Revolução industrial

Páginas: 5 (1065 palavras) Publicado: 5 de abril de 2013
SENTIDO E SIGNIFICADO NO TRABALHO
(A GRANDE MUDANÇA NA SOCIEDADE)

Seguindo o pensamento de Peter Drucker, a cada poucas centenas de anos ocorre na história transformações significativas em relação a pessoas, sociedades e organizações. Em poucas décadas, a sociedade se reorganiza, mudando a visão do mundo, seus valores básicos, sua estrutural social e política.
Este ponto nos remete adificuldade de entendermos o mundo em que nossos avós viveram, principalmente por estarmos hoje classificados como “trabalhadores de conhecimento”.
A seguir, faremos uma viagem no tempo, especificando as fases de evolução da civilização através da transformação do capitalismo e a tecnologia.

APLICAÇÃO DO CONHECIMENTO

Até chegarmos na aplicação do conhecimento atual a qual vivenciamos, é importanteressaltar a seguinte fase da história: Os operadores de máquinas na fábrica faziam o que lhes pediam, a máquina decidia não só o que fazer, mas como fazê-lo. O funcionário intelectual pode precisar de uma máquina, seja um computador, um aparelho de ultra sonografia ou até mesmo um telescópio, entretanto, a máquina não diz ao trabalhador de conhecimento o que fazer, muito menos como fazer. Ouseja, sem esse conhecimento que pertence ao funcionário, a máquina torna-se improdutiva.
Será exatamente sobre essa evolução que trataremos na linha do tempo.

1ª. Fase (Revolução Industrial)
A Revolução Industrial foi impulsionada por uma mudança radical no significado do conhecimento, tanto no Ocidente como no Oriente, o conhecimento até então deixou a aplicação ao ser, passando ser aplicado aofazer, focando a evolução de ferramentas, processos e produtos.
Essa nova era normatizou de uma forma organizada e sistemática o conhecimento de todos os ofícios, de modo que o não aprendiz poderia aprender a ser um “tecnólogo”, sendo essa incrível ferramenta denominada de “Enciclopédia” (1715 a 1784), mudando o significado do conhecimento somente em 1830, convertendo a experiência emconhecimento, tornando o moderno Capitalismo em inevitável e dominante. Acima de tudo, a rapidez das mudanças técnicas criou a demanda pelo capital, muito além do que o artesão poderia suprir, a escalabilidade produtiva.
O conhecimento não poderia ser aplicado em dezenas de milhares de pequenas oficinas individuais, exigia sim, a concentração de produção sobre um único teto. A nova tecnologia também exigiaenergia em grande escala, fosse esta hidráulica ou a vapor, o que não poderia ser descentralizado.
O ponto central foi que a produção, que era baseada no trabalho artesanal, passou, praticamente da noite para o dia, a basear-se na tecnologia, passando a ocupar o centro da economia e sociedade.
Como efeito colateral, criou-se a “alienação” (1818 a 1883), classes novas e o conflito de classes.2ª. Fase (Revolução da Produtividade)
Essa segunda fase iniciou por volta de 1880 e culminando próximo ao final da Segunda Guerra Mundial, sendo o conhecimento em seu novo significado aplicado ao trabalho.
A Revolução da Produtividade superou as inevitáveis contradições do Capitalismo, a alienação e a miserabilidade da classe trabalhadora e, com ela, todo o conceito de proletariado.
Umimportante fato mudou a história, iniciando o processo do conhecimento humano, em 1881, um americano, Frederick Winslow Taylor, aplicou pela primeira vez o conhecimento ao estudo, à analise do trabalho e à engenharia do trabalho.
O que fez Taylor começar estudos sobre o trabalho foi seu choque diante do ódio mútuo e crescente entre capitalistas e trabalhadores, que passou a dominar o final do século XIX.Taylor percebia que o conflito era desnecessário, propondo tornar os trabalhadores mais produtivos, de modo que eles fossem remunerados dignamente.
A motivação de Taylor não era a eficiência, não era gerar lucros para os proprietários, mas sim sustentar que o principal beneficiário dos frutos da produtividade deveria ser o trabalhador, e não o proprietário. Sua maior motivação era a criação...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Da revolução urbana á revolução industrial
  • Revolução industrial
  • Revolução industrial
  • Revolução industrial
  • Revolução industrial
  • revolução industrial
  • revolução industrial
  • Revolução Industrial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!