Revolução gloriosa

Páginas: 6 (1414 palavras) Publicado: 24 de março de 2013
Revolução Inglesa: Cromwell, Revolução Puritana e Revolução Gloriosa
No início dos anos de 1600, a Inglaterra apresentava-se como um país em desenvolvimento e expansão. Nos reinados do século anterior, de Henrique VIII e Elizabeth I, o território foi unificado, a nobreza foi colocada sob controle, a ingerência do papa e da Igreja Católica fora afastada pela criação da Igreja Anglicana. Dessemodo, os britânicos já disputavam com os espanhóis os domínios coloniais na América Central e no Caribe.
No entanto, Elizabeth I, da dinastia Tudor, não deixou descendentes e, por isso, subiu ao trono, em 1603, Jaime I, da dinastia escocesa Stuart, unindo as coroas da Inglaterra, da Irlanda e da Escócia. 0 rei, entretanto, pretendia governar sem o parlamento, a quem cabia o poder de direito, deacordo com a Carta Magna de 1215. No entanto, o rei podia convocá-lo somente quando julgasse necessário e, assim, exercia o poder de fato. Sua justificativa para exercer o poder absoluto baseava-se na teoria da origem divina do poder real, na qual o soberano era entendido como um representante de Deus, e os súditos como fiéis deviam obediência absoluta e religiosa. Também na Igreja Anglicana daInglaterra a teoria política do direito divino era bem aceita. Quanto ao parlamento (Câmara dos Comuns), que reunia a burguesia urbana e os produtores rurais - setores de crescente importância econômica ignorados pela Coroa -, aderiu em sua maioria ao puritanismo, uma seita calvinista cristã de origem na Reforma protestante, seguidora da ideias religiosas de Calvino na qual os eleitos de Deus eram aburguesia.

O rei versus o parlamento
Foi constante o confronto entre o rei e o parlamento, em especial no que se refere aos impostos criados pela Coroa, havendo ainda questões sob a forma de ocupação da Irlanda e as perseguições religiosas. Dessas últimas resultou o início da emigração para a América do Norte.
Em 1625, Jaime I foi sucedido por seu filho Carlos I que, com a Inglaterra envolvidaem guerras externas, viu-se forçado a convocar um parlamento que já era de antemão hostil. Este, em troca de apoio, exigiu o controle da política "ceira, o comando do exército, bem como a regularidade na convocação do tala mento.
Em retaliação, o rei dissolveu o parlamento e passou a governar com o apoio ia Câmara Estrelada (tribunal formado por nobres de sua confiança). Além disso, reprimiu osopositores - em especial religiosos puritanos e quakers, pois o anglicanismo era a religião oficial do Estado - o que aumentou a emigração para a América. Para submeter a todos, promovendo uma união religiosa, procurou impor o anglicanismo também à Escócia. Os escoceses se rebelaram e invadiram o norte da Inglaterra.

A Revolução Puritana
A crise política, devido a imposição do anglicanismo naGrã-Bretanha pelo Estado absolutista de Carlos I e, consequentemente, pelo aumento da pressão da burguesia urbana, dos produtores rurais e puritanos, forçou o rei a convocar o parlamento em 1640. Este destituiu a câmara estrelada, despojou o rei de sua autoridade e aprovou uma lei que tornava obrigatória a sua convocação a cada três anos, independentemente de determinação do monarca.
0 parlamento serecusou a entregar o comando do exército a Carlos I destinado à reconquista da Irlanda católica que tinha se revoltado contra os anglicanos e puritanos no poder. 0 rei não se conformou em perder o comando das forças armadas: com um grupo de apoiadores invadiu o parlamento e tentou prender os líderes da oposição. Não conseguiu. Foi forçado a se retirar de Londres e refugiou-se em Oxford, ondereuniu um exército de 20 mil homens formado por uma parte da burguesia financeira, que temia qualquer desordem, e por aristocratas que ainda usufruíam dos benefícios feudais.

Os "cabeças redondas" e a República
Teve início uma guerra civil que iria durar de 1642 até 1645. No parlamento, surgiu um líder político e militar que se destacaria na história da Grã-Bretanha: Oliver Cromwell. Originário...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Revolução Gloriosa
  • Revolução Gloriosa
  • revoluçao gloriosa
  • Revolução gloriosa
  • A Revolucão Gloriosa e Puritana
  • Revolução puritana e gloriosa
  • Revolução Gloriosa e Francesa
  • Dinastia Stuart e Revolução Gloriosa

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!