Revolução farroupilha

Páginas: 7 (1745 palavras) Publicado: 23 de maio de 2012
INSTITUTO ESTADUAL ELISA FERRARI VALLS









TRABALHO DE HISTÓRIA
(Revolução Farroupilha)








Por:
Laura e Mélanie


Turma:
21H


Professor:
Olavo Lopes












Uruguaiana, 24 de novembro de 2011.




INTRODUÇÃO

Desde o século XVII, o Rio Grande do Sul foi local de disputas entre portugueses e espanhóis. Como o estadofoi de grande serventia ao governo central, os líderes locais supunham que o crescimento econômico do estado seria incentivado, como forma de agradecimento às famílias que defenderam o país por muito tempo. Contudo, o contrário aconteceu, já que o câmbio estava supervalorizado e, logo, os produtos rio-grandenses (charque, erva-mate, couros, etc.) tornavam-se caros para os compradores o queincentivou a importação dos produtos argentinos e uruguaios. Além disso, a taxa de importação do sal, indispensável para a fabricação do charque, era alta.
Insatisfeitos, os produtores gaúchos exigiam a tributação do charque estrangeiro, o que descontentou os produtores de Minas Gerais e da região sudeste, pois aumentariam seus custos com a manutenção (alimentação e vestimenta) de escravos,reduzindo sua lucratividade.
Sendo assim, o Rio Grande do Sul revoltou-se contra o governo imperial do Brasil, dando inicio a revolução farroupilha, uma guerra de caráter republicano, que se estendeu de 20 de setembro de 1835 a 1º de março de 1845.































REVOLUÇÃO FARROUPILHA

Muitas são as causas atribuídas ao início da revoluçãofarroupilha, de um lado o conflito político entre as ideias liberais e as impostas pela constituição de D. Pedro I, alimentadas pela disseminação de ideias separatistas; de outro lado a questão econômica. Como o Rio Grande do Sul produzia principalmente para a região de Minas Gerais e a região sudeste, para a manutenção dos escravos, sua economia era praticamente voltada para o mercado interno e, como ocâmbio estava supervalorizado e haviam benefícios tarifários, os antigos compradores se viram obrigados a comprarem da Argentina e do Uruguai por um preço menor. Logo, os estancieiros e charqueadores passaram a exigir a tributação da concorrência externa, o que descontentou os compradores brasileiros, pois iriam dispor de mais despesas para os escravos.
Além disso, consideremos que o estado mantinhacontato frequente com países que faziam fronteira, vendo de perto as vantagens de uma república e, somemos a isso o fato de que o estado estava em um conflito ideológico devido às tentativas falhas de tornar-se uma república anteriormente.
O movimento teve como principais revolucionários: os generais Bento Gonçalves, Neto, Davi Canabarro, José Mariano de Mattos e Gomes Jardim, os coronéis OnofrePires, Lucas de Oliveira, Corte Real, Teixeira Nunes, Domingos de Almeida e Domingos Crescêncio de Carvalho, deputado Vicente da Fontoura, Pedro Boticário e o major Vicente Ferrer de Almeida, contando ainda com o apoio de italianos da Carbonária: o cientista e tenente Tito Lívio Zambeccari, o jornalista Luigi Rossetti e o capitão Giuseppe Garibaldi e alguns negros que buscavam liberdade.
Todosaqueles que se revoltaram contra o governo imperial ficaram conhecidos como “farrapos”.
A princípio nem todos os farrapos eram e republicanos e separatistas, mas os acontecimentos os levaram a serem.
A rebelião em si só teve início no dia 20 de setembro de 1835, mas o descontentamento e a vontade de reagir era tanta, que estancieiros, liberais, industriais do charque e militares locaisreuniam-se para discutir e planejar o que deveria ser feito. No mesmo ano foi nomeado presidente da Província Fernandes Braga, que mesmo sendo rio-grandense não tinha “laços” com o estado e não agradava os liberais. No dia 18 de setembro, houve uma reunião com os líderes do movimento, na qual decidiu-se que tomariam Porto Alegre e destituiriam o atual presidente.
Bento Gonçalves comandava uma tropa...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Revolução farroupilha
  • Revolução Farroupilha
  • Revolução Farroupilha
  • revolução farroupilha
  • REVOLUÇÃO FARROUPILHA
  • revolução farroupilha
  • Revolucao Farroupilha
  • Revolução de Farroupilhas

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!