Serviço social

Páginas: 7 (1548 palavras) Publicado: 26 de maio de 2012
Oliveira Vianna: Um Statemaker na Alameda São Boaventura

Oliveira Vianna tornou-se nas últimas décadas do século XX um clássico do pensamento social brasileiro, a seu engajamento político à máquina do Estado do pós-30 e por muito tempo não falaram mais de sua obra que tachada em geral com simplismo de reacionária e racista, a partir dai foram essas mesmas características que estimularam ointeresse pela análise e reavaliação de sua ampla produção que se estendeu de 1920 até a sua morte em 1951.
Suas interpretações receberam várias críticas na segunda metade dos anos de 1940 e a recuperação dos seus pensamentos a partir dos anos 1970 que é o depoimento de Sérgio Buarque na apresentação do seu livro ‘Tentativas de Mitologia’ reunindo uma série de artigos de Sérgio Buarque e passando-se30 anos o historiador comenta:
Oliveira Vianna, ainda apelava para seus préstimos sempre que queria explicar os fundamentos de nossa sociedade e de nossa política? A resposta está nisto, que tais inconsequências [...] estão longe de representar o alvo maior da minha crítica. O alvo maior está em uma vasta construção jurídica e política expressas nas leis trabalhistas.
Em 1950 com sua morte asua imagem foi reforçada por seus admiradores todos intelectuais e sua casa transformada em museu-casa e passando-se anos depois em Fundação Oliveira Vianna a integrar a Fundação Estadual de Museus do Rio de Janeiro e nas releituras apropriações de seus textos aguardariam os anos de 1970-80 quando os temas do autoritarismo e da democracia entram na ordem do dia tornando imprescindível uma viagem àsbases de tais concepções no pensamento social brasileiro e a partir dai que aumentam os estudos sobre sua obra reconhecida com enorme extensão e de grande influência, crescendo o número de dissertações e teses de jovens pesquisadores interessados no autor.
A obra composta por escolhas de temas substantivos e por chaves teóricas muitas vezes diversas, a través do tempo. No caso de Vianna aconstatação seria particularmente verdadeira, pois sua produção intelectual é numerosa e diferenciada, sendo composta por livros, artigos de jornais, conferências e pareceres. Seus trabalhos possuem ademais distintos níveis de acabamento havendo aqueles que foram revistos mais de uma vez e os que não chegaram a ser concluídos como ocorreu com o livro póstumo História social da economia capitalista noBrasil, em 1987.
A explicar ao leitor como suas ideias se desenvolviam no tempo, através de seus vários textos já publicados ou em planejamento.
Francisco José de Oliveira Vianna nasceu em 1883, numa fazenda no estado do Rio de Janeiro, e bacharelou-se em direito em 1905 com seus 22 anos pela faculdade Livre de Ciências Jurídicas Sociais do Rio, foi um professor, escrevendo em jornais e compondoo círculo de administradores de Alberto Torres (político e intelectual) nos anos de 1910. Foi em 1920 que lançou seu livro de estreia Populações Meridionais do Brasil, editado pela revista do Brasil. Este livro é absolutamente crítico em sua carreira, nesse mesmo ano ele também entrou para o serviço público do estado do Rio de Janeiro, integrando-se em uma rede de intelectuais dedicada a pensar anação brasileira, diagnosticando seu atraso sua produção, portanto não só compartilhada por literários e artísticos mas também por educadores, engenheiros, médicos etc.
Seu pensamento é sofisticado e constrói interpretações que em tudo convergem para uma comunidade de sentidos então vigente. Em 1940 inaugura novos tempos no Brasil entre 1943-44 o que se vê são os fracassos sucessivos –militares ideológicos – das propostas autoritárias ou seja nazifascistas e Vianna já havia saído de cena principal mas continuando escrevendo até a sua morte. E em 1949 Vianna foi consagrado provecto(experiente) e anunciava sua perspectiva culturalista, não sem dificuldades como diz Sérgio Buarque de Holanda. No Brasil de então circulavam com mais ênfase explicações sobre as razões dos nossos males...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Resenha o serviço social na era dos serviços
  • Serviço social
  • Servico social
  • Serviço social
  • Serviço social
  • Serviço social
  • Serviço social
  • Serviço social

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!