Roteiro turístico europa central

Páginas: 16 (3867 palavras) Publicado: 8 de novembro de 2012
CURSO LIVRE DE NOÇÕES DE GUIA TURÍSTICO Por Luciano Dubois. “Impressões de uma Turista Brasileira em seu Próprio Roteiro de Viagem pela Europa Central”.

França 1- Paris Luxembourg 2- Luxembourg

Alemanha 3- Trier 4- Koblenz 5- Mainz 6- Wiesbaden 7- Heidelberg 8- Munique

Austria 9- Melk 10- Viena 11- Salzbourg 12- Innsbruck

Itália 13- Verona 14- Bergamo 15- Mont Blanc (Túnel nos Alpesque liga Itália - França). Suiça 16- Genebra

Meio de Transporte: carro. Época do Ano: OUTONO – setembro de 1995. Percurso: Aprox. 1900 km. Duração: 25 dias.

1

Viajamos dois casais e achamos melhor alugar um carro. Isto foi feito no Automóvel Clube do Rio de Janeiro, no pacote da compra das passagens aéreas. Em Paris, pegamos um Renault do ano, todo equipado. A saída de Paris foi demoradapor causa do rush. Depois de umas duas horas, chegamos á um hotel de um pavimento, com jardim na frente estilo country. Estava quase vazio nesta época do ano. Os quartos mobiliados no mesmo estilo. Fiquei surpresa com os colchões de penas de aves, fofíssimos. Quando a gente deita afunda é próprio para o inverno pois o colchão vira as bordas agasalhando mais. Fomos recebidos por duas moças vestidascomo camponesas, aventalzinhos, toquinhas na cabeça, pitoresco como tudo no interior da Europa. Serviramnos um chá com pão, bolo e mel. Tudo delicioso. Pela manhã pegamos a estrada, passamos por LUXEMBOURG. É um país minúsculo entre a França, Alemanha e Bélgica. Sentamo-nos na praça principal e comecei a observar o povo. Não vi ninguém maltrajado. Todos vestiam seus lindos casacos de outono, bemcalçados. Parece uma grande classe média. Deve haver ricos sim, mas não há pobres com certeza. Entramos na ALEMANHA por Trier, primeira cidade Alemã no roteiro. Ainda no carro, queríamos comentar sobre a Porta Nigra. Eu que geralmente me interesso por detalhes das coisas que vou ver, quase nada sabia sobre a Alemanha. Paramos em um posto de gasolina para abastecer o carro. Na hora de pagar,oferecemos dólares ao dono do posto, um alemão alto, louro de olhos azuis que disse “NÃO” , não aceitaria dólares, só marcos. Comecei a ficar nervosa e perguntava a uns e outros se falavam francês. Um rapaz em um bonito carro esporte, disse-me que sua mulher falava, e eis que a moça surge, vinda do toilette para acalmar-me. Enquanto a esperava, tentava discutir com o dono do posto. Alegamos que eu nãotinha marcos, só francos franceses. Ele parou, antenou-se e para tirar as desconfianças de que eu iria pagá-lo em moeda, pegou um pedaço de papel e olhando-me disse: “- Papier?” Respondi: “- Sim!”. Ele sorriu e aceitou o franco francês. Conversando com a moça que falava francês, soube por ela que a Porta Nigra é uma grande construção em arcos, vários arcos. Não sei se pintada de negro, não sei deque material é feita, mas é lindíssima, do tempo dos romanos e que atravessa a cidade desafiando-nos com seus dois mil anos de idade. Os carros passam pelos arcos e ganham as avenidas mais modernas. Perto dali gritei: ”-Lá esta um hotel.”. Não sabia o que fazer, como me dirigir ao senhor que me parecia ser o dono. Perguntei quantos dólares e indiquei nós quatro. Ele ouvindo a palavra mágica –dólar,cobrou-nos US$80, por casal. Eu achava que com o bom francês que tenho e um inglês bem razoável, sería entendida facilmente. Engano. Queríamos vinho com salsicha alemã que é ótima. Fizemos desenhos, esforçamo-nos em nos comunicar sem sucesso, saiu só o vinho. Estávamos famintos e então vi a sala de jantar servida pelas mocinhas, aventalzinho, toquinha na cabeça, saia florida. Já era noite e sóhavíamos tomado café pela manhã e beliscado uns biscoitos e chocolate que é uma delícia em toda a Europa. Sentamo-nos nas mesas da sala de jantar, aconchegante, decorada com pratos, canecos de cerveja, bichos da região. As mocinhas trouxeram o menu. E então? Todos olhavam para mim. Olhei para o menu e nada, nem uma palavra, nem uma dica, parecia estar em outro planeta. O alemão é uma língua...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Roteiro Turistico
  • Roteiros Turísticos
  • Roteiro turístico
  • Roteiro turístico
  • Roteiro turístico
  • Roteiro Turistico
  • Roteiro turistico
  • Roteiro Turístico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!