Sismologia

Páginas: 5 (1018 palavras) Publicado: 17 de março de 2014
Teoria do Ressalto Elástico
 As forças tectónicas criam estados de tensão que vão deformando lentamente as rochas e permitindo a acumulação de quantidades colossais de energia.
 À medida que o movimento das placas tectónicas decorre, as tensões acumuladas continuam a deformar as rochas, enquanto a sua elasticidade o permitir.
 A partir de um determinado ponto, a tensão aplicadaultrapassa o limite de resistência da rocha, isto é, o seu limite de deformação elástica, e a rocha atinge o seu limite máximo de acumulação de energia.
 Neste ponto limite, ocorre a rotura do material acompanhada por movimento relativo dos dois blocos formados – falha.
 A energia elástica acumulada é libertada sob a forma de ondas sísmicas (vibração dos materiais) e calor.
 O deslocamentodos blocos rochosos ao longo do plano de falha permite que a rocha deformada recupere parte da sua forma original – ressalto elástico.
 A falha permanece ativa se o efeito das tensões continuar a ser exercido, ocorrendo um sismo quando a tensão tectónica ultrapassar o atrito e os dois blocos se deslocarem ao longo do plano de falha.
Intensidade de um Sismo
 A intensidade de um sismo é umparâmetro qualitativo que corresponde aos efeitos provocados pelo sismo e sentidos à superfície num dado local.
 A determinação da intensidade de um sismo num dado local tem por base o grau de perceção das vibrações pela população, assim como o seu grau de destruição sobre construções e os seus efeitos sobre a topografia.
 Para avaliar a intensidade de um sismo numa determinada áreautiliza-se a Escala Internacional ou Escala de Mercalli Modificada.
A intensidade de um sismo depende de:
 Profundidade do foco e distância ao epicentro: quanto mais profundo o foco se encontra, menor a intensidade do sismo.
 Natureza do subsolo: quanto maior a resistência que os materiais do subsolo oferecem ao serem atravessados pelas ondas sísmicas, menor a intensidade do sismo e vice-versa.
Quantidade de energia libertada no foco: quanto maior a energia libertada no foco, maior a intensidade do sismo e vice-versa.
Carta de Isossistas
A determinação da intensidade de um sismo, nos vários locais à superfície da Terra onde ele foi sentido e a localização do seu epicentro, permitem traçar uma carta de isossistas.
 As isossistas são as linhas que unem os pontos onde a intensidadedo sismo foi a mesma.
 Quando numa zona há incerteza sobre a intensidade do sismo, a isossista é representada a tracejado.

Magnitude de um Sismo
 A magnitude de um sismo é um parâmetro quantitativo e representa a quantidade de energia libertada no foco.
 A energia libertada num sismo pode ser calculada através da seguinte fórmula:
E = 10 (2,4M – 1,2) Sendo M =magnitude
 Para calcular a quantidade de energia libertada num sismo utiliza-se a Escala de Magnitude de Richter.
 A Escala de Richter é uma escala aberta – sem limite máximo. Ainda não foram registados sismos de magnitude superior a 9.

Sismos e Tectónica de Placas

Sismicidade em Portugal Continental
Sismicidade Interplaca
• Portugal situa-se na placa Euro-Asiática, limitada a Sulpela Falha Açores-Gibraltar (limite entre a Placa Euro-Asiática e a Placa Africana, a qual se desloca para Norte), e limitada a Oeste pela Dorsal Médio-Atlântica (afastamento da Placa Euro-Asiática e Placa Norte Americana).
Sismicidade Intraplaca
• Está relacionada com um sistema de falhas ativas em Portugal.
• Carta Neotectónica de Portugal Continental


De entre a diversidade de falhasativas, destacam-se:
Falha Manteigas-Vilariça-Bragança (1)
Falha Nazaré Pombal (2)
Falha do Vale inferior do Tejo (3)
Falha de Messejana (4)
Falha do Alqueva (5)



Madeira
• O Arquipélago da Madeira localiza-se na Placa Africana e tem sismicidade reduzida.
Açores
• O Arquipélago dos Açores tem um contexto tectónico particular – Junção Tripla dos Açores – fronteira entre as placas...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sismologia
  • Sismologia
  • Sismologia
  • Sismologia
  • Sismologia
  • Sismologia
  • Sismologia
  • Sismologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!