Saúde da mulher e do homem: uma análise das vantagens da prevenção e controle do câncer cérvico-uterino e prostático

Páginas: 18 (4487 palavras) Publicado: 14 de novembro de 2011
SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM: UMA ANÁLISE DAS VANTAGENS DA PREVENÇÃO E CONTROLE DO CÂNCER CÉRVICO-UTERINO E PROSTÁTICO

Lidiane Pereira de Almeida1
Márcia Marinho da Silva Pardim2
Ana Maria da Costa Teixeira Carneiro3

RESUMO: Este artigo trata de um estudo bibliográfico, onde objetiva-se verificar o avanço das políticas públicas em relação à saúde da mulher e do homem e enfatizar aimportância da prevenção e controle do câncer cérvico-uterino e prostático, mostrando assim, a importância em diminuir os fatores de risco e realizar os exames preventivos periodicamente.

Palavras-Chave: Saúde. Câncer. PCCU. PSA. Enfermagem.

1 INTRODUÇÃO

O câncer cérvico-uterino há décadas vem sendo alvo de atenção da comunidade científica por ocupar lugar de destaque nas elevadas taxasde morbidade e mortalidade entre a população feminina, especialmente nos países em desenvolvimento, nos quais esse tipo de câncer relaciona-se ao perfil epidemiológico das mulheres, à freqüência de risco e, sobretudo, ao grau de implementação de ações efetivas de curto e longo prazos em todos os níveis de atenção (FERNANDES, JANICAS E NARCHI, 2007, p 127).
O câncer de próstata énotadamente reconhecido como um problema de saúde pública, dado a sua magnitude no quadro de morbimortalidade masculina, já possuindo consenso entre órgãos oficiais sobre o seu controle e a sua prevenção (GOMES; REBELLO; ARAÚJO; NASCIMENTO, 2006).

________________________________
¹ Graduanda em Enfermagem ( FABIC).
² Graduanda em Enfermagem ( FABIC) .
³ Bacharel em Enfermagem (ITPAC) e Mestranda emCiências Ambientais (UNITAL).

2 REVISÃO DE LITERATURA

2.1 Saúde

A Organização Mundial de Saúde (OMS), diz que “Saúde é o estado do mais completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de enfermidade”. Conforme foi divulgado na carta de princípios de 7 abril de 1948 (Desde então o Dia Mundial da Saúde), implicando o reconhecimento do direito à saúde e daobrigação do Estado na promoção e proteção da saúde (SCLIAR, 2007, p 36 e 37).
De acordo com o Ministério da Saúde o Brasil o Sistema Único de Saúde (SUS) tem três esferas de atuação: federal, estadual e municipal. O nível federal tem principalmente, as atribuições de formular, avaliar e apoiar políticas; normalizar ações; prestar cooperação técnica aos Estados, ao Distrito Federal emunicípios; e controlar, avaliar as ações e os serviços, respeitadas as competências dos demais níveis. A direção estadual do SUS tem como principais atribuições promover a descentralização de serviços; executar ações e procedimentos de forma complementar aos municípios; prestar apoio técnico e financeiro aos municípios. À direção municipal do SUS compete, principalmente, a execução, controle, avaliação dasações e serviços das ações de saúde.

2.2 Saúde da mulher

Visando promover e proteger a saúde da mulher, criou-se então o Programa “Assistência Integral à saúde da Mulher: bases de ação programática” (PAISM) o qual foi elaborado pelo Ministério da Saúde e apresentado na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da explosão demográfica em 1983, a discussão se pautavapredominantemente sobre o controle da natalidade. O Ministério da Saúde teve um papel fundamental, pois influenciou no âmbito do Governo Federal e este por sua vez, se posicionou e defendeu o livre arbítrio das pessoas e das famílias brasileiras em relação a quando, quantos e qual o espaçamento entre os/as filhos/as.
O PAISM, enquanto diretriz filosófica e política, incorporou também, princípiosnorteadores da reforma sanitária, a idéia de descentralização, hierarquização, regionalização, equidade na atenção, bem como de participação social. Além disso, propôs formas mais simétricas de relacionamento entre os profissionais de saúde e as mulheres, apontando para a apropriação, autonomia e maior controle sobre a saúde, o corpo e a vida. Assistência, em todas as fases da vida, clínico...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A mulher ea prevenção do câncer de colo uterino
  • UMA ANÁLISE DA ADESÃO DAS GRADUANDAS EM ENFERMAGEM NA REALIZAÇÃO DA PREVENÇÃO DO CÂNCER CÉRVICO-UTERINO EM UMA...
  • Prevenção do câncer do colo uterino
  • Controle de câncer de colo uterino
  • A IMPORTÂNCIA DA PREVENÇÃO ASSOCIADA AO DESENVOLVIMENTO DE CÂNCER DE COLO UTERINO EM MULHERES
  • Prevenção de câncer de mama e colo uterino
  • Exame de prevenção de câncer de colo uterino
  • Câncer prevenção de saúde

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!