Sahlins, marshal. o “pessimismo sentimental” e a experiência etnográfica: porque a cultura não é um “objeto” em via de extinção.

Páginas: 4 (753 palavras) Publicado: 14 de maio de 2013
SAHLINS, Marshal. O “pessimismo sentimental” e a experiência etnográfica: Porque a cultura não é um “objeto” em via de extinção. Rio de Janeiro: UFRJ, v. 3, n. 1 e 2, 1997.

O texto de MarshallSahlins procura, basicamente, fazer uma crítica aqueles que apontam que a Antropologia e seu principal objeto de estudo, a cultura, estão em vias de extinção. O autor começa então a descrever em seutexto, o que ele chama de “pessimismo sentimental”, ao mostra que a Antropologia começa a estudar objetos – nesse caso, os povos “primitivos” e suas “culturas” – quando estes já estavam sendo extintos.Ele, simplificando, enxerga o processo de contato de diferentes culturas (capitalista e “primitiva”) como uma forma de “intensificação cultural”. Ou seja, as sociedades tendem a se ajustar, a seadaptar, às novas condições das estruturas já existentes no sistema cultural que começam a ter contato. Sendo assim, ao invés de perder o aspecto das suas culturas, esses povos passam a modificá-los deforma que fiquem mais intensos.
“Tudo que se pode hoje concluir a respeito disso é que não conhecemos a priori o poder que os povos indígenas têm de integrar culturalmente as forças irresistíveis doSistema Mundial” (SAHLINS, p. 64).
Podemos perceber que o autor defende a idéia de cultura como objeto da Antropologia, e toda a sua capacidade de se adequar as forma do sistema no contato comdiferentes concepções estruturais.
Diferentemente de vários outros autores e teóricos, Marshall Sahlins não enxergar o capitalismo como o grande bode expiratório que vai destruir as culturas dos outrospovos nativos. Ele enxerga o capitalismo como um novo fator que vai agir na transformação das culturas que estão no processo de renovação e reestruturação.
Sahlins, de certa maneira, quebra a idéiade um sistema mundial burguês que domina os outros povos “inferiores” através da imposição de sua superioridade cultural e econômica. Ele afirma que as culturas e os povos considerados primitivos e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O ‘pessimismo sentimental’ e a experiência etnográfica: porque a cultura não é um ‘objeto’ em via de...
  • O “PESSIMISMO SENTIMENTAL” E A EXPERIÊNCIA ETNOGRÁFICA:POR QUE A CULTURA NÃO É UM “OBJETO”EM VIA DE...
  • Cultura por Marshal Sahlins
  • PESSIMISMO SENTIMENTAL/Marshall Sahlins e Clifford Geertz
  • resenha pessimismo sentimental
  • Resenha Pessimismo Sentimental pt
  • Porque Sim! Porque Não!
  • Marshall sahlins

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!