Saúde da mulher

Páginas: 6 (1390 palavras) Publicado: 25 de março de 2012
CENTRO UNIVERSITÁRIO DA BAHIA
Ana Paula Silva da Cruz
Mayara Cedraz
Rose Mary Santos Fernandes

ATENÇÃO DE ENFERMAGEM A SAÚDE DA MULHER II

SALVADOR
2011

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA BAHIA
Ana Paula Silva da Cruz
Mayara Cedraz
Rose Mary Santos Fernandes

CASO CLÍNICO

Trabalho em grupo apresentado a Faculdade de Ciências da Saúde, Centro Universitário da Bahia – FIB. Como requisitoparcial obrigatório para a disciplina de Assistência de Enfermagem a Saúde da Mulher II 6º semestre do Curso de Enfermagem do turno vespertino, sob a orientação da Professora Cosete

SALVADOR
2011

CASO CLÍNICO:

IDENTIFICAÇÃO: E.B.O., 25 anos, feminina, parda, natural de União dos Palmares, residente em São Paulo há 02 anos casada, do lar.

Q.D.: “Febre há 10 dias”

H.D.A.: Pacienterelata que em janeiro de 2009 foi diagnosticada gestação permanecendo sem alteração até o quarto mês, quando iniciou quadro de edema em membros inferiores, em piora progressiva e ascendente, dispnéia aos médios esforços e hipertensão arterial sistêmica. Procurou serviço de origem onde foi orientada dieta hipossódica e decúbito lateral esquerdo, obtendo descreta melhora da snitomatologia.

Nosétimo mês de gestação houve piora destes sintomas, apresentava-se com diminuição do volume urinário, dispnéia aos pequenos esforços, sendo diagnosticada pré-eclâmpsia e evoluindo desta forma para resolução do parto (parto cesária, com feto vivo, prematuro, baixo peso, pequeno para idade). Após dois dias do parto a paciente evoluiu para insuficiência renal e insuficiência repiratória tendo sido intubadae permanecendo na UTI por 3 dias, onde iniciou tratamento hemodialítico.

A dez dias da internação a paciente vinha apresentando febre ( 39 C), calafrios, mialgias, dispnéia aos medios esforços, astenia e hiporexia sendo encaminhada ao nosso serviço.

EXAME:

* CP = Sem queixas
* TORAX = Dispnéia aos médios esforços, palpitações.
* GU = Diminuição do volume urinario, disúria,poliúria.
* MENBROS = Sem queixas

A.P.:

* Aborto precoce espontâneo em 2008 sem acompanhamento posterior
* DHEG
* Nega: DM, pneumo/cardiopatias, cirurgias

H.Social

* Nega tabagismo, etilismo, uso de drogas
* Moradia em casa de alvenaria, saneamento básico adequado e ingesta de água filtrada.

H.Familiar:

* Avó materna HAS é cardiopata
* Pais e irmãsaudaveis

DIANTE DO EXPOSTO REPONDA:

1- Relate o que possivelmente aconteceu para que esta paciente desenvolvesse insuficiência respiratória e insuficiência renal após o parto, justifique.
2- Qual o possível motivo da febre atual?
3- A história abortiva pregressa é um valor preditivo? Por quê?
4- Ao iniciarem as sintomatolgias no 4º mês gestacional, a conduta de orientação foia mais correta? Justifique.

R-

5- Como deveria ter sido o acompanhamento pré-natal desta paciente? Relate características e passos.

R- Ser encaminhada para um pré-natal de alto risco, para um melhor acompanhamento dessa gestante, com uma equipe multidissiplinar. Ter maior número de consultas, realização de exames laboratórias e acompanhamento regular da pressão arterial.

6- Emnível de maternidade qual a conduta terapêutica e assistencial de enfermagem para essa paciente?

R-

PLACENTA PRÉVIA

1. CONCEITO
É a placenta que se insere parcial ou totalmente no segmento inferior do útero.
2. CLASSIFICAÇÃO
- P.P. Central Total: oclui totalmente o orifício interno do colo;
- P.P. Central Parcial: oclui parcialmente o orifício interno do colo;
- P.P. Marginal:placenta apenas margeia a borda do orifício interno do colo;
- P.P. Lateral: placenta de inserção baixa (zona perigosa de Barnes).
3. FATORES DE RISCO
Os principais fatores de risco conhecidos para placenta prévia são: história de placenta prévia em gestação anterior, cesárea ou aborto. O fumo ou uso de cocaína também são considerados como fatores de risco. A placenta prévia por si é um fator de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • saude da mulher
  • saude da mulher
  • Saúde da mulher.
  • saude da mulher
  • Saúde da mulher
  • Saúde da mulher
  • saude da mulher
  • Saude Da Mulher

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!