Revisão de Conceitos em Epidemiologia

Páginas: 9 (2204 palavras) Publicado: 27 de março de 2014
APÊNDICE 1 – NÚMEROS ALEATÓRIOS

Utilizada quando é extremamente difícil ou até impossível identificar todos os elementos da
população, mas é possível identificar facilmente grupos que apresentem as mesmas
características da população. Neste caso, extrai-se uma amostra aleatória destes grupos,
denominados conglomerados, e amostra-se os elementos do conglomerado.
É o caso de pesquisa depopulação de uma cidade, quando se pode sortear quarteirões e
contar todos os moradores de cada quarteirão.
EXEMPLO
Suponha a amostragem de 10 peças de um lote de fabricação de 20.000 peças, estocadas
num almoxarifado em caixas de 50 peças, sendo as caixas empilhadas em pilhas com 10
caixas.
Cada Caixa tem 50 peças
Cada Pilha tem 10 Caixas e portanto 10x50=500 peças.
Logo, temos 20.000/500 =40 Pilhas.
Sorteamos uma Pilha dentre 40 Pilhas. Sorteamos uma Caixa nesta Pilha dentre 10 Caixas.
Sorteamos 10 peças dentre 50 desta Caixa.
Este é um exemplo de amostragem por conglomerado seqüencial. Observe que as 10 peças
amostradas sairão de uma única caixa, na hipótese de que cada caixa possui
proporcionalmente as mesmas características de todo o lote de 20.000 peças.

3.DIMENSIONAMENTO DA AMOSTRA
Geralmente, pesquisas são conduzidas pela análise dos elementos de uma amostra extraída
de uma população que se deseja estudar.
Considerando limitações de tempo, custo, e eventualmente até a impossibilidade de
examinarmos toda a população, como é o caso de testes destrutivos de resistência, e aliadas
estas considerações às vantagens da estatística inferencial, torna-secompreensível a pesquisa
em amostras representativas ao invés da pesquisa exaustiva de toda uma população.
É intuitivo que a representatividade de uma amostra depende fundamentalmente do seu
tamanho, além dos aspectos metodológicos que devem nortear a extração dos elementos da
população.
Assim, trataremos do processo de determinação do número de elementos que a amostra deve
ter, considerando umdeterminado nível de confiança e uma determinada margem de erro que
se pretenda para os resultados a serem obtidos. O binômio nível de confiança e erro padrão da
estimativa, é que constitui a precisão de uma estimativa. Os detalhes dos cálculos estão nos
slides de aula. É importante mencionar que, embora não tenhamos discutido todos os
conceitos a seguir, eles norteiam a determinação do tamanho daamostra, algumas
considerações iniciais devem ser feitas sobre estes aspectos:
a) Identificação da variável mais importante para o estudo a ser feito.
b) Identificação da escala de mensuração da variável: nominal, ordinal ou intervalar. Isto
direciona o tipo de estimativa que se vai fazer: variáveis categóricas admitirão estudo apenas
de PROPORÇÕES, enquanto que para variáveis intervalaresnormalmente estaremos
interessados na determinação da MÉDIA.
c) Identificação do tamanho da população: infinita ou finita. Implica que cálculo do intervalo de
confiança, a introdução do FATOR DE CORREÇÃO PARA POPULAÇÃO FINITA.
d) Estabelecimento da variância da população: conhecida ou desconhecida. Implica que a
substituição da VARIÂNCIA POPULACIONAL por sua estimativa, a VARIÂNCIA AMOSTRAL,acarreta
a mudança na determinação do valor crítico através da DISTRIBUIÇÃO N ORMAL para a
determinação do valor critico via DISTRIBUIÇÃO DE STUDENT.
O cálculo do tamanho da amostra para cada caso é feito sempre em função das fórmulas
já estabelecidas para os Intervalos de Confiança correspondentes.

d)
e)

f)

g)

e 4º. No nosso caso, do valor da célula inicial, selecionamos então orótulo 097, como o
primeiro elemento da população a fazer parte da amostra.
Percorrendo a tabela no sentido da linha, a próxima célula contém o grupo 42810, que nos
indica o rótulo 428 como segundo elemento da amostra.
Prosseguindo com o desenvolvimento por linha, devemos selecionar a seguir os elementos
de rótulos 171, 221, 073, 735, 555, 032, 328, chegando ate à célula da linha 12, coluna...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Conceito de Epidemiologia
  • Conceito de Epidemiologia
  • conceitos em Epidemiologia
  • Epidemiologia
  • conceito epidemiologia
  • EPIDEMIOLOGIA Conceito
  • Epidemiologia Conceitos Gerais 2
  • conceitos básicos em epidemiologia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!