Sistema endócrino

Páginas: 26 (6455 palavras) Publicado: 17 de junho de 2011
SISTEMA ENDÓCRINO

1. Anatomia
O sistema endócrino é constituído pelas glândulas endócrinas e por células endócrinas encontradas em outros órgãos que não são tradicionalmente considerados como glândulas.
• Exócrinas: possuem ductos que conduzem a secreção para fora do organismo. Exemplos:
o Mamárias
o Lacrimais
o Sudoríparas
o Sebáceaso Salivares
• Endócrinas: não possuem ductos. Os hormônios entram na corrente sangüínea.
o Tireóide
o Paratireóides
o Supra-renais (adrenais)
o Gônadas: ovários e testículos
o Placenta
o Timo
• Mistas: produzem os dois tipos de secreções. Exemplos:
o Pâncreas
o Fígado
o Estômago
oIntestino delgado
• Neuroendócrinas: membros dos sistemas nervoso e endócrino.
o Hipotálamo
o Hipófise
o Pineal
• Orgãos que contém células endócrinas, podendo ser considerados membros do sistema endócrino:
o Coração,
o Rins,
o Pele,
o Tecido Adiposo

2. Moléculas Sinalizadoras
São moléculas químicas quefuncionam como se fossem uma mensagem de uma célula a outra. Podem ser hormônios, neurotransmissores ou neuromoduladores. Porém, para que produzam efeito devem associar-se a receptores nas células – alvo.

3. Tipos de Comunicação Química entre as Células
1. Endócrina: quando o mensageiro (hormônio) sai da célula que o produziu, entra na circulação e irá agir sobre células - alvo (que possuemreceptores) em órgãos distantes.
2. Parácrina: quando o hormônio age sobre um outro tipo de célula dentro do órgão em que ele foi produzido. O hormônio nem entra na circulação.
3. Autócrina: quando o hormônio age sobre a própria célula que o produziu. Neste caso, funcionará como um sistema de auto - controle celular.
4. Neuroendócrina: quando o hormônio é liberado de um neurônio, entra nacirculação e age sobre células periféricas. È chamado de neurohormônio.
5. Exócrina: quando o hormônio terá efeito fora do corpo, em um outro indivíduo. È chamado de ferormônio.

4. Funções do Hormônios
Os hormônios participam em muitos processos de controle do funcionamento do organismo, sendo importantes para:
- a homeostasia: manutenção do equilíbrio dinâmico do meio interno;- o metabolismo celular: regulam as reações bioquímicas intracelulares, regulando a produção, a utilização e o armazenamento de energia;
- o desenvolvimento embrionário, o crescimento e a reprodução.

5. Classificação dos hormônios quanto à estrutura química
Quanto à estrutura química, os hormônios podem se hidrossolúveis ou lipossolúveis. Entre os hidrossolúveis, encontram-se oshormônios peptídicos e os derivados de aminoácidos. Entre os lipossolúveis estão os esteróides e os eicosanóides.

• Hormônios Peptídicos:
- Podem ser proteínas, peptídeos ou glicoproteínas;
- Exemplos: insulina, glucagon, hormônios hipotalâmicos e hipofisiários, gastrina.
- A síntese destes hormônios ocorre em várias etapas:
o Transcrição do DNAo Liberação do RNAm
o Tradução do RNAm > formação de um peptídeo longo chamado de pré-pró-hormônio.
o Clivagem da seqüência “pré” (seqüência sinalizadora) e armazenamento do pró-hormônio no Complexo de Golgi.
o Clivagem da seqüência “pró” e formação da molécula ativa, com efeito biológico.
o Armazenamento em vesículas (grânulos maduros).o Quando o hormônio for necessário, um estímulo causará a sua liberação, por exocitose
- Mecanismo de ação > quando chegam na célula –alvo ligam-se a receptores (proteínas) na face externa da membrana plasmática, estimulando a formação de uma nova molécula chamada segundo mensageiro. E este irá alterar alguma reação bioquímica celular, alterando o funcionamento da célula.
-...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • sistema endocrino
  • Sistema endocrino
  • Sistema Endócrino
  • Sistema endocrino
  • Sistema endocrino
  • Sistema endócrino
  • Sistema endócrino
  • sistema endócrino

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!