SA DAS DE EMERG NCIA 3

Páginas: 12 (2945 palavras) Publicado: 4 de junho de 2015
SAÍDAS DE EMERGÊNCIA

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA
É o caminho contínuo, devidamente protegido, proporcionado por portas,
corredores, halls, passagem externas, balcões, escadas, rampas, ou outros
dispositivos de saída ou combinações destes, a ser percorrido pelo usuário,
em caso de um incêndio de qualquer ponto da edificação até atingir a via
pública ou espaço aberto, protegido do incêndio.

SAÍDAS DEEMERGÊNCIA
OBJETIVO
Estabelecer os requisitos mínimos necessários para o
dimensionamento das saídas de emergência para que a
população possa abandonar a edificação, em caso de incêndio
ou pânico, completamente protegida em sua integridade física,
e permitir o acesso de guarnições de bombeiros para o combate
ao fogo ou retirada de pessoas.

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA
Devem atender
Instrução Técnica nº11/2011 - Saídas de emergência
NBR 9077 - Saídas de emergências em edifícios.
NBR 11742 - Porta corta-fogo para saídas de emergência

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA
PROCEDIMENTOS
Classificação das edificações
São classificadas, quanto à ocupação e à altura, conforme o Regulamento de
Segurança contra incêndio.
Componentes da saída de emergência
A saída de emergência compreende o seguinte:
• Acessos;
• Rotasde saídas horizontais, quando houver, e respectivas portas ou espaço
livre exterior, nas edificações térreas;
• Escadas ou Rampas;
• Descarga.

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA
Acessos
Os acessos devem satisfazer às seguintes condições:
• Permitir o escoamento fácil de todos os ocupantes da edificação;
• Permanecer desobstruídos em todos os pavimentos;
• Ter pé-direito, mínimo de, 2,5 m, com exceção deobstáculos representados por
vigas, vergas de portas e outros, cuja altura mínima livre deve ser de 2 m;
• Ser sinalizados e iluminados com indicação clara do sentido da saída, de acordo
com o estabelecido na IT 18/11 e IT 20/11 Iluminação e Sinalização de
emergência;
• Os acessos devem permanecer livres de quaisquer obstáculos, de forma
permanente, mesmo quando o prédio esteja supostamente fora deuso.

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA
Rotas
Nas rotas de fuga não se admite porta de enrolar, exceto quando esta for utilizada
com a finalidade de segurança patrimonial da edificação, devendo permanecer
aberta durante todo o transcorrer dos eventos, mediante compromisso do
responsável pelo uso, através de termo de responsabilidade das saídas de
emergência, conforme IT 01/11 - Procedimentos administrativos.Nesse caso,
havendo, internamente, portas de saídas na rota de fuga, estas devem abrir
no sentido de fuga e serem dotadas de barra anti-pânico.

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA
Escadas
As escadas, rampas e descargas são dimensionadas em função do pavimento
de maior população, o qual determina as larguras mínimas para os lanços
correspondentes aos demais pavimentos, considerando-se o sentido da saída.
Emqualquer edificação, os pavimentos sem saída em nível para o espaço livre
exterior devem ser dotados de escadas, enclausuradas ou não.

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA
Escadas: (Generalizadas)
Em qualquer edificação, os pavimentos sem saída em nível para o espaço livre
exterior devem ser dotados de escadas, enclausuradas ou não, as quais devem:
• Ser constituídas com material estrutural e oferecer resistencia aofogo de
compartimentação incombustível, conforme IT 08/11 – Resistência ao fogo dos
elementos de construção, quando não enclausuradas;
• Atender às condições específicas estabelecidas na IT 10/11 – Controle de
materiais de acabamento e de revestimento utilizados na escada;
• Ser dotadas de guardas corpo em seus lados abertos
• Ser dotadas de corrimãos em ambos os lados;

SAÍDAS DE EMERGÊNCIAEscadas: (Generalizadas)
• Ser dotadas de guardas corpo em seus lados abertos
• Ser dotadas de corrimãos em ambos os lados;

SAÍDAS DE EMERGÊNCIA
Escadas: (Generalizadas)
O comprimento dos patamares deve ser:
• dado pela fórmula: p = (2h + b) n + b onde n é um número inteiro (1, 2 ou 3),
quando se tratar de escada reta, medido na direção do trânsito;
• no mínimo, igual à largura da escada quando há...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Relat rio de Irregularidades da sa da de emerg ncia da sala
  • TCA Depend Ncia 3 Etapa Elo Sa
  • ENFERMAGEM NAS URG NCIAS E EMERG NCIAS
  • PSICOLOGIA DAS EMERG NCIAS
  • Modelo De Plano De Emerg Ncia
  • Psicologia das Emerg ncias e Desastres
  • Plano De Emerg Ncia
  • Emerg Ncias M Dicas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!