Senhor

Páginas: 6 (1341 palavras) Publicado: 8 de agosto de 2013
Introdução

Neste tema iremos investigar sobre a procura, analisando os princípios básicos da escolha e do comportamento do consumidor. Veremos como é que o processo da escolha, por parte dos indivíduos, de um conjunto de bens de consumo que eles preferem explica padrões definidos da procura de mercado, e aprenderemos a quantificar os benefícios que cada um de nós extrai da nossa participaçãonuma economia de mercado.






































Teoria do Consumidor

Todos os dias tomamos inúmeras decisões sobre como aplicar o dinheiro e tempos escassos de que dispomos. Gastar o nosso rendimento hoje ou poupa-lo para o futuro? Ao combinar procuras e desejos concorrentes estamos a tomar as decisões que definem as nossas vidas.

Ateoria do consumidor trata do processo de tomada de decisão individual no sentido de satisfação dos desejos individuais em circunstâncias marcadas por restrições.

Uma restrição do orçamento do consumidor, identifica quais as combinações de bens e serviços que o consumidor pode comprar com um orçamento limitado a preços determinados.

Na explicação do comportamento do consumidor, a economiabaseia-se na premissa fundamental de que as pessoas tendem a escolher os bens e os serviços a que atribuem mais valor. Para descrever a forma como os consumidores escolhem entre as diferentes possibilidades de consumo, os economistas desenvolveram a noção de Utilidade. A partir da noção da utilidade, foram capazes de deduzir a curva da procura e explicar as suas propriedades.

O que entendemos por“Utilidade”? Numa palavra Utilidade significa satisfação. Mais precisamente, refere-se ao modo como os consumidores estabelecem a hierarquia dos diferentes bens e serviços.

Se para o fulano, o cabaz A tem maior utilidade do que o cabaz B, esta ordenação indica que o fulano prefere A a B. Muitas vezes é conveniente pensar na utilidade como o prazer subjectivo ou o proveito que uma pessoa tem aoconsumir um bem ou serviço. Mas devemos evitar claramente a ideia de que a utilidade é uma função psicológica, ou um sentimento preciso, que pode ser observado ou medido.

A utilidade é antes uma construção cientifica que os economistas empregam para explicar que forma os consumidores racionais dividem os seus recursos escassos de entre os bens finais que lhes proporcionam satisfação.

Nateoria da procura, dizemos que as pessoas maximizam a sua utilidade, o que significa que escolhem o conjunto de bens de consumo que mais lhes agrada.

Utilidade Marginal e Lei da Utilidade Marginal Decrescente

Como se aplica a utilidade à teoria da procura? Admitamos que o consumo da primeira unidade de um gelado lhe dá um certo grau de satisfação ou utilidade. Agora imagine que consuma umasegunda unidade. A sua utilidade total aumenta, porque a segunda unidade lhe dá alguma utilidade adicional. E o que aconteceria com uma terceira e uma quarta unidade do mesmo bem? Acabaria por, se comesse gelados suficientes, ficar doente em vez de aumentar a sua satisfação ou utilidade.

Lei da Utilidade Marginal Decrescente

A utilidade total aumenta com o consumo, mas aumenta a uma taxadecrescente, o que representa a utilidade marginal decrescente.

“A medida que o consumo de um bem ou serviço aumenta a utilidade marginal diminui”.

Principio da Igualdade das Utilidades Marginais, por Unidade Monetária para todos os Bens

A condição fundamental para que verifique a maximização da satisfação, ou utilidade, é o princípio equimarginal, de acordo com o qual um consumidor comrendimento fixo, sendo conhecidos os preços de mercado dos bens, atingirá a máxima satisfação, ou utilidade, quando a utilidade marginal da última unidade monetária dispendida em cada bem for exactamente igual à utilidade marginal da última unidade monetária despendida em qualquer outro bem.

Da Procura Individual à Procura do Mercado

A curva da procura de um bem, para a totalidade do...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Senhor
  • Senhor
  • Senhor
  • Senhor
  • Senhor
  • Senhor
  • Senhor
  • Senhor

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!