Revolução Industrial

Páginas: 7 (1722 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
INTRODUÇÃO:


Com a Era da Máquina, o mundo deixou de ser o mesmo. A produção em série aumentou a oferta de bens de consumo; a navegação a vapor, as locomotivas e, mais tarde, os automóveis encurtaram as distâncias. As invenções foram se sucedendo, o mundo foi se transformando numa aldeia global.
Graças à Revolução Industrial, as nações ocidentais tiveram força tecnológica e econômica paraconquistar a África e a Ásia e recolonizar a América Latina, abrindo a Era dos Imperialismos. Mesmo nos lugares mais remotos, a cultura ocidental sobrepôs-se às outras culturas.
Convencionou-se chamar de Revolução Industrial o conjunto de transformações (econômicas e sociais) caracterizado pela aceleração dos processos produtivos e pela consolidação da produção baseada em relações feudais econsolidou definitivamente o sistema capitalista.











DESENVOLVIMENTO:


Dentre as diversas características do novo processo de produção, podemos citar:
. Separação entre trabalho e capital (o trabalho reside em um lugar e trabalha em outro);
. O proprietário dos meios de produção (instalações, equipamentos, maquinas etc.) é o empresário capitalista e não o trabalhador;
. Ooperário vende seu trabalho como se fosse uma mercadoria;
. Produção realizada em grandes fábricas, em vez de produção familiar;
. Produção realizada para um mercado desconhecido;
. Concentração da produção industrial em centros urbanos;
Diversos fatores contribuíram para que , no final do século XVIII, “explodisse” a Revolução Industrial.
Dentre eles podemos citar os seguintes:
.Acumulação de capital: a conquista e colonização da América e o comércio com o Oriente conduziram enormes capitais à Europa. Essa “acumulação primitiva de capital” ocorreu durante a fase de transição do feudalismo para o capitalismo (século XV ao XVIII).
. Existência de matérias-primas: a indústria têxtil foi a primeira a se desenvolver. O algodão, matéria-prima dessa industria, era produzido comfacilidade nas colônias britânicas.
. Mão-de-obra barata: como veremos adiante, havia na Europa, especialmente na Grã-Bretanha, mão-de-obra abundante e barata. “Pobres diabos dispostos a aceitarem a dura disciplina do trabalho fabril”.
. Mercados consumidores: além de atender a um mercado já existente, o “sistema fabril”, cada vez mais mecanizado, começou a produzir em quantidades tão grandes e aum custo tão baixo que passou a depender não tanto de uma demanda existente, mas de um mercado “consumista”. Esse consumo começou a ser estimulado pela propaganda, a qual se tornou a alma do negócio e do novo mercado.
Para a maioria dos historiadores, a Revolução Industrial explodiu na Grã-Bretanha por volta de 1780. Mas por que na Grã-Bretanha? É evidente que isso não foi ocidental.
Em 1688, oabsolutismo monárquico foi liquidado. A nobreza liberal, em aliança com a burguesia, triunfara. O desenvolvimento econômico e a busca do lucro foram aceitos como os supremos objetivos da política governamental.
O Decreto das Cercas, que expulsava os camponeses das terras comunais, consolidou o capitalismo no campo. Proprietários com espírito comercial passaram a monopolizar a terra cultivada porarrendatários, empregando camponeses sem terras. Graças a esse decreto, ocorreu um grande êxodo rural, o que provocou o surgimento de mão-de-obra barata e abundante nas cidades.
A Revolução Agrícola gerou maior abundancia de alimentos, provocando a diminuição da mortalidade e maior crescimento demográfico.
A existência de ricas jazidas de carvão, o notável progresso nas ciências aplicadas, o bomsistema de transportes, bem como o ótimo sistema bancário, contribuíram para essa grande transformação histórica.
Porém, foi o comercio colonial, ligado a industria têxtil, o ponto de partida de todo o processo.
O comercio colonial criou a industria algodoeiro na Grã-Bretanha. Com tecidos de algodão, alimentava-se o comercio de escravos africanos. É evidente que os tecidos fabricados na...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Da revolução urbana á revolução industrial
  • Revolução industrial
  • Revolução industrial
  • Revolução industrial
  • Revolução industrial
  • revolução industrial
  • revolução industrial
  • Revolução Industrial

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!