplinaCriminologia, ministrada pelos professores Luiz Francisco Barletta Marchioratto e Kenny Yuen, para obtenção parcial de nota no curso de graduação em Direito, da Unifoz – Faculdades Unificadas de Foz do Iguaçu.

Foz do Iguaçu,
2011.
AGRADECIMENTOS

Agradecemos ao Professor Marchioratto, Luiz Francisco Barletta pela indicação do livro e orientações de como proceder a um seminário e ao ProfessorKenny Yuen pela informação, organização e orientação do nosso trabalho.

ÍNDICE

Agradecimentos........................................................................................02
Introdução.................................................................................................04
Elite da Tropa –História............................................................................05
Entrevista..................................................................................................07
Contextualização.......................................................................................09
Conclusão............................................................................................... .15Bibliografia................................................................................................17
Anexos......................................................................................................18

INTRODUÇÃO

O presente trabalha tem por enfoque discorrer numa abordagem sucinta e analítica, quanto ao aspecto social e jurídico, os reflexos inerentes as incursões policiais descritas no livro a Elite da Tropa.
Nessa razão,discorrer-se-á desde a organização administrativa e hierárquica da Policia Militar, ao processo de seleção e formação dos policiais que integram uma de suas ramificações corporativas, qual seja o BOPE - Batalhão de Operações Policiais Especiais.
Na sequência, enfim, se iniciará a análise da dialética existencial dos agentes públicos, em especifico o policial, no que tange a corrupção e a honestidade. Deigual forma, como se dão as relações entre estes agentes políticos e a sociedade civil como um todo, incluindo-se nesta equação os marginais.
Dado este contexto, tem-se por necessário versar acerca da inaceitável inobservância dos preceitos constitucionais primários, em especial os direitos humanos, afrontados pela problemática do abuso de autoridade.

ELITE DA TROPA

O embrião do BOPE — oNúcleo da Companhia de Operações Especiais da PMRJ — foi criado em 19 de janeiro de 1978, sob inspiração do então capitão PM Paulo César Amêndola de Souza, mas apenas em 1991 foi batizado com o nome atual. O BOPE não foi preparado para enfrentar os desafios da segurança pública. Foi concebido e adestrado para ser máquina de guerra. Não foi treinado para lidar com cidadãos e controlar infratores,mas para invadir territórios inimigos.
Este livro foi escrito com o propósito de enriquecer o processo de reflexão dos policiais e da opinião pública. Seu objetivo não é depreciar os profissionais da segurança, mas valorizá-los, não é atingir as instituições, mas promover seu aperfeiçoamento. Não há democracia sem polícia. Se desejamos construir uma sociedade justa e democrática não podemosdeixar as polícias á margem e á deriva quando falamos de policiais estamos nos referindo a um universo de cerca de 45 mil profissionais, no Rio, e 550 mil, no Brasil.
Qual o antídoto para a corrupção? Na historia do BOPE, a resposta foi um só: orgulho. Orgulho pessoal e profissional. Respeito ao uniforme negro. Antes a morte que a desonra. Quem escala o Himalaia não se agarra ao dinheiro. O...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Socialização
  • A socialização
  • Socialização
  • socialização
  • Socialização
  • Socialização
  • Socialização
  • socializaçao

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!