Seminário

Páginas: 7 (1623 palavras) Publicado: 13 de janeiro de 2015
Universidade Federal do Piauí
Departamento de Biologia
Disciplina Fisiologia Vegetal
Engenharia Agronômica
Prof. Dr. Nelson

ABSORÇÃ O E TRANSLOCAÇÃO DE SÓDIO E CLORO EM
P L A N TA S D E P I M E N T Ã O F E R T I L I Z A D A S C O M
N I T R O G Ê N I O E C U LT I VA D A S S O B E S T R E S S E S A L I N O

Hermeson Bezerra da Silva
Jose Washington Alves Junior
Leonardo Dias Barbosa Local
Estado de Novo México, EUA
Universidade do Estado do Novo México

Autores
Magdalena Villa Castorena
Ernesto A. Catalán Valencia
Marco A. Inzunza Ibarra
April L. Ulery

Objetivo do estudo
Determinar os efeitos das dose de N e da

salinidade do solo sobre a absorção, o transporte
e a concentração de Na+ e Cl, e sobre a relação
K:Na nas raízes e folhas através do ciclode
desenvolvimento da pimenta.

Cloro
Cloro é essencial para a planta.
Micro nutriente móvel. Atua na fotossíntese.
Ocorrência em forma de íon na forma de cloreto.
Não se tem noticias de carência de cloro em

condições de campo.
Altas concentrações de cloro causa toxidade a
planta. (queimaduras e necrose das folhas e
diminuição da fotossíntese).

Sódio
Essencial para ometabolismo.
Toxicidade é associada a ruptura da membrana

celular.
Alta concentração move os íon de cálcio da
membrana celular da raiz e altera sua
permeabilidade. (Saída de K e entrada de Na).

Salinidade
É um problema que aumenta anos após ano, em

regiões áridas e semiáridas do mundo.
K:Na na folha é um indicador de salinidade.
A absorção e ou transporte de Na+ e Cl varia deespécie para espécie ou cultivar. Ex: Pimenta
(Capsicum annuum L.) é moderadamente
sensível.

Experimento
Cultivar

de pimenta da espécie Capsicum
annuum, tipo Anaheim, mais conhecida como
pimentão da Califórnia.
Plantas desenvolvidas em estufas, em vasos
contendo solo franco arenoso.
Inicio do experimento, 29 de março de 2005
Final do experimento, 9 de novembro de 2005 Experimento
Fatorial com Delineamento em blocos casualizados

(DBC)
Com três tipos diferentes de adubação, três níveis
de salinidades com 9 repetições.
Adubação de N: 80, 140 e 200 Kg/ha
Níveis de salinidades: 1,3, 3,5 e 5,5 dS/m
As doses de N corresponderam a 2,1, 3,7 e 5,4 g
por
vaso,
determinando
uma
densidade
populacional de 37 000 plantas/ha.

Experimento
Adubação feita emquatro doses. No dia do

transplante, 15, 35 e 65 após o plantio.
Fonte de salinidade NaCl e CaCl2, aplicada um
dia antes do transplante na ordem de 1:1.
Transplantadas com 15 cm, 50 dias após o
plantio.
vasos de polietileno preto com 15 L e 20 kg de
solo franco arenoso.
Irrigada diariamente com água deionizada.

Montagem do experimento
80 Kg/ha

140 Kg/ha

200 Kg/ha

Bloco I1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

Bloco II

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

Bloco III

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

Bloco IV

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

Bloco V

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

Bloco VI

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

Bloco VII

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

Bloco
VIII

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

Bloco IX

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m

3,5 dS/m

5,5 dS/m

Saco mágico

Montagem do experimento
80 Kg/ha

140 Kg/ha

200 Kg/ha

Bloco I

3,5 dS/m

5,5 dS/m

1,3 dS/m...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Seminário
  • seminario
  • Seminário
  • seminario
  • Seminário
  • seminarios
  • seminario
  • Seminário

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!