Seminário terapia ocupacional

Páginas: 21 (5209 palavras) Publicado: 20 de abril de 2011
Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v.13, n. 3, p.127-34, set./dez. 2002.

CONTRIBUIÇÕES DA ABORDAGEM CANADENSE “PRÁTICA DE TERAPIA OCUPACIONAL CENTRADA NO CLIENTE” E DOS AUTORES DA DESINSTITUCIONALIZAÇÃO ITALIANA PARA A TERAPIA OCUPACIONAL EM SAÚDE MENTAL CONTRIBUTIONS OF THE CANADIAN’S APPROACH “CLIENT-CENTERED OCCUPATIONAL THERAPY” AND OF THE ITALIAN’S DEINSTITUTIONALIZATION AUTHORS FOR THEOCCUPATIONAL THERAPY IN MENTAL HEALTH
Elisabete Ferreira Mângia*

MÂNGIA EF. Contribuições da abordagem canadense "prática de Terapia Ocupacional centrada no cliente" e dos autores da desinstitucionalização italiana para a terapia ocupacional em saúde mental. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo, v.13, n.3, p.127-34, set./dez. 2002.

RESUMO: A construção de novos modelos para a terapia ocupacional emsaúde mental se processa em diálogo com o contexto das proposições da Política de Saúde Mental e especialmente com a implementação dos serviços substitutivos. Neste artigo, partindo das proposições da “Terapia Ocupacional Centrada no Cliente” e dos autores da Desinstitucionalização Italiana, buscamos construir um diálogo que possa orientar a adoção de referenciais e diretrizes para as açõestécnicas da área. Como pontos centrais de uma nova orientação destacamos: 1. A centralidade da pessoa e do processo de construção/reconstrução de histórias de vida; 2. O novo tipo de relação cliente-terapeuta-serviço; 3. O deslocamento do locus da ação da instituição para o território e para as situações da vida real; 4. A nova concepção de projeto terapêutico e a ruptura com a tradicional separaçãoentre prevenção, tratamento e reabilitação; 5. A importância da definição de metas significativas, construídas, explicitadas e compartilhadas com os usuários; 6. O estabelecimento de critérios avaliativos e o desenvolvimento da avaliação continuada dos processos. DESCRITORES: Terapia ocupacional/tendências. Terapia não dirigida. Terapia ocupacional/ recursos humanos.

processo de formalização dosdiscursos e da busca de legitimidade da Terapia Ocupacional, enquanto área de produção de saber, tem ocorrido no contexto do diálogo com a diversidade de experiências e proposições presentes nas transformações das Políticas de Saúde,

O

nas formas de ver e dizer sobre a experiência do adoecimento e da deficiência, na projeção dos usuários dos serviços como sujeitos de direito, nastransformações do ensino e da pesquisa, dentre outros aspectos (MÂNGIA, 1999). Neste trabalho caracterizamos as proposições da

Profª Drª Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional da FMUSP. Endereço para correspondência: Rua Cipotânea, 51, Cidade Universitária, São Paulo. CEP 05360-160. e-mail: centroto@edu.usp.br

*

127

MÂNGIA, E. F. Contribuições da abordagem. Rev. Ter.Ocup. Univ. São Paulo, v.13, n.3, p.127-34, ago./dez., 2002.

“Terapia Ocupacional Centrada no Cliente” e dos autores da Desinstitucionalização Italiana, que tem nos orientado no contexto da produção de ações de uma nova Terapia Ocupacional no campo da reforma psiquiátrica. Nossa intenção é a de, no diálogo com essas experiências e proposições, fazer emergir um conjunto de diretrizes queconsideramos válidas para orientar nossa prática atual. A Terapia ocupacional centrada no cliente No Canadá, a consolidação teórico-técnica da profissão esteve relacionada a um grande esforço coletivo, coordenado pela Associação Canadense de Terapeutas Ocupacionais, como resposta às pressões sociais e governamentais ligadas à necessidade de estabelecimento de parâmetros que pudessem aferir o impacto e aqualidade dos serviços oferecidos por terapeutas ocupacionais e justificar sua inserção no contexto da reestruturação dos sistemas locais de saúde, especialmente, buscando definir as ações financiáveis pelos recursos públicos. A discussão sobre o controle dos gastos e aumentos dos custos dos serviços de saúde, a pressão dos consumidores por melhorias dos serviços e controle dos cuidados...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Terapia ocupacional
  • Terapia ocupacional
  • Terapia Ocupacional
  • Terapia ocupacional
  • Terapia ocupacional
  • Terapia Ocupacional
  • TERAPIA OCUPACIONAL
  • Terapia ocupacional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!