Síndrome de fournier

Páginas: 9 (2064 palavras) Publicado: 22 de abril de 2013
ESCOLA LOPES

SÍNDROME DE FOURNIER
TÉCNICO DE ENFERMAGEM

Carolina Daniele............................................................................................ Nº08
Luciana Pintor............................................................................................... Nº19
Marisa Soares Rubinho.................................................................................Nº32
Patrícia de Souza.......................................................................................... Nº25

SUZANO
2012
Sumário
INTRODUÇÃO 3
O QUE É? 4
EPIDEMOLOGIA: 4
CAUSAS: 5
BACTÉRIAS: 6
TRANSMISSÃO: 6
SINAIS E SINTOMAS: 7
DIAGNOSTICO: 7
TRATAMENTO: 8
CUIDADOS DE ENFERMAGEM: 9
RELATO DE CASO: 11
CONCLUSÃO 12
REFERENCIAS 12

INTRODUÇÃO

Neste trabalhoabrangeremos um tema muito raro e de incrível espectro.
Desenvolveremos seus sinais e sintomas, suas causas e principalmente seus cuidados, em relação a doença e ao paciente.

O QUE É?

A síndrome de Fournier, também conhecida como gangrena de Fournier ou síndrome de Mellene, é uma patologia rara e rápido desenvolvimento - estudos afirmam que ela pode se expandir 2cm a cada hora -caracteriza-se por uma infecção aguda dos tecidos moles do períneo, com presença de celulite necrotizante secundária e bactérias anaeróbicas ou gram-negativas, ou ambas.
Esta doença foi relatada pela primeira vez no ano de 1764 por Baurienne, e recebeu esse nome em homenagem ao urologista francês Jean Alfred Founier que descreveu com detalhes a síndrome em trabalhos publicados nos anos de 1863 e 1864.Nesta afecção encontra-se presente grangrena necrotizante, resultando em trombose vascular subcutânea e necrose tecidual. Esta última, por sua vez, secundária a isquemia local e efeito sinérgico das bactérias. A necrose acaba por favorecer a entrada desses microrganismos em áreas anteriormente estéreis.
Segundo Goldman e Bennett (2001), a gangrena é uma necrose que ocorre, geralmente, na pele e notecido subcutâneo, apresentando rápida progressão. Existem vários tipos de gangrena infecciosa, divididas clinicamente, como: gangrena gasosa, gangrena bacteriana sinérgica, celulite necrotizante sinérgica e gangrena de Fournier.
Essas três primeiras formas de gangrena podem ocorrer em qualquer região do corpo. Porém as que ocorrem na região genital e adjacências são caracterizadas como Síndromede Fournier.

EPIDEMOLOGIA:

Atualmente, sabe-se que a Síndrome acomete, na maioria dos casos, os homens adultos jovens, podendo incidir tanto a criança como o velho, e a mulher.
Há diferenças na literatura sobre as taxas de mortalidade. No entanto, observa-se que os números referidos são aproximados.
Quando o tratamento não ocorre no inicio da doença a taxa de mortalidade é de 100%; outrosdividem essa taxa pela área afetada: quando ocorre na área perianal, a taxa é mais elevada, em torno de 62%, na região urogenital, 30%, e 10% quando ocorre tratamento adequado.
Levando em consideração todas essas informações, conclui-se que a mortalidade é alta em todos os casos, tornando-se maior em decorrência da demora no tratamento.

CAUSAS:

Ainda não se conhece o motivo da preferênciapela região escrotal. Existem diversas hipóteses como: falta de higiene; menor circulação de ar; pregas da pele que alojam bactérias que, por sua vez, penetram na pele após algum trauma; tecido celular subcutâneo muito frouxo facilitando a disseminação; edema em trauma ou pequenas infecções, impedindo que haja uma correta vascularização da região; tromboses extensas de vasos subcutâneos.
Ascomorbidades predisponentes são:
* Diabetes mellitus (mais citados);
* Obesidade mórbida;
* Cirrose;
* Doença Vascular da pelve;
* Doenças malignas;
* Comportamentos de alto risco (por exemplo, alcoolismo, abuso de drogas por via intravenosa);
* A diminuição da imunidade devido a doenças sistêmicas ou administração de esteroides;
* Dor relacionada a agentes lesivos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • sindrome de fournier
  • Sindrome de fournier
  • Sindrome de fournier
  • Sindrome de Fournier
  • Sindrome de fournier
  • sindrome de fournier
  • Sindrome de fournier
  • sindrome de fournier

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!