serviço social na contemporaniedade

Páginas: 9 (2229 palavras) Publicado: 20 de outubro de 2014
Após a reforma Luterana, a prática da assistência passou por diversas alterações. O processo de

institucionalização e de legitimação do Serviço Social desvencilha suas origens da Igreja, contudo não

supera o avanço conservador, quando o Estado passa a gerir prioritariamente a política de assistência,

efetivado direta ou indiretamente pelas instituições por ele criadas ou a eleassociadas. A assistência deixa

de ser um serviço prestado exclusivamente pelas instituições privadas, tendo novos parceiros como o

Estado e o empresariado.

A chamada “questão social” manifesta­se por meio de vários problemas sociais (fome, desemprego,

violência e outras) que exigem do Estado e do empresariado uma ação mais efetiva e organizada.

Criou­se então a sociedade da Organização daCaridade, responsável por atender as questões sociais e

controlar as manifestações da classe trabalhadora.

A Sociedade de Organização da Caridade torna­se no final do século XIX, a instituição de maior parte no

âmbito da assistência social, tornando­se necessário a criação de curso de formação de visitadores

voluntários.

As escolas de formação profissional multiplicam­se, “ao final daII Guerra Mundial já se encontravam em

funcionamento cerca de duzentas escolas distribuídas pela Europa, pelos Estados Unidos e pela América

Latina, onde se instalaram a partir de 1925” (Martinelli, 2000, p.108).

Em meados de 1960, surge um momento importante no desenvolvimento do Serviço Social como

profissão. É a primeira crise ideológica em algumas escolas de Serviço Social, com oaparecimento, na

América Latina, da proposta de transformação da sociedade, em substituição à desenvolvimentista

adotada até o momento. Nessa década, o mundo passa por grandes transformações, especialmente na

América Latina, com a Revolução Cubana que, criticando as estruturas capitalistas, mostra­se ao

continente como alternativa de desenvolvimento, libertando­se dos Estados Unidos. Égrande o

inconformismo popular com o modelo de desenvolvimento urbano industrial dominante.

O Movimento de Reconceituação do Serviço Social, iniciado na década de 1960, representou uma tomada

de consciência crítica e política dos assistentes sociais em toda a América Latina, não obstante, no Brasil

as condições políticas em que ele ocorreu trouxeram elementos muito diversos dostraçados em outros

países. As restrições da Ditadura Militar, principalmente depois do Ato Institucional no 5 (Barros, 1997,

p.42), trouxeram elementos importantes nos rumos tomados pelo Serviço Social em seu processo de

renovação.

A partir dos anos 80, as mudanças ocorridas na profissão foram pautadas na necessidade de conhecer e

acompanhar as transformações econômicas, políticas esociais do mundo contemporâneo e da própria

conjuntura do Estado e do Brasil. As duas últimas décadas do século XX foram determinantes nos novos

rumos acadêmicos, políticos e profissionais para o Serviço Social. No País, as intensas e crescentes

manifestações de expressões da questão social, decorrentes das inúmeras crises econômicas e políticas,

exigiram da profissão sua adequação a essasdemandas sociais. Esse período marca profundamente no

país o desenvolvimento da profissão por meio de um dos seus momentos importantes que é a recusa e a

crítica do conservadorismo profissional. Foi implantado, na década de 1990, o Projeto Ético­Político do

Serviço Social, fruto de uma organização coletiva e de uma busca de maturidade que possibilita à

profissão a formular respostasqualificadas frente à questão social.

Trata­se de um projeto que, para Neto (2000, p.104), é um “[...] processo em contínuos desdobramentos,

flexível, contudo sem descaracterizar seus eixos fundamentais”.

A construção coletiva desse projeto profissional aglutinou assistentes sociais de todos os segmentos e

materializou­se no Código de Ética Profissional do Assistente Social, aprovado...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Serviço social na contemporaniedade
  • serviço social na contemporaniedade
  • o serviço social em 80 e na contemporaniedade
  • Resenha critica serviço social na contemporaniedade iamamoto
  • o enfrentamentoda questão social na contemporaniedade
  • O enfrentamento da questão social na contemporaniedade
  • O serviço social na era dos serviços.
  • Resenha o serviço social na era dos serviços

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!