sem padecer no paraiso

Páginas: 15 (3543 palavras) Publicado: 14 de março de 2014
FACULDADE UNIÃO ARARUAMA DE ENSINO




DANIELLE DE SOUZA DE SANTANA



RESUMO E FICHAMETO DO LIVRO: SEM PADECER PARAÍSO/ EM DEFESA DOS PAIS OU SOBRE A TIRANIA DOS FILHOS.












Araruama
2013
DANIELLE DE SOUZA DE SANTANA


RESUMO E FICHAMENTO:
SEM PADECER PARAÍSO/ EM DEFESA DOS PAIS OU SOBRE A TIRANIA DOS FILHOS.




Resumo e fichamentoapresentado ao Curso de Pedagogia da Faculdade União Araruama de Ensino,como parte dos requisitos para obtenção de nota para AV2 do 2º período.

 
Orientador: Professora:Tânia







.
Araruama
2013
SUMÁRIO

I. INTRODUÇÃO............................................................4
1.1 CAPITÚLO II: A QUESTÃO DARELAÇÃO PAIS- FILHOS HOJE ...........5
1.2. CAPITÚLO III:OS PAIS E A LITERATURA SOBRE EDUCAÇÃO........... 5
1.3.CAPITULO IV:AUTORIDADE X AUTORITARISMO...................................6
1.4. CAPITÚLO V: DEMOCRACIA,LIBERALISMO E LIBERDADE.................. 6
1.5.CAPITULO VII:COMO SE SENTEM OS PAIS – DEPOIMENTOS...............7
1.6.CAPITULO VIII:O QUE PENSAM VERDADEIRAMENTE OS PAIS..........8.1.7.CAPITULO IX:CONRRESPONDÊNCIA NO PARAISO.........8
2.1. FICHAMENTO DOCAPITULO VI:CULPA-UM PROBLEMA A SER DISCUTIDO....9
BIBLIOGRAFIA.............................................13












I. INTRODUÇÃO
1.1 CAPITÚLO II: A QUESTÃO DA RELAÇÃO PAIS- FILHOS HOJE
Muitos dos pais hoje encontram diversas dificuldades para estabelecer limite para os seus filhos ,não sabem comolidar com as condições imposta por eles que ainda nada entende sobre o que e viver realmente.
A atenção e o respeito que devem ser dados à criança não podem provocar uma inversão na ordem das gerações entre pais e filhos. Esse é o pior exemplo que um pai pode dar á seu filho.
Os pais precisam colocar limites para seus filhos crescerem. A criança é um ser com umaquantidade enorme de energia, que precisa, desde cedo, ser bem canalizada. Ela precisa aprender a gerenciar essa energia adequadamente e, para tanto, precisa de um enquadramento e um direcionamento que, principalmente, aos pais cabe dar.

Não menosprezemos nossos filhos.Sejamos firmes,mas não idelicados.Seguros,não agressivos.Apenas isso.Reocupemos o espaço necessário a que duas personalidadesconvivam.Nunca uma ou somente uma.Esteja certo: nenhuma das modernas teorias da Educação ou Psicologia pretendeu,em nenhum momento,sujeitar os pais a caprichos sem fundamentos dos filhos,nem transformar os adultos em meros executores dos desejos das crianças.(Tania Zagury,1997,p.29)

Hoje em dia, também é muito comum ouvirmos que pais e mães precisam ser amigos de seus filhos,mas épreciso ter cuidado com a inversão de ordem.
É muito importante que pais e mães possam ser amigos de seus filhos, mas, antes de qualquer outra coisa, por amor a seus filhos, os pais têm o dever de educá-los, de colocar limites, estabelecer proibições. O que se espera de pais amigos de seus filhos, inclusive o que os próprios filhos precisam são de pais e mães mais próximos, mais disponíveis,abertos a escutá-los, a discutir e orientá-los naquilo que eles lhes solicitarem, ou naquilo que os pais entenderem necessário fazê-lo. Mas, precisam igualmente de pais que saibam dizer não, estabelecer o que é certo e o que é errado, e quais os limites que precisam ser seriamente respeitados
Não quer disser que somente os pais do passado sabiam educar seus filhos,mas a maioria dos paisde hoje tem deixado seus filhos controlar tudo,perdendo o principio de pais e filhos.
1.2. CAPITÚLO III:OS PAIS E A LITERATURA SOBRE EDUCAÇÃO
Os pais se sentem coagidos ,pois os livros revistas e artigos valorizam de mas os aspectos psicológicos da criança ,praticamente ignorando os aspectos entre pais e filhos.E os pais não se sentem confortável nessa situação.
Uma...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Paraiso
  • Paraíso
  • PARAISO
  • O paraíso
  • Paraiso na terra
  • O PARAÍSO DESTRUÍDO
  • Paraísos fiscais
  • o paraiso destruido

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!