Santo Tomás de Aquino: Justiça e Sinderese

Páginas: 22 (5251 palavras) Publicado: 26 de outubro de 2013
SANTO TOMÁS DE AQUINO: JUSTIÇA E SINDERESE

1. Filosofia Tomista
A filosofa de São Tomás de Aquino (1225-1274) tem como características principais de um lado forte influência dos sagrados escritos e por outro lado pensamento aristotélico, porém alguns pensamentos filosóficos, tais como os de Dionísio , Boécio , Albergo , Magno, Averróis, Santo Agostinho, entre outros. Com a influênciarecebida pelo aristotelismo a lição tomista torna-se notadamente formas peculiares as de Aristóteles principalmente no que se dizem respeito a temas tais como: metafísicos, teológicos, políticos e sociais. Na realidade tomista a justiça é estudada minuciosamente, a cada detalhe , a cada conceito. E o estudo do conceito de direito e justiça envolvem interesses dos próprios homens, então evidenciamosconforme o texto que a influência do aristotelismo e da jurisprudência romanos só contribuíram para são tomas de Aquino como problema ligado a ação humana, entretanto vale ressaltar a preocupação de são tomas de Aquino com a lei divina. A justiça como afirma Miguel Reale. Estudar a justiça nessa teoria é debruçar-se sobre três acepções do termo lex uma no sentido humano, outra no sentido natural ,outrano sentido divino.
Entretanto, os autores procuram demonstrar como estas três dimensões da noção de “lei” podem ser vista de modo mais amplo em Tomás de Aquino. Ou seja, na teoria tomista a preocupação com a “razão prática”, o modo como os homens agem no cotidiano e a com a “ética”, o modo como naturalizam essa prática, tornando-a um hábito.
Vale ressaltar também que Deus lança o homem comomotor universal, imóvel para que sua vontade siga no caminho do bem, dessas relações de governo do homem surge à lei natural. São Tomás de Aquino trata da questão da Justiça, do seu conceito e da origem do nome, trazendo suas teorias influenciadas pelo filósofo grego Aristóteles e de seus princípios éticos. A palavra ético origina-se do grego éthos que significa hábito, indicando que a justiça é umavirtude, na medida que sua prática seja um hábito, um comportamento repetido que leva o indivíduo para a prática do bem. A justiça também consiste em dar a cada um o que lhe pertence, nem mais, nem menos, todavia diante da problemática de se saber o que é próprio a cada pessoa, Tomás de Aquino define esta questão colocando a justiça como um ato habitual de dar, com vontade perpétua e constante.Sendo assim, é preciso compreender como Tomás de Aquino concebe o homem, para então compreender como atribui ao homem um conjunto de características que o diferencia dos demais animais. Ou seja, é preciso entender sua antropologia filosófica.
O que é o homem? O que é “natureza humana”? Em primeiro lugar, para Tomás de Aquino o homem é constituído de uma parte material, o “corpo” e uma parteimaterial, a “alma”: o primeiro é perecível e o segundo é incorruptível; “sendo a primeiro perecível, colabora para o aperfeiçoamento da alma”, esta por sua vez, dotada de uma capacidade intelectual. Este dualismo clássico fundamenta a antropologia especulativa de Tomás de Aquino.
Porém, não basta dizer que o homem possui “alma”. Esta preencheria não apenas a vida dos homens, mas também dos animais evegetais. Seria preciso compreender os “graus diferenciados de alma”, compreender sua potencias e faculdades diferenciadas. Desse modo, os homens possuiriam uma “alma” diferenciada, que os distinguiriam dos demais seres. Como é concebido esta classificação da alma? De que modo é construída esta escala natural?

2. Sinderese e Hábito
Para Tomás de Aquino, há três escalas ou níveis diferentes dealma: há uma “alma vegetal”, que executaria as tarefas fisiológicas sem, entretanto, conhecer a forma e o fim de sua existência, o que implica dizer que não é dotada de “razão” (os vegetais); outro nível de alma seria a “sensitiva”, que executariam a forma do agir, diferenciando num grau à vegetativa; e por fim, a “alma intelectual”, inerente ao homem, concebido como “animal racional”.
É...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Santo Tomás de Aquino
  • ATIVIDADE SOBRE SANTO TOMÁS DE AQUINO: JUSTIÇA E LIBERDADE
  • Antropologia filosófica de Santo Tomás de Aquino: o conceito de "justiça".
  • DA JUSTIÇA
  • Santo Tomas de Aquino
  • Santo tomas de aquino
  • Santo agostinho e tomás de aquino
  • Santo tomas de aquino

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!