RHdsdsdsds

Páginas: 24 (5876 palavras) Publicado: 23 de outubro de 2013


MESA REDONDA – 2
SOCIEDADES EM REDES, CIDADES GLOBAIS, TECNOLOGIAS
INFORMACIONAIS E A CONSTRUÇÃO DA VIVÊNCIA URBANA
CONTEMPORÂNEA

23 de agosto de 2005 | Das 19h às 22h
Cidade: Fixos e Fluxos

Lucrécia D’Alessio Ferrara
Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica – PUCSP

Resumo
Neste trabalho procura-se:
1. as diferenças históricas e sociais que assinalam as manifestações dacidade cosmopolita no auge do século XIX, a metrópole que ampara a expansão industrial e o adensamento populacional e a megalópole da atualidade marcada pela comunicação em rede,
2. a partir dos conceitos de fixos e fluxos modeladores da transformação urbana, estuda-se e compara-se a semiótica do imaginário que surge e se desenvolve na três manifestações anteriores e, sobretudo, suas conseqüênciaspara as relações comunicativas e possíveis atuações inspiradas pela informação produzida.

Palavras-chave – cidade, imaginário, comunicação, informação, ação, semiótica
“A aceleração contemporânea impôs novos ritmos ao deslocamento dos
corpos e ao transporte das idéias mas, também, acrescentou novos
itens à história”
(Santos, 1993)

1. O imaginário do lugar nos fixos da cidade
Sons, cores,tons, cheiros, imagens, palavras, personagens, dramas e cenas. Essa é a alucinante experiência de diferentes sensações provocadas pela emergência do novo modo de produção inaugurado pela técnica e pela mecânica da Primeira Revolução Industrial e desenvolvida pela Revolução Industrial Eletroeletrônica. A cidade é o suporte daquela explosão sensível, mas sua realidade de adensamento populacional,produção, reprodução e consumo de bens faz dela uma mídia que é sempre renovada ou renascida, ainda que utilize, para isso, distintos apêndices ou suportes, tecnológicos ou não.
No momento em que os ambientes estão cada vez mais técnicos e as ações
se deixam modelar mecânica e eletronicamente, ler a cidade como texto da
cultura é um imperativo social e científico. Nesse mundo de ações e objetosque se reproduzem e multiplicam, criam-se neologismos para designar o
mega-mundo feito de espaços dentro de espaços, sentidos dentro de
sentidos, cidades dentro de cidades. Globalização e mundialização são os
novos nomes que designam o complexo de variáveis que atinge as cidades,
transformando-as em metrópoles mediadas e produzidas pela relação de
múltiplas características econômicas esociais que se expandem em uma
complexa Torre de Babel.
Nessa metáfora concentra-se a absoluta necessidade de representar e dar
forma estável ao circuito de imagens e, sobretudo, à pluralidade
imaginária que decorre da cidade atual que, na sua inexorável e rápida
mudança, não se deixa apanhar, mas apenas, imaginar. A metáfora
representa, portanto, o próprio modo como, imaginariamente, conseguimosrepresentar a cidade atual, mais imaginada, do que vivida, porém, “ a
cidade é o único lugar de onde se pode contemplar o mundo com a
esperança de produzir um futuro” ( Santos,2001)
Correlações sistêmicas de objetos, tecnologias e ações cotidianas
constituem eixos do espaço geográfico que Milton Santos estuda como
dinâmica dos fixos e fluxos do espaço; termos entendidos como metáforas
dasnovas estruturas tecnológicas e econômicas e as vertiginosas 3
transformações sociais e culturais que atingem as cidades
contemporâneas. Embora, essa nomeação corresponda a um conceito já
estudado (Castells, 2000: 422), Milton Santos o completa e o utiliza com
grande eficiência epistemológica para a análise e interpretação fenomênica
da cidade. Flexibilizando o conceito e em clima de relação,convivência e
reciprocidade, a dinâmica dos fluxos impregna os fixos redefinindo-os,
modificando-os, renovando-os até criar os lugares da cidade. Os fixos
assinalam um espaço que assim se faz porque se quer produzido,
controlado e ordenado, enquanto os fluxos são dinâmicos e inúmeros.
Nesse dinâmico contraste, o espaço da cidade é um “sistema técnico,
científico, informacional de objetos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!