Roteiro peça : a guerra dos canudos

2261 palavras 10 páginas
Peça Narrador: Por volta de 1860, o cearense Antônio Vicente Mendes Maciel iniciou longa peregrinação pelo sertão. Durante três décadas pregou a palavra de Deus, construiu igrejas e reformou cemitérios. Apesar de enfrentas a oposição da igreja católica e das elites,, consolidou enorme prestigio entre a população sertaneja. Quando a republica foi proclamada, em 1889, Antônio Conselheiro insurgiu-se contra ela!
Zé- (da um tiro pro ar) – Toinho, vai buscar.(os dois vão para casa)
Luiza- Só isso meu pai?
Maria da Penha- não adianta insistir não Zé, temos que vender as vacas.(Toinho e Zé vão vender as vacas)
Comprador- 100 mil reis...
Zé- é pouco demais
Comprador- O senhor precisa vender, eu nem preciso comprar essas vacas que nem vi, devem estar magras e ruins de leite.
Zé- É, tão um pouco magras sim! Também seca como essa eu nunca vi.(conta o dinheiro) Mais aqui só tem trinta.
Comprador- O restante eu lhe dou quando buscar as reis.
Fotógrafo (Pedro Martins) - (gritando) Cidadãos de Bom Conselho, se achegue para ver a mais nova maravilha da França e das Alemanha, não é sonho, não é magia, não é bruxedo, não é feitiçaria, é um lateje invisível chamado fotografia! Atenção, ninguém se meche, um, dois, três e...já! (bate a foto, depois vão para perto de Maria da Penha)
Assistente do fotógrafo (Firmino) - Vocês não gostariam de tirar uma fotografia não? É uma coisa que não se apaga nunca!
Tereza- Olha meu pai, que coisa mais linda!
Luíza- Chama fotografia, me dê uma, dê!
Assistente do fotógrafo (Firmino) - É a ultima maravilha das terras grandes, um milagre por apenas 20 mil réis, como é a ultima chapa fica por 15... treze e não se fala mais nisso; DÉZ...(vão fotografar)
Luíza- Venha Tereza, Venha (bate a foto e vão para casa)
Toinho- Quando eu vi o retrato eu nem acreditei, achei que era armada do cão (rsrsrs/os homens chegam num cavalo)
Zé- Entra pra dento, vamos...
Soldado- Uma, duas, três, acho que duas dá.
Zé- Não pode me levar as

Relacionados

  • Projeto didático sobre a guerra de Canudos
    4105 palavras | 17 páginas
  • Euclides da Cunha vida e obra
    3967 palavras | 16 páginas
  • Teaniase saginata
    2344 palavras | 10 páginas
  • Cav - jogos de empresas
    26423 palavras | 106 páginas
  • canudos
    187432 palavras | 750 páginas
  • Resumo do livro Os Sertões
    6154 palavras | 25 páginas
  • AS MANIFESTAÇÕES POPULARES E A DEMOCRACIA PARTICIPATIVA
    3516 palavras | 15 páginas
  • aeiou
    6828 palavras | 28 páginas
  • Formação Social, Econômico e Social do Brasil
    10594 palavras | 43 páginas
  • Samba como forma de educar
    3661 palavras | 15 páginas