Saúde

Páginas: 5 (1102 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2014
Sa?de

Canguilhem (apud BR?TAS e GAMBA, 2006) considera que, para a
sa?de, ? necess?rio partir da dimens?o do ser, pois ? nele que ocorrem
as defini??es do normal ou patol?gico (considerado normal em um
indiv?duo pode n?o ser em outro).

O ser humano precisa conhecer-se, necessita saber avaliar as
transforma??es sofridas pelo seu corpo e identificar os sinais expressos.

A sa?detorna-se a capacidade que o ser humano tem de gastar,
consumir a pr?pria vida. Entretanto, ? importante destacar que a vida
n?o admite a reversibilidade, ela aceita apenas repara??es.

Doen?a

N?o pode ser compreendida apenas por meio das medi??es
fisiopatol?gicas, pois quem estabelece o estado da doen?a ? o
sofrimento, a dor, o prazer, enfim os valores e sentimentos expressos
pelo corposubjetivo que adoece (CANGUILHEM; CAPONI apud
BR?TAS e GAMBA, 2006).

Constructo que guarda rela??o com o sofrimento, com o mal, mas n?o
lhe corresponde integralmente (EVANS & STODDART, 1990).

Quadros cl?nicos semelhantes, ou seja, com os mesmos par?metros
biol?gicos, progn?stico e implica??es para o tratamento, podem afetar
pessoas diferentes de forma distinta, resultando emdiferentes
manifesta??es de sintomas.
Hist?rico do Processo Sa?de-Doen?a

Na antiguidade, quando das religi?es polite?stas, acreditava-se que a
sa?de era d?diva e a doen?a castigo dos deuses, com o decorrer
dos s?culos e com o advento das religi?es monote?stas a d?diva da
sa?de e o castigo da doen?a passou a ser da responsabilidade de um
?nico Deus.

400 anos AC, Hip?crates desenvolve otratado ?Os Ares e os
Lugares? onde relaciona os locais da moradia, a ?gua para beber, os
ventos, com a sa?de e a doen?a. S?culos mais tarde, as popula??es
passam a viver em comunidade e a teoria miasm?tica toma lugar. Tal
teoria consiste na cren?a de que a doen?a ? transmitida pela inspira??o
de ?gases? de animais e fezes em decomposi??o.

Hist?rico do Processo Sa?de-Doen?a

Noentanto, ?ao final do s?culo XVIII, predominavam na Europa
como forma de explica??o para o adoecimento humano os
paradigmas socioambientais, vinculados ? concep??o
din?mica, tendo se esbo?ado as primeiras evid?ncias da
determina??o social do processo sa?de-doen?a.

Com o advento da Bacteriologia, a concep??o ontol?gica
firmou-se vitoriosa e suas conquistas levaram ao abandono dos
crit?riossociais na formula??o e no enfrentamento dos
problemas de sa?de das popula??es? (OLIVEIRA; EGRY,
2000).

Duas concep??es t?m marcado o percurso da Medicina
(MYERS e BENSON, 1992):

CONCEP??O
FISIOL?GICA

Iniciada por Hip?crates, explica as origens das
doen?as a partir de um desequil?brio entre as
for?as da natureza que est?o dentro e fora da
pessoa. Esta medicina, segundo Myers eBenson
(1992), centra-se no paciente como um todo, e no
seu ambiente, evitando ligar a doen?a a
perturba??es de ?rg?os corporais particulares.

Duas concep??es t?m marcado o percurso da Medicina
(MYERS e BENSON, 1992):

CONCEP??O
ONTOL?GICA

Ligada a uma forma de medicina que dirige os
seus esfor?os na classifica??o dos processos de
doen?a, na elabora??o de um diagn?sticoexato, procurando identificar os ?rg?os corporais
que est?o perturbados e que provocam os
sintomas.

Hist?rico do Processo Sa?de-Doen?a

A teoria microbiana passa a ter, j? nos fins do s?culo XIX,
uma predomin?ncia de tal ordem que, em boa medida, fez
obscurecer algumas concep??es que destacavam a
multicausalidade das doen?as ou que apontavam para os
fatores de ordem socioecon?mica,descritos por Hidden (1990).

Na atualidade, identifica-se o predom?nio da
multicausalidade, com ?nfase nos condicionantes individuais.
Como alternativa para a sua supera??o, prop?e-se a
articula??o das dimens?es individual e coletiva do processo
sa?de-doença
Hist?rico do Processo Sa?de-Doen?a

A base conceitual do movimento da medicina preventiva foi
sistematizada no livro de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Saude
  • Saude
  • Saude
  • saude
  • Saúde
  • Saude
  • saude
  • saude

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!