Serviço social e a organização da cultura: perfis pedagógicos da prática profissional

Páginas: 11 (2543 palavras) Publicado: 6 de outubro de 2012
Movimento de Reconceituação do Serviço Social






Introdução:

Este artigo é realizado a partir da literatura sobre o movimento de reconceituação do serviço social. E que procura identificar no Serviço Social do Brasil suas origens e marcas vinculadas a Igreja Católica e os movimentos delas decorrentes, adotando como instrumental de analise o enfoque marxista. E vale ressaltar oscomponentes básicos do movimento de reconceituação; a critica do Serviço Social tradicional e o esforço de construção de uma teoria e práxis do Serviço Social, em resposta a realidade latino-americano e a luz de um posicionamento ideológico. O movimento de reconceituação é movido pelas pressões sociais e mobilização dos setores populares, historicamente marcado pelas desigualdades de classes e dasquestões sociais em face ao acumulo do capitalismo. Processo permanente de construção de propostas profissionais em resposta ás exigências sociais. A historia do Serviço Social se constitui num processo que articula conservação e renovação.


Reconceituação no Brasil

Serviço Social tem suas origens vinculadas à doutrina da igreja católica ela surge como desdobramento da ação social e da açãoCatólica da igreja. Está relacionado às profundas transformações econômicas e sociais que atravessam a sociedade brasileira.
As primeiras escolas de Serviço Social são fundadas por grupos cristãos. Predominavam alunos de classe média que buscavam o preparo para o exercício remunerado e também gratificação pessoal.
Algumas alunas eram professoras primárias. Ao atuar sobre questão social, negarãotransformações econômicas e sociais, ou seja, a ação sobre as causas da Questão Social para atuar sobre o efeito no que diz respeito às causas da Questão Social. Em posição análoga, encontra-se o Serviço Social reconceituado, que se propõe atuar sobre as causas, atuar revolucionariamente sobre o sistema.
Serviço Social brasileiro procurou apropriar-se da metodologia de trabalho americano, eintroduziu nos currículos das escolas o Serviço Social de caso, de grupo, organização social da comunidade, Serviço Social de comunidade, posteriormente desenvolvimento de comunidade.
Os primeiros passos para o movimento de reconceituação, foram movidos pelos impactos das teorias e tentativas de prática desenvolvimentista. Reconhecia que sua teoria era frágil quanto à compreensão da dinâmica social,das relações de classe, dos grupos sociais, das instituições. Do ponto de vista metodológico, grande ênfase ao desenvolvimento de comunidade difundido amplamente, pela ONU e OEA (décadas de 50, 60 e início de 70) através de assistência técnica a projetos, cursos, seminários e alcance de ampla literatura. As escolas de Serviço Social passaram a incluir nos currículos o ensino ao desenvolvimento decomunidade. Grandes projetos foram implantados com apoios de instituições públicas (SUDENE, SUDAM, SUDESUL) e por iniciativa da igreja católica.O processo de implantação da política de em países como a América Latina revelou uma realidade subdesenvolvida: baixo índice de renda da população, ausência de infra-estruturas de saneamento, alto índice de analfabetismo, baixo nível de saúde e deescolaridade. Esses já não eram assuntos apenas de economistas e sociólogos, mas também para técnicos do Serviço Social e para a população em geral.Penetração do marxismo nas universidades e cotidiano de trabalho bem como a liberdade. Resultou ao Serviço Social, um recuo quanto à filosofia do desenvolvimentismo, novas e mais profundas indagações, criticas ao Serviço Social tradicional e demanda de novasideologias segundo (FALEIROS; 2004).
.
No Brasil encontro regional de escolas de Serviço Social do nordeste (1964) é considerado a primeira manifestação grupal de crítica ao Serviço Social tradicional e ensaio de reconceituação (docentes e profissionais posicionam os métodos de intervenção face à realidade subdesenvolvida do nordeste). Dando ênfase à crítica quanto ao aspecto economicista e adota...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Serviço social e a organização da cultura: perfis pedagógicos da prática profissional
  • Resenha do livro serviço social e a organização da cultura: perfis pedagógicos da prática profissional
  • Serviço Social e a organização da cultura: Perfis pedagógicos da prática profissional
  • O serviço social e a organização da cultura
  • Praticas profissionais no serviço social
  • perfil pedagógico da prática do assistente social
  • a pratica profissional do servico social
  • Instrumentalidade do Serviço Social e sua Pratica Profissional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!