Serviço social surgemento

Páginas: 8 (1952 palavras) Publicado: 20 de março de 2012
O surgimento do Serviço Social.

Figura;2
A história do Serviço Social está ligada aos fatos históricos, a história do Serviço Social: não deve ser entendida como uma cronologia de fatos, mas na sua ligação com o contexto geral da sociedade, isto é a história dosprocessos econômicos, das classes e das próprias ciências sociais.
Inicialmente, o Serviço Social se apresenta envolvido com os interesses da classe dominante, mas, antagonicamente, também está sujeito à classe subalterna sendo o mediador entre ambas as classes. A contradição é uma característica presente em países industrializados assim como os altos índices de pauperismo na zona urbana.O processo de desenvolvimento do Serviço Social no mundo.



Figura ;3
A emergência e institucionalização do Serviço Social como especialização do trabalho ocorre nos anos 20 e 30, sob influênciacatólica européia. Com ênfase nas idéias de Mary Richmond e nos fundamentos do Serviço Social de Caso, a técnica está a serviço da doutrina social da Igreja.
Nos anos 40 e 50 o Serviço Social brasileiro recebe influência norte-americana. Marcado pelo tecnicismo, bebe na fonte da psicanálise, bem como da sociologia de base positivista e funcionalista/sistêmica. Sua ênfase está na idéia de ajustamentoe de ajuda psico-social. Neste período há o início das práticas de Organização e Desenvolvimento de Comunidade, além do desenvolvimento das peculiares abordagens individuais e grupais. Com supervalorização da técnica, considerada autônoma e como um fim em si mesmo, e com base na defesa da neutralidade científica, a profissão se desenvolve através do “Serviço Social de Caso”, “Serviço Social deGrupo” e “Serviço Social de Comunidade”.
Nos anos 60 e 70 há um movimento de renovação na profissão, que se expressa em termos tanto da reatualização do tradicionalismo profissional, quanto de uma busca de ruptura com o conservadorismo. O Serviço Social se laiciza e passa a incorporar nos seus quadros segmentos dos setores subalternizados da sociedade. Estabelece interlocução com as CiênciasSociais e se aproxima dos movimentos “de esquerda”, sobretudo do sindicalismo combativo e classista que se revigora nesse contexto.






Dados discutidos na aula referente ao tema 1.

Figura; 4
Oprocesso de produção capitalista, ambos buscam interesses divergentes, porem eles são imprescindíveis um ao outro, embora se oponham e viviam em conflito permanente.
O trabalhador vende a sua força de trabalho ao empregador ,mas é o capital que se apropria da riqueza social produzida pelo conjunto dos trabalhadores.
O processo é continuo ,ele produz o lucro que é extraído daquela parte dotrabalho que o trabalhador não recebe .É o lucro que vai para o capitalista .
A mercadoria é fruto da relação entre o capital e o trabalho.A forma com que a mercadoria se apresenta ao comprador não deixa ver as condições de trabalho em que ela foi realizada nela está expressa a exploração social ,porem de forma oculta.Figura ;5
O serviço social na sociedade capitalista.
(O debate entre as perspectivas conservadoras e históricas crítica) de |Valéria Coelho de Omena disponível em: pt.scribd.com

O SERVIÇO SOCIAL NA SOCIEDADE CAPITALISTA: O DEBATE ENTRE AS PERSPECTIVAS CONSERVADORA E HISTÓRICA CRÍTICA.
A origem do Serviço Social está relacionada à evolução,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O serviço social na era dos serviços.
  • Resenha o serviço social na era dos serviços
  • Serviço social
  • Servico social
  • Serviço social
  • Serviço social
  • Serviço social
  • Serviço social

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!