Revolução Industrial Inglesa - análise de Eric Hobsbawm

Páginas: 16 (3864 palavras) Publicado: 12 de julho de 2014
“Projeção Histórica da Revolução Industrial na obra de Eric J. Hobsbawm”
MVR * Aluna do segundo termo do curso de curso de Relações Internacionais da Universidade Federal de São Paulo.

Resumo

Este trabalho tem como objetivo realizar uma análise histórica sobre a Revolução Industrial Inglesa, que teve como marco inicial o período de 1780, na visão do autor Eric J. Hobsbawm. Tendo comofoco a importância da transição para produção através de máquinas e a mudança repentina de modo de vida da população do Reino Unido neste período.

Palavras-chave: Revolução Industrial, Grã-Bretanha.

Abstract

This work aims to conduct a historical analysis of the British Industrial Revolution, which had as its starting point the period of 1780, in view of the author Eric J. Hobsbawm.Focusing on the importance of the transition to production by machines and the sudden change of lifestyle of the UK population during this period.

Key words: Industrial Revolution, Great Britain.

Introdução

Sabe-se que durante o século XVIII a Grã-Bretanha já se mostrava como um país rico e de economia em expansão devido ao comercio, mas os fatores que culminaram no processo de transição dofeudalismo para o capitalismo não foram devido à sua riqueza, pois outros países da Europa se encontravam em um nível de desenvolvimento cientifico e tecnológico acima do presente na Grã-Bretanha.
No século XVIII o mundo era menor e maior ao mesmo tempo, menor porque se podia chegar a apenas parte dele, ou seja era possível para a maioria das pessoas conhecer apenas seu Estado ou seu país, e maiorporque as viagens normalmente demoravam dias ou semanas, mesmo as de pequena distância.
Os problemas que o país apresentava no começo da Revolução eram simples e não necessitavam de homens com qualificações ou escolaridade especializadas para resolve-los, portanto a industrialização tornava-se barata. Foi partindo destas pequenas mudanças que se deu o início do que passou a revolucionar o modo dever e pensar o mundo.
Os passos iniciais foram dados em Lancashire, nas novas fábricas de algodão e depois seguiu-se o desenvolvimento para as indústrias de carvão.
O historiador marxista, Hobsbawm se formou em história na universidade de Cambridge e optou pelo comunismo em 1936. Ele volta-se para o imperialismo (fruto da Revolução Industrial) com propriedade e vasto conhecimento no assunto.
Oenorme impacto que configurou a Revolução Industrial na sociedade inglesa, bem como no restante do mundo futuramente, será analisado neste estudo.

“A história de qualquer classe não pode ser escrita se a isolarmos de outras classes, dos Estados, instituições e ideias que fornecem sua estrutura, de sua herança histórica e, obviamente, das transformações das economias que requerem o trabalhoassalariado industrial e que, portanto, criaram e transformaram as classes que o executam’’ (HOBSBAWM, 1987, p. 13)

Contexto histórico

A partir de meados do século XVII a Grã-Bretanha passou a assumir a liderança do comercio Europeu, fato este que enriqueceu o país e tornou possível a existência de um grande mercado consumidor interno.
Ao mesmo tempo em que uma parte da população eraextremamente rica, outra parte estava disposta a trabalhar para sobreviver e não possuindo qualquer especialização aceitava fazê-lo em troca de baixos salários.
Como uma potência naval, seus marujos formavam um grupo grande de trabalhadores. “Por volta de meados do séc. XVIII, o país possuía talvez 6.000 navios mercantes (...)” (HOBSBAWM, 1969, p. 13).
Mesmo com a manufatura e a agricultura prosperas, ocomércio era o que realmente interessava aos ingleses.


O pioneirismo inglês

Dentre os fatores que permitiram a primazia da Grã-Bretanha na Revolução Industrial destacaram-se a ausência de grande império colonial e falta de capacidade de concorrência com a indústria francesa de luxo, os objetivos de ganho comercial e o fortalecimento dos mesmos, através dos Atos de Navegação por exemplo....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • HOBSBAWM, Eric J. Da revolução industrial inglesa ao imperialismo.
  • Revolução Industrial e Eric Hobsbawm
  • Revolução industrial
  • hobsbawm Da revolução industrial inglesa ao imperialismo
  • Resenha sobre a Revolução Industrial de Eric Hobsbawm
  • Eric Robsbawm e os Factores de Gêneses da Revolução Industrial Inglesa
  • A Era das Revoluções
  • a revoluçao industrial inglesa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!