scdf

Páginas: 10 (2278 palavras) Publicado: 25 de julho de 2013


CENTRO UNIVERSITARIO INTERNACIONAL UNINTER


CHARLENE SOUZA M. CABRAL RU: 763485 TURMAS DE 2012 PEDAGOGIAS
IVANILDE SILVIA ARAÚJO BORGES RU: 731583 TURMAS DE 2012 PEDAGOGIAS
LAURA CARVALHO DE ARAÚJO RU: 740898 TURMAS DE 2012 PEDAGOGIAS
MARLETE COSTA RU: 750067 TURMAS DE 2012 PEDAGOGIAS







RELATÓRIO DE ESTAGIO UTA – CORPOREIDADE E INCLUSÃOALTAMIRA-PA
2013


CENTRO UNIVERSITARIO INTERNACIONAL UNINTER


CHARLENE SOUZA M. CABRAL RU: 763485 TURMAS DE 2012 PEDAGOGIAS
IVANILDE SILVIA ARAÚJO BORGES RU: 731583 TURMAS DE 2012 PEDAGOGIAS
LAURA CARVALHO DE ARAÚJO RU: 740898 TURMAS DE 2012 PEDAGOGIAS
MARLETE COSTA RU: 750067 TURMAS DE 2012 PEDAGOGIAS






RELATÓRIO DE ESTAGIO UTA – CORPOREIDADE E INCLUSÃORelatório de Observação da Educação Especial apresentado a UTA – Corporeidade e Inclusão, no curso de Pedagogia a Distância do Centro Universitário Internacional Uninter. Tutor Local: Jackson José Centro Associado: AltamiraALTAMIRA-PA
2013


SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO------------------------------------------------------------------------------ 03
2. DESENVOLVIMENTO--------------------------------------------------------------------04
3. CONSIDERAÇÕESFINAIS--------------------------------------------------------------05
4. REFERENCIAS------------------------------------------------------------------------------06



















1. INTRODUÇÃO
Quantas vezes a palavra educação inclusiva “possível” ressoou em nossos ouvidos e mentes, em sua melhoria tolhendo suas versões futuras e mentes, quebrando regras tradicionais preconceituosas anulando planos ultrapassados aderimos asnovas leis e aos projetos novos e os viabilizando um novo olhar.
Quando nos referimos as necessidades especiais de tantos que ainda estão em carência de atendimentos especializados e em ser regular para nós educadores que vivermos está experiência no dia a dia foi muito importante para colaborar com nossa vivencia da escola da criança que está o dia a dia em nossa sala de aula e em nossa família.
Ainclusão tem sido visto como um desfio para as novas gerações, que estão nas faculdades e em formação, também em sala de aula, que pretende tornar inclusão algo efetivo e com bons resultados, apesar disso no atual contexto educacional ainda predomina a falta de compromisso dos governos em ampliar este atendimento
A escola ainda não está preparada pra receber os alunos especiais para nos foi muitoimportante esta experiência por poder conhecer estes ambientes e nos familiarizar com esta experiência tão boa e enriquecedora pois estamos buscando adquirir conhecimento para a nossa formação este trabalho apresenta dados coletados durante a nossa semana de estágio na instituição de ensino, em vista disso buscamos colaborar com os professores, durante estes momentos de experiência.
Objetivo doestagio
Analisar as implicações didáticos-pedagógicos, o planejamento, o conteúdo, o método e a avaliação no processo de inclusão.
Identificar os procedimentos e recursos materiais adaptados as necessidades educativas especiais.
Desenvolver atitudes de professor-pesquisador como agente observador e reflexivo.
2. CONCEPÇÃO PEDAGÓGICA DA ESCOLA ESTAGIADA
A escola possui regimento escolarassociação de Pais e Mestres e o ppp atualizando e visando favorecer seus trabalhos escolares com o corpo docente e discente e toda sua comunidade escolar envolvida neste contexto. A política escolar envolvido neste contexto, a política escolar e de atender todas as crianças principalmente aqueles que mais necessitam do atendimento, oferecendo um ambiente apropriado e acolhedor. Para que está se...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!